História É errado te amar ? - BTS - Capítulo 52


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, BLANC7, EXO, Got7
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Jackson, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Taichi, Xiumin
Tags Bangtanboys, Bts
Visualizações 35
Palavras 1.760
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Poesias, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BOA LEITURA

Capítulo 52 - Youth is never coming Back


Fanfic / Fanfiction É errado te amar ? - BTS - Capítulo 52 - Youth is never coming Back

Acordei pela manhã,lembrei que tinha que ir na casa do oxigenado,eu só queria evitar contato mais isso tá sendo impossivel,mas fazer o que?

Levantei fiz minhas higienes puis qualquer roupa e fui em direção a casa do mesmo,chegando lá ele não estava então fiquei esperando durante "horas" até ele chegar,mas até que emfim ele chegou

Tc: O-o que ta fazendo aqui?

Dd (S/n): Esqueceu que você é meu instrutor ou deu amnésia?

Tc: Aish,entra logo - falou abrindo a porta

Ao entrarmos fomos em direção a uma sala onde tinha vários instrumentos

Tc: Deixa eu ver se intendi,eu vou pedir pra que você toque ou cante algo e eu vou ter que avaliar isso,caso você erre você tem que repetir?

Dd (S/n): E eu que sei é?

Tc: Tá,toma logo - falou me dando um papel onde tinha uma música

Dd (S/n): O que eu faço com isso?

Tc: Só admira,de repente rasga sabe? Ou então põe na testa

Dd (S/n): Deixa de ignorância

Tc: Não,agora canta logo

Dd (S/n): Não é que...

Tc: Errou,começa denovo

Dd (S/n): Não é que e...

Tc: Denovo

E eu fiquei repetindo o mesmo trecho durante horas,até que eu cansei

Dd (S/n): Você quer parar com isso? Você fica mandando eu repetir o mesmo trecho várias e várias vezes

Tc: O instrutor sou eu

Dd (S/n): Quer saber? Eu desisto

Tc: Vai desistir assim tão fácil?

Dd (S/n): Eu prefiro desistir mil veses do que olhar pra você seu duas caras - falei saindo

Tc: É o quê?

[...]

Eu sabia que não poderia desistir mais se eu fosse continuar daquele jeito não ia dar em nada,então voltei pra casa e pra minha surpresa a Rose tava lá

Rs: Problemas com o Taichi?

Dd (S/n): Percebe-se desde o começo que ia dar errado,ele sempre foi desde jeito?

Rs: Na verdade não,vem comigo - a mesma segurou minha mão e me levou até uma sala onde continha um painel com um datashow

Do nada começou a aparecer um menino cantando

Dd (S/n): É o Taichi?

Rs: Sim,ele compôs essa música quando achávamos que o grupo não estava dando certo

Dd (S/n): Ele parece chato como hoje em dia

Rs: Ele nem sempre foi desse jeito

Dd (S/n): Então o que fez ele ficar assim?

Rs: Bom,nos tempos de treiner ele namorava uma menina que também era treiner,mas,aconteceu alguma coisa que ele nunca contou pra ninguém,logo após isso a menina deixou de ser treiner e nenhum dos dois nunca mais se viram

Dd (S/n): Ele vem ficando cada vez mais complicado esses dias

Rs: Ela apareceu novamente e disse que não a debultarmos ela vai falar pra todo mundo que um dia namorou com o Taichi e nada disso vai dar certo

Dd (S/n): Parece que ele não é tão chato como imaginava,preciso ir

Rs: Pra onde?

Dd (S/n): O dia ainda não acabou,tenho o dia inteiro pra conseguir a carta

A mesma fez uma cara como se não gostasse da ideia,mas dei de ombros e fui até a casa do Taichi

Tc: O que tá fazendo aqui?

Dd (S/n): Você é meu instrutor esqueceu?

Tc: Não,deixei de ser depois que você desistiu e só depende de mim querer que você volte ou não

Dd (S/n): Vai,eu retiro o que eu disse

Tc: Pera,não escultei direito

Dd (S/n): Você não é duas caras - idiota

Tc: A propósito você esqueceu a música,notei que você lê as partituras como se estivesse estudando

Dd (S/n): Acho mais fácil

Tc: Você é estranho,agora senta e toca -falou referindo-se ao piano

Dd (S/n): Eu não sei tocar direito

Tc: Você pode não cantar do jeito que eu quero mas toca piano melhor que eu

Respirei fundo e comecei a tocar,minutos depois terminei,e o mesmo saiu da sala

Dd (S/n): Eii,você esqueceu de escrever

Tc: Aish tá me dá o papel

Dd (S/n): Pera,que papel?...esqueci,escreve aqui - falei mostrando o braço

Tc: Quê? Você quer que eu escreva no seu braço?

Dd (S/n): Você é um único ser humano que não tem papel em casa

Tc: Me dá logo - falou puxando meu braço - Até parece que depois não vai saí

Dd (S/n): Eu só preciso agora... Terminou?? Você passa meia-hora só pra escrever Ok?

Tc: Fica quieto

Dd (S/n): Vou pra casa

Tc: Se você ainda não percebeu está chovendo

Dd (S/n): E daí?

Tc: Se quiser pegar uma gripe ou quem sabe ser atingido por um raio,fique a vontade pra sair

Dd (S/n): Desde quando você se importa?

Tc: Eu não me importo,só não quero que você morra depois de ter saido da minha casa

Dd (S/n): E eu vou ficar fazendo o quê?

Tc: Se senta e espera estiar

Dd (S/n): Que saco - falei me sentando e o mesmo sentou ao meu lado e abaixou a cabeça - você ta bem?

Tc: Estou,agora me deixa

Dd(S/n): Grosso,só perguntei

Tc: Foi mal

Dd (S/n): Vai me falar ou não?

Tc: Te interessa? Eu nunca contei pra ninguém por eu contaria pra você?

Dd (S/n): Nossa

Tc: Quer mesmo saber?

Dd (S/n): Sim

Tc: Nos meus tempos de treiner,eu namorava uma menina,na verdade eu namorava ela desde os meus tempos de escola,ela também era treiner,só que depois ela quis terminar,mas não era por atitudes minhas,ela disse que estava namorando outro menino e que o futuro dela seria melhor ao lado dele do que ao meu,logo após isso eu não tive ânimo mais pra nada,e ela deixou de ser treiner e eu nunca mais a vi,mas agora ela....

Dd (S/n): Ela voltou e disse que se a empresa não debultar ela,vai revelar que vocês namoravam

Tc: Como você sabe?

Dd (S/n): Digamos que....a Rose me falou,sabe do que você precisa?

Tc: De uma metralhadora pra taca na cabeça dela

Dd (S/n): Não - eu ri- de um amigo

Tc: Você fala como se fosse fácil

Dd (S/n): Eu aqui!você pode ser chato,duas caras um loiro oxigenado,mais não é uma má pessoa

Tc: E você é um pervertido,idiota,parece uma menina,mas não é tão chato

Dd (S/n): Pronto

Tc: A chuva parou

Dd (S/n): vou indo,tá tarde

Tc: Então tá

[...]

Logo após sair da casa do Taichi como estava tarde fui pra casa chegando lá eu escultei um barulho bem alto vindo do quarto do Yoongi que era o mesmo do Jungkook,subi rapidamente as escadas chegando lá abri a porta e os dois estavam se batendo o Jungkook tinha dado um soco no Yoongi que o fez cair no chão então o mesmo se levantou e empurrou o Jungkook fazendo-o cair e bater com a cabeça na cama,o Yoongi ia bater no Jungkook mas segurei o mesmo,quando menos esperava os outros apareceram na porta

Dd (S/n): Ficaram malucos?? O deu em vocês?

Yg: Você sabia disso - falou referindo-se ao Jungkook

Jk: Eu já falei que eu não sabia de nada

Dd (S/n): Do que vocês estão falando?

Yg: A menina ela não morreu

Jn: Do que você tá falando?

Yg: Ela foi transferida de hospital

Dd (S/n): Isso não é motivo pra um espancar o outro, e se o Jungkook soubesse ele teria falado,e por que você ta desse jeito por que soube disso?

Yg: A menina é a mesma que pegou minhas partituras naquele dia

Dd (S/n): Como tem tanta certeza?

Jk: Por que eu acabei de ver uma foto dela

Dd (S/n): Seja lá o que for que esteja acontecendo e se isso for mesmo verdade isso não é hora muito menos local pra discutir isso

T: Por que você ta gritando?

Dd (S/n): Por que a boca é minha e eu falo no tom de voz que eu bem intender,agora os dois vão pedir desculpas um ao outro e acabar com essa palhaçada

Yg: Eu não vou pedir desculpas

Dd (S/n): Ótimo

Todos: QUÊ?

Dd (S/n): Eu cansei de fazer de tudo pra todos ficarmos juntos e nada de ruim acontecer,mais eu percebi que é impossível,a cada dia que passa uma coisa de ruim acontece,então se quiserem bater um no outro que batam,se quiserem ficar sem falar um com o outro que fiquem,pois eu cansei eu c-a-n-s-e-i - falei saindo do quarto deixando todos eles lá

Fui até a varanda sentei e fiquei por alguns minutos olhando para o céu até que todos eles depois chegaram e sentaram ao meu lado

Dd (S/n): O que vocês querem?

Yg: Desculpa

Dd (S/n): Eu falei pra você e o Jungkook se desculparem um com o outro não pra pedir desculpas pra mim,quer saber? Eu nem sei por que to falando isso agora

T: Você podia parar de fingir que não se importa

Dd (S/n): Eu não estou fingindo,eu apenas cansei,não dá certo todos ficarmos juntos como amigos normais

Jk: Se não desse certo não estaríamos todos juntos nesse exato momento te consolando

Dd (S/n): Vocês não estão me consolando!

Jh: Ah estamos sim - falou rindo

Dd (S/n): Não estão não

Jn: E você acha que comer vai te ajudar em alguma coisa? - falou referindo ao chocolate que eu estava comendo

Dd (S/n): Parem com isso!!

Nj: Então chegamos na conclusão de que não é um erro ficarmos juntos

Dd (S/n): E vocês só notaram agora? Depois de um quase espancar o outro?

Jm: Parece que sim

T: E depois de você gritar isso várias e várias vezes - falou rindo

Jh: Vamos entrar que tá tarde,além do mais amanhã tem aula

Logo depois entramos e fomos dormir

[...]

Acordei fiz minhas higienes puis meu uniforme e fui pra escola ao chegar lá fui em direção ao meu armário porém percebi que o Chanyeol tava desanimado e o Baek tentava animar ele,então fui falar com eles

Dd (S/n): Por que você ta com essa cara?

Bk: Ele não contou que hoje é aniversário dele?

Ch: Eu não tenho motivos pra comemorar

Dd (S/n): Por que?

Bk: Ele não quer falar,eu to tentando fazer ele rir mais ele não quer

Dd (S/n): Pera - encostei no armário perto dele - Na frase o Chanyeol rodou o Baek,quem é o rodado?

Ch: O Baek - falou rindo

Bk: QUÊ ? De onde veio isso?que brincadeira é essa?

Dd (S/n): Pelo menos ele riu,então? Vai contar por que você ta assim?

Ch: É que... - O sinal tocou

Bk: Vamos pra sala,no intervalo você conta

Fomos até a sala mas quando eu cheguei lá a Mary tava pulando emcima da minha cadeira e dançando

Dd (S/n): Ô bailarina, a cadeira não é pula-pula não

Mc: Foi mal é que eu estou feliz

Dd (S/n): Então vá esbanjar sua felicidade em outro lugar,não emcima da minha cadeira

Mc: A cadeira é da escola

Dd (S/n): Vai ser minha quando eu jogar ela na sua cabeça

Ch: Se eu fosse você descia

A mesma desceu e sentou na cadeira dela,mas ai eu esqueci de pegar meu caderno no armário pois fui falar com o Baek e o Chanyeol

Dd (S/n): Esqueci meu caderno

T: O professor já vai entrar na sala

Dd (S/n): Enrola ele até eu chegar - falei saindo correndo

T: EIII...

Saí da sala e fui em direção ao meu armário eu estava pegando meu livro até que senti alguém tocar no meu ombro

Não pode ser

.........


Notas Finais


Obrigada por ler ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...