História É pra sempre - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Arthur Pendragon, Ban, Cain, Cenette, Diane, Dreyfus, Elaine, Elizabeth Liones, Escanor, Gelda, Gilthunder, Gowther, Griamor, Guila, Hauser, Helbram, Jericho, Jillian, King, King Liones, Margaret, Meliodas, Merlin, Personagens Originais, Veronica, Zaratras, Zeldris
Tags Melizabeth
Visualizações 68
Palavras 1.379
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa erros ortográficos, eu não revisei ela.

Boa leitura💓

Capítulo 3 - Não pode me deixar


Fanfic / Fanfiction É pra sempre - Capítulo 3 - Não pode me deixar

Narrador


     Ela finalmente chegou lá, a sua angústia aumentava. Que sensação era aquela? Parecia que Meliodas estava vulnerável sem sua presença. Ela queria colocá lo em um potinho que o proteger do mal que o mundo é.


_ Cheguei amor- Elizabeth deixou as malas no carro, e entrou a procura do loiro.- Cadê você tarado?

 

  Sem resposta, ela pensava no pior, mas fazia questão de pensar em outras coisas como “Ele pode estar dormindo, acalme-se Ellie” ou “Ele pode estar tomando um banho, ele não faria nada ruim Elizabeth”

  

  Ela escuta a respiração de Meliodas vinda do quarto do mesmo. O chão estava coberto de sangue, e meliodas tinha um corte profundo na barriga. Ela viu a arma do crime jogada ao lado de seu homem. As lágrimas se formaram em seu rosto, ela não podia acreditar que ele faria algo assim. Ele não faria.


_ Me responde pelo amor de Deus Meliodas- ela correu ao seu loiro, e o abraçou forte- Não me deixe por favor Meliodas.


_ E-eliza-beth- ele dizia em meros sussurros, colocando a mão no rosto de sua platinada- S-sai da- ele não conseguiu terminar de responder e fechou seus olhos


_ Você não vai morrer né Meliodas- Ela estava ficando desesperada. “sua burra” ela dizia a si mesmo. “Se ele morrer a culpa sera sua”


Ligação on


_DIANE PELO AMOR DE DEUS MANDA UMA AMBULÂNCIA PARA CÁ AGORA

_ Onde você ta o que aconteceu?

_ Por favor manda uma ambulância para a casa de Meliodas, rápido por favor


Ligação off


 Elizabeth so sabia chorar e ficar abraçada a ele, ele estava respirando ainda. Era um alívio.


_ Por que diabos a ambulância ta demorando tanto? Aguenta por favor- ela poderia ter levado ele de carro, mas um movimento em falso poderia piorar a saúde de Meliodas. Estavamos falando de um corte profundo- Elizabeth tinha seu vestido preto e suas mãos com o sangue do loiro baixinho. Era tão pertubador, ele ia morrer perante os olhos dela?


_ Se afaste menina- um Paramédico diz se aproximando de Meliodas, e checando algumas medidas clássicas nele


“Eu não vou te perder” esses foram os últimos pensamentos de Elizabeth, antes de cair no chão.


⏰⏰⏰⏰⏰⏰⏰⏰⏰


 Elizabeth acordou em uma cama de hospital. Quando quê?

_ MELIODAS, onde ele está? - Ela se levanta se sentando na cama


_ Calma, ele vai ficar bem- Diane, Elaine e Margaret estavam ali no quarto que Elizabeth permanecia em observação.


_ Quando que eu?- Ela estava confusa, só se lembrava de sirenes e médicos atendendo Meliodas as presas. Suas mãos cheias do sangue dele


_ Você teve um ataque Elizabeth- Margaret dizia olhando nos olhos da platinada- Não sei explicar bem, mas você teve algum tipo de ataque no coração pelo susto.


_ Eu só quero ver ele- Elizabeth tenta se levantar, mas é impedida por Diane


_ Calma, ele está bem Elizabeth.- a morena tentava acalmar sua amiga. Lágrimas saim de seu rosto, inconsolável ela estava.


_ Se eu tivesse- Elaine a interrompe


_ Colocar a culpa em cima de você não adiantara nada


_ Se eu o perder, eu acho um jeito de tirar a minha vida- Elas mostraram uma reação assutada.


_ Elizabeth…


Em outro local (sala de espera cirúrgica)


_ Ele vai ficar bem meu amor, não se preocupe - Gelda tentava acalmar o seu marido( zeldris) que andava de um lado para o outro na sala de espera. Eles estavam na praia quando receberam aquela triste notícia


_ Sei que às vezes parece que eu não importo com ele, mas ele é meu irmão querido, não posso perdê-lo também-  Gelda puxa o mesmo para sentar ao seu lado


_ Ele vai ficar bem, acredite ele ficará bem- Zeldris apoia sua cabeça no ombro de sua amada, e ficou esperando com angústia alguma noticia de seu irmão


Quarto Elizabeth


 Bartra chegou até o quarto de sua filha com uma rosa.


_ Como está querida?- Bartra diz colocando a flor do lado dela.


_ Por que se preocupa comigo? Eu não tenho nada pai- Ela mostrava um semblante triste.


_ Ele está bem Elizabeth


_ Ele está bem. Ele está bem, como podem dizer que alguem está bem com uma cara de preocupação, ele não está bem, nada bem


_ Com Licença, sou o doutor Denzel, vim ver como a jovem está-  Um homem com cabelos e barbas brancas diz já entrando no quarto de Elizabeth.


_ Eu estou bem. Por favor me diga como ele está- Ela queria a todo custo saber sobre seu homem, ela queria saber se ele estava bem.


_ Ele? Se refere a?


_ Meliodas


_ Ele no momento, acabou de sair da cirurgia, por enquanto não houve complicações, esperamos que ele continue assim- Denzel mexe em alguns papéis em sua mão- Agora vamos ver sua saúde Ok?


Quarto Meliodas


_ Ainda bem que ocorreu tudo bem- Zeldris estava sentado ao lado de Gelda no quarto de Meliodas.


_ Eu disse que ele ficaria bem amor


_ Idiota, destruiu minhas férias no Havaí- Zeldris dizia tentando acabar com aquele clima. Por mais que tentasse, suas preocupações eram seu irmão mais velho.


_ Ele logo acordará, e vocês ja estarão saindo por boates e enchendo a cara de novo- Gelda falava tentando colocar um sorriso no rosto de seu amado, mas era em vão


Quarto Elizabeth


_ Está livre Elizabeth, não foi nada grave, só foi um susto mesmo- Denzel


_ O pior susto da minha vida- Elizabeth diz se levantando da cama hospitalar- posso ir vê-lo?


_ Claro que pode


_ Trouxe essas roupas para você Ellie- Margaret entrega uma muda de roupas a ela.

 Elizabeth entra no banheiro para se vestir, era um vestido leve florido e uma pantufa “ era melhor ficar com as roupas hospitalares” a mesma pensa, em um minuto ficou se olhando no reflexo no espelho.

_ Eu segurei ele com essas mãos, eu me sujei com o sangue dele- ela dizia a si própria olhando suas mãos. Era tão perturbador.


Quarto Meliodas


_ Oi Zeldris, Gelda- Elizabeth diz entrando no quarto junto de Diane.


_ Oi Elizabeth querida- Gelda lhe da um abraço


_ Oi Elizabeth- Zeldris mal olhava para ela, ele observava seu irmão no soro e nos aparelhos respiratórios, era horrível aquela cena.


_ Eu cheguei tarde Zeldris, me perdoa- Elizabeth sentia suas lágrimas formarem em seu olho, seu peito ardia como fogo ao ver seu noivo naquele estado.


_ Você chegou a tempo, se demorasse mais um pouco talvez ele não estaria aqui, sou eternamente agradecido a você Elizabeth- Zeldris da um sorriso.


_ Você tem sentimentos amor- Gelda diz zombando da cara do baixinho.


_ Haha, como é engraçada


⏰⏰⏰⏰⏰⏰⏰⏰⏰⏰⏰⏰


 Zeldris e Gelda haviam ido embora, assim como Diane e Elaine

 Margaret e Bartra ficaram um pouco com Elizabeth mas também se foram. Ela não comia, não bebia, não queria tirar os olhos dele por um segundo.


_ Isso me lembra o dia que me declarei sabia- Elizabeth dizia como se Meliodas a escutasse- Se eu me declarar de novo você acorda para mim?


       Flashback


Pv Elizabeth


Graças a Deus a maldita cirurgia havia terminado.

 Precisava vê-lo

Não queria que fosse a última vez que eu o veria. Meu sentimento passou de uma simples curtição de jovens. Queria ele para mim, queria que ele fosse só meu.


_ Se quiser visitá-lo seja breve, ele ainda está se recompondo da cirurgia


_ Ok- Lá estava ele. Jogado em uma maca


_ Vim te ver Meliodas- acaricio seus cabelos loiros e macios- Quando vai voltar para nossa festa de formatura?- Ele parecia um anjo dormindo profundamente, só não queria que aquele sonho fosse eterno- Tem tanto para dizer, você não pode me deixar ainda, a necessidade de tê-lo ao meu lado. Quero que ainda role muitos beijos. Quero que ainda role muitos momentos inesquecíveis, ainda quero trombar com você por aí como no dia que te conheci, eu quero ter uma vida ao seu lado. Quero você deitado no meu colo no fim das tardes de domingo, eu te quero. - As lágrimas escorregaram pelo meu rosto, meu coração doía profundamente- Porque eu te amo tanto, e eu não vou te perdoar se me deixar


Flashback off


Narrador 


 Ela estava chorando ao se lembrar do nostálgico momento


_ Você vai voltar para mim- Elizabeth se aproxima dele e segura sua mão- Eu sei que não me deixaria- Ela deposita um selinho na boca do loiro, que seguia desacordado. Elizabeth puxou a poltrona ao lado da cama hospitalar de meliodas, e dormiu segurando sua mão.






Notas Finais


Heeeeeey
Tudo bom?
Bom mais um capítulo fresco para vocês ✌

Eu ando ausente na outra história pois perdi a criatividade com ela, mas não vou excluir ela não:/ talvez seja so um momento, já que to muito focada nessa.

Beijos de cupcake de morango🍓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...