1. Spirit Fanfics >
  2. É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã >
  3. Chata

História É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã - Capítulo 12


Escrita por:


Capítulo 12 - Chata


Fanfic / Fanfiction É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã - Capítulo 12 - Chata

no outro dia....

Agente agarradinho.

Só o alarme pra acabr com o clima.

Ed:amor,tenho que ir.

Anna:já.

Ed:daqui a pouco volta.se beijamos.

Ed:quer ir pra casa da minha mãe,visitr o toddynho.

Anna:quando,vc chegr ....agente vai lá.

Ed:vou ligr pra enfermeira.

Anna:n ed eu to bem,me dá outro bj. Beijei ela.

Ed:tabom,vou me arrumr.

Fui correndo me arrumr.

Quando sair antes dei um beijo nela.

Parte de anna.

Umas 10:00.

Ouço batids na porta do nosso quarto.

Enfermeira:posso entrar.

Anna:entra,to nua.

Enfermeira:Ed ligou pra mn vim cuidr de vc.

Anna:vou tomr um banho.disse enrrolada na coberta indo pro banheiro mancando.

Dps de uns minutos.

Anna:desliga o ar condicionado pra mn,pf. Apontei pro controle atras dela.

Pus uma blusa e uma cueca dele com uma meia e prendi o cabelo com um coque frouxo.

Anna:tenho qui fazer o tratamento ainda.

Enfermeira:não,ele pediu pra mn ver seu pé.

Anna:foi só um arranhão.

Enfermeira:deixa eu fazer um corativo,ele paga meu salário ainda.

Anna:to com sono.

Enfermeira:ontem a noite foi boa.senti minha bochecha corando.

Anna:é.

Enfermeira:precisa ficr com vergonha n ,eu tmbm tranzo.

Anna:pode fazr mal pra mn.

Enfermeira:ele fz a msm pergunta.

Anna:ele disse qui agente...ele sabe qui n gosto.

Enfermeira:ele tava preucupado...por isso qui falou,e disse todo sem jeito.

Enfermeira:n vejo,maleficios no sexo.

Anna:que bom.

Peguei a blusa dele qui tava jogada na cama senti o cheirinho dele.

Enfermeira:vc n precisa mas de mn,já ta em alta.

Anna:to com uma duvida eu tomei esse remedio ontem ,ms pra qui serve.mostrei a caixa vazia.

Enfermeira:isso,é a pirula do dia de...solução rapida pra n engravidr....ms é melhor vc tomr a cartelinha.

Anna:cartelinha?.

Enfermeira:vc toma todos os dias um comprimido no msm horario e na ultima dá uma pausa de 10 dias para sua mestruação vim.

Anna:isso é seguro?

Enfermeira:nd é totalmente seguro.

Anna:pensei qui era pra dr de cbç,eu dissevele qui tava com dr de cbç,e passou.

Enfermeira:privilégio do sexo.

Anna:to me sentindo tão bem,tão cansada.disse fechando os olhinhos e durmindo sentada msm.

A enfermeira me deitou.

Acordei com a enfermeira apertando meu pé.

Enfermeira:prontinho.

Anna:ta td tão arrumado.

Enfermeira:só n toquei na cama de vcs,a comida tabm ta pronta.

Anna:vc arrumou td,n precisava.

Enfermeira:seu namorado ta me pagando atoa,já qui vc já melhorou ele ta me pagando pra cuidr da cs.

Anna:ata.

Enfermeira:qui foi?.

Anna:vc pode me ensinr.

Enfermeira:to precisando mt desse dinheiro.

Anna:eu converso com ele,te dá um aumento.

Enfermeira:td bem.

Anna:brigada por td.

Enfermeira:meu trabalho.

Anna:ele ta chegando,vou tomr banho.

Enfermeira:quer qui ponha seu prato.

Anna:n,só como com ele.

Enfermeira:vou indo.

Anna:td bem ,brigada.ela veio me abraçar.

Fui tomr banho.

Quando acabei,fiquei vendo desenho,dps de uns minuts chegou.

Ele trouxe flores.

Anna:qui lindo amor. Nus beijamos...

Anna:são lindas.

Ed:vou guarda pra vc.

Parte ed.

Pus num vazo que comprei e deixei no quarto.

Ed:quer tomr banho cmg?.

Deu um sorrisinho.

Anna:hj,n to cansada,vai lá.

Dps de uns minutos voltou.

Anna:q cheiro forte.

Ed:hum.

Anna:ta com cheiro de perfume de mulher.

Ed:vai começar.

Anna:ta nervoso pq?.

Ed:n quero esquentr sua cbç,com essas coisas.

Anna:eduardo...oq ta acontecendo?.

Eduardo:nd amor.beijei ela.

Anna:pensei qui n tinhamos segredos um com outro.

Ed:aquela sua amiga,foi lá na empresa hj.

Anna:Clarrise.

Ed:é.

Anna:ela tinha falado qui um dia ia na empresa me preucurar.

Ed:ela é maluca,n volta a tr contato com ela n.

Anna:pq?.

Ed:n quero ficr mal com vc.

Anna: oq vc fz.ela começou olhr pra baixo.

Ed:nd .beijei ela.

Anna:pq o perfume dela ta na sua blusa.

Ed:n foi nd,n ela passou hj na impresa pra sabr de vc e dei um abraço nela.

Anna:amor é só isso?.

Ed:só.abracei ela.

Ed:te amo mt,quer casar cmg?.ficou séria.

Ed:eu tenho certeza qui é vc qui quero pro resto da vida.

Anna:n é isso eu quero terminr a escola ....espera.

Ed:espero....sim,mas fica sabendo qui quero forma uma familia.

Anna:quero qui aconteça devagar as coisas agora,meu coração ainda doi....quando lembro do bb qui perdi,perdi um bb ,perdi uma mãe e um pai no msm ano.

Ed:eu vou te dr td qui vc quiser.

Anna:vc é td qui preciso,n quero ms nd.

Ed:quero te mimr,me pedi qualquer coisa,qui te dou.

Anna:qualquer coisa?.

Ed:sim.

Anna:dá um aumento pra enfermeira,ela vai me ensinr fzr as coisas dentro de casa.

Ed:n precisa fzr nd.

Anna:n quero outra mulher cuidando ds coisas dentro de casa,eu quero cuidr de vc.

Ed:tabom.

Anna:hum.

Ed:amor,vamos tomr um banho cmg.

Anna:já tomei,to limpa.

Ed:eu sei disso.dei uns beijinhos nela.

Anna:eduardo...agente fz ontem.

Ed:mais é gostoso.

Anna:n quero engravidr.

Ed:a pirula tem efeito de uns tres dias.

Ela se agarrou em  mim e fomos pro banheiro...tomr um banho gts.quando acabomos fomos aos beijos pro quarto deixei ela vendo desenho e fui por cmd, fui dps fui pro quarto.

Ed:anna levanta pra jantr.

Anna:n to com fome,to falando com a cris.

Ed:anna,come cmg.

Anna:n quero levantr.

Ed:fz mal comr deitada.

Anna:to cansada,amor.

Ed:só um pouco anna.

Levantou.

Anna:seu chato.ela sentou e ficou esperando.

Ed:tabom?.

Anna:meu macarrão tava melhor.

Ed:vc qui é chata. Comemos e deitamos assistimos a era do gelo.

Ed:bota no filme.

Anna:quero vr desenho,desliga a luz vamos durmir um pouquinho.

Acabei indo durmir tmbm.

Cheguei no outro dia atrasado pro trabalho.

Cheguei 11:00.

Liguei pra anna.

Anna:oi amor.

Ed:acordei vc?.

Anna:n to aprendendo afazer carne de forno.

Ed:qui bom amor.

Anna:ta td bem vc ligou.

Ed:vou tr qui ficr mas tempo aqui.

Anna:vai voltar de madrugada?.

Ed:n me espera pra janta n ta.ela fica em silêncio.

Ed:vou voltar pra durmir com vc.

Anna:vou te esperar.

Ed:n anna,quero qui coma.

Anna:ta amor eu vou.

Ed:tenho qui desligr.

Enfermeira:senhora?.

Anna:tira o dia de folga n vai tr mas jantr hj.

Ela saiu .

Mensagem pra cris.

Anna:ele ta me traindo.

Cris:claro qui n quem ta botando essas coisas na sua cbç.

Anna:ninguém.

Cris:aposto qui é a cris.

Anna:ele nunca teve qui repor trabalho,ela só ta me abrindo o olho,ontem ele chegou com cheiro de mulher.

Cris:essa clarrise.

Anna:sei qui n gosta dela ms n fala mal dela n minha amiga quase irmã.

Cris:para de ficr chorando,espera ele chegr e conversa com ele...ontem vcs estavam bem,poem nessa cabecinha e só vc qui ele quer da uma chance de ser feliz qui ele te ama.

Anna:vc tem razão bonbagem da minha cbç,vou descançr n to bem.

Anna desliga o cel.

Cris manda print pro ed.

Ed:essa piranha,ta fazendo a cbç dela n sei oq fazr com a anna,eu amo essa mulher .

Um ano se passou...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...