1. Spirit Fanfics >
  2. É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã >
  3. Love

História É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã - Capítulo 21


Escrita por:


Notas do Autor


Nesse capítulo tem várias fotos que se vcs vessem ia intender pena que aqui não dar para por.

Capítulo 21 - Love


Fanfic / Fanfiction É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã - Capítulo 21 - Love

Anna:amor acorda,vc tem qui trabalhar.ela me deu um beijo e acordei.

Ed:fz café denovo.

Anna:só sua secretária pode fazer café pra vc.

Ela com tezão é foda.

Ed:seu café é mt bom,só n gosto de vr vc fazendo esforço,vc vai pra escola.

Anna:n quero ficr sozinha nm parar de estudr.

Ed:qui tal estudr em cs,termina em cs assim agente evita um monte de coisa andei pesquisando e n é caro.

Anna:tabom.

Ed:tabom.

Anna:n quero ficr sozinha.

Ed:quer ver seu cachorrinho.

Anna:sua mãe pegou ele de mn.

Ed:vamos lá aposto qui ela ta morrendo de sdds de vc.

Deixei anna lá.....ficou toda feliz quando vi o cachorro dela e minha mãe quando viu ela e ainda mas quando solber qui ela ta gravida.

Quando fui buscr ela.

Ela tava toda linda.

Ed:vc ta tão linda amor.

Anna:gostou?.

Mãe:como o cabelo dela é liso n mechemos na raiz por causa do bb.

Anna:brigada tia.

Mãe:falei qui ele ia gostar.

Dei um bj na bochecha de anna.

Ed:brigada por cuidr dela.

Mãe:boa sorte anna.

Ela entrou no carro sorrindo.

Ed:oq vcs aprontaram.

Anna:vamo logo pra cs.

Ed:nm perguntou como foi no trabalho hj.

Anna:quero ir pra cs.

Fui ms fiquei chatiado,nm perguntei como foi meu dia.

Anna:vai tomr um banho.

Me dando ordens e nm quis saber como foi meu dia nm beijo quando chegamos me deu entrei no quarto e vi.

A cama assim,nossa como ela fz isso.

Ela entrou no quarto,e fui beijando ela.

Anna: vai tomar banho.

Tomei o banho correndo....

Eu sair e tava tocando uma música no fundo e ela tava linda.

Ed:Minha mulher.

Anna:sua mãe me ajudou.

Ed:vc preparou td isso.

Anna:ela me levou no médico fizemos o pré natal,o msm disse qui podiamos tr relações normalmente,sem exagero até o final,se ainda sentir desejo por mn.

Ela trancou a porta.

Ed:vc ta linda.

Anna:queria te pedir desculpas,Clarrise admitiu qui armou td ,pq ficou com ciumes medo de perde minha amizade,eu acabei confiando nela,recebi um audio karol me mostrou eu intendo ela ,ela ficou com medo de vim e admitr,ms duvidei de vc me afastei n quero perde o seu amor.

Ela tava chorando.

Eu beijei ela.

Anna:vc ainda me qur como sua mulher.

Ed:vc nunca deixou de ser,nunca tirei esse anel,e vc nunca me devolveu.

Virei ela passei a barba no pescoço ela se arrepiou,enquanto fui tirando o laço da lingerine qui ela usada.

Ed:ta tão sexy.

Ela sorriu.

Eu já abri a roupa atras e beijando seu corpo.

Fomos pra cama abri as pernas dela beijei cada parte do corpo dela.

Ed:enfin a sós é.

Ela me beijou ficou me tocando.

Ed:se vc n tivesse gravida ia engravida vc hj.

Penetrei ela e peguei ela pela nuca e fiquei beijando,uma mão na nuca e outra na perna.

Ela tava toda cheirosa a respiração dela me dava prazer.

Nossas relações nunca foi agressiva,nm isagerada,sempre foi com cuidado e com carinho.

Estavamos mt felizes....pensei qui n teria ela mas por inteiro,n queriamos parar n,ms tive qui dr limits pq no outro dia trabalho ms dei uma tres tolerancias.

Dps da nossa noite maravilhosa ficamos agarradinho como de costume trocando acaricias ,ela tava ms relachada eu tmbm,é horrivel ta na msm cs e ter qui se olhar só pelo bb,sentia como se meu amor n fosse correspondido e ela tava cmg por obrigação ainda bem qui n perdi o amor dela...ela é mt especial pra mim.

Amanhã vou agradecr a Karol.

Ficamos conversando.

Anna:tava precisando disso,tava com sdds,de vc.

Ed:eu tmbm.

Anna:n sai,ta indo onde.

Ed:desligr a Luz desligr o som,pronto já voltei.

Anna:arrumei o quarto com tanto carrinho pra nos dois,sua mãe tmbm ficou mt feliz qui agente voltou e por sabr qui to gravida,pareceu qui ela era minha mãe,desculpa n levr vc pra gente ir.

Ed:n tem problema,até qui enfim ta td certo agora.

Anna:n vai escapar do ultrasson.

Ed:n vou perde ,de jeito nenhum ouvir o coração do meu filho bater.

Anna:só n vale chorar igual á outra vez.

Ed:eu já disse qui eu n chorei daquele dia caiu um cisco no meu olho.

Anna:arram,admite qui vc é babão,,admite.

Ed:n conta pro nosso filho quando ele cresce,se n,n vou tr moral.

Anna:n vou contr.enchemos nossas barrigas de morango e bombom com recheio de morango.

Ela só comeu os morangos os resto ficou cmg n bebeu chanpainhe por causa do alco só bebeu agua e comeu os morangos td bem ela já tinha comido na cs da minhã mãe,dps deitamos e ficamos acarias até pegamos no sono e finalmente durmir.

"Sugar marron5".....música que ouvimos.

Me sinto tão amado isso fz bem.....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...