1. Spirit Fanfics >
  2. É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã >
  3. Vamos fugir

História É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Esse livro é um livro que tem muitos detalhes meus e eu escolhi o título pq em 2015 eu 2020 que é o ano que estamos sempre vou admirar e ser fã de legião urbana , eu amo a música : " É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã " esse livro também é uma homenagem.

Capítulo 3 - Vamos fugir


Fanfic / Fanfiction É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã - Capítulo 3 - Vamos fugir

Olhei para meu enorme espelho me observei nua.

Faz tempo que não me reparo,nossa como eu mudei.(pensamento).

  Meus peitos pequenos,se tornaram médios,minha bunda durinha.

Peguei um vestido qualquer fiz uma make escura,deixando os meus olhos lindos com sombreado um pouco de baton da cor da minha pele um tom rosado mandei uma mensagem para o hubber para me pegar na esquina pedir á ele para me deixar  na primeira balada.

chegando lá o segurança me barro mesmo eu mentindo dizendo qui tenho 17.

Nessa hora que pensei por que não arrumei uma identidade falsa,que droga.

Apareceu um homem lindo aparentava ter uns 19 anos.

Sorriu e disse que eu estava com ele e entramos.

Anna: Obrigada,qual é seu nome.

Eduardo: Eduardo.

Eduardo: Seus pais sabem qui você estar aqui?.

Anna: Meus pais não precisa saber das  coisas qui eu faço.

Eduardo: Você bebe?.

Anna: Vou começar hoje.

Ele pede para o  barmen algo fraco.

Ficamos nos olhando.

Anna: Você vem sempre aqui?.

que merda de pergunta.(pensei)

Eduardo: As vezes com o pessoal da impressas colegas de trabalho.

Anna:  Ata.

Ele me dá um beijo na bochecha.

Anna: Sua namorada não vai gostar disso.

Eduardo: Se ela existisse.

parte (Anna)

Ela sorri e ficou tímida.

Agente se beijou.

Abraçei e comecei a chorar.

Eduardo: vamos.

Levei ela para o meu apartamento.

Tomamos um banho  juntos.

Deitamos na cama e dormimos.

........No outro dia....

Ela Deixou o número salvo no meu celular .

    parte de Anna.

Eu estava usando a roupa dele por que deixei cair bebida na minha ai ele me ofereceu a blusa dele,no outro dia,pus a minha  roupa e depois fui embora.

...............

Passei na casa de Clarisse,a mesma qui me emprestou uma roupa e uma folha para mim não ir para escola.

Clari: Andou bebendo.

Anna: Vou tomar outro banho.

Depois de outro banho fui para escola,depois da escola eu fui para casa.

Pai: nem vi você saindo.

Anna: Não quis te acorda.

Oi amores da minha vida , espero que estejam gostando da história, para incentivar meu trabalho , se puder compartilhe a história com seus amigos e votem , 😆, Qualquer dúvida, podem me chamar nos comentários que eu vou responder vocês com todo o meu carrinho, há e agora eu vou falar um pouco , do por que eu faço livros , eu tinha vários diário , mas vez de escrever em diários eu escrevo livros e como se fosse o meu diário , da vida real ❤



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...