História E Se... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Blásio Zabini, Draco Malfoy, Harry Potter, Hermione Granger, Ronald Weasley, Theodore Nott
Tags Dramione
Visualizações 170
Palavras 1.682
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostam

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction E Se... - Capítulo 1 - Capítulo 1

Mais uma vez estou aqui nesse ninho de cobras mimadas, que esbanjam sua riqueza aos quatro ventos. Relógios enormes de ouro nos pulsos enquanto na sala havia um grande relógio de parede.. Por que?! Brincos pesados de diamantes pendurados em suas orelhas.. Por que?! Chofer que levam e buscam em carros luxuosos.. Por que?! Eu realmente não queria está nessa maldita escola de riquinhos, não tenho nem a metade do dinheiro que eles gastam com os bichos de estimação deles!

Então está ai a pergunta, oque uma pobretona está fazendo na escola mais cara do País? Bom, se estão pensando que eu tenho uma bolsa de estudos, então enganados. Eu pago mensalidade assim como todo mundo, meus pais mesmo não tendo muito dinheiro, querem que eu estude na melhor escola e arrume um marido rico para nos tirar da pobreza. Isso é um absurdo da parte deles, nunca que eu me casaria com algum riquinho que precisa de mordomo para limpar a bunda deles!

Meus pais tem um pequeno negócio, um pequeno restaurante no subúrbio que nos da dinheiro suficiente para nos sustentar, mas nada luxuoso. Eu também trabalho em uma confeitaria como balconista, junto da minha melhor amiga Gina Weasley.

Gina tem um irmão mais velho que também é meu melhor amigo, Rony Weasley. Tenho sorte de Rony estudar comigo em Hogwarts, graças ao negócios de seus irmãos gêmeos ele conseguiu convencer os irmãos a pagar seus estudos enquanto ele os ajuda em suja loja de logos. Se não fosse por Rony eu certamente já teria sido expulsa por agressão, porque certamente eu arrastaria a cara de algumas pessoas de lá no chão, como por exemplo o F4.

F4 são os quatros garotos mais ricos que "mandam" nesse colégio. Agem como os tais e ninguém nunca ousou desafiar algum deles. Primeiro Theodore Nott, o herdeiro de uma das maiores empresas de cosméticos do País, ele é o mais pegador dos quatros, mas dizem que ele prefere mulheres mais velhas. Segundo Blásio Zabini, filho de uma cantora famosa que se casou sete vezes e todos os seus maridos morreram misteriosamente deixa toda as suas fortunas a ela. Terceiro Harry Potter, sua fortuna é passada de geração em geração, tudo começou com ervas medicinais e agora são donos da maior rede de hospitais do país, alguns Potter criaram remédios que agora são utilizado em todo mundo. Quarto Draco Malfoy, sua descendência vem da realeza desda época do primeiro rei da Inglaterra, a família Malfoy foi acumulando fortuna desde aquela época, basicamente Draco Malfoy nem precisa trabalhar com toda a fortuna quem tem. Mas seus pais não se contentaram, eles são grandes empresário, donos da maior empresa de tecnologia da Europa. E além de ser podre de rico, ele também é líder do F4

Pois é, eles devem limpar a bunda com dinheiro. Tenho certeza que eles nunca ouviram um "não" na vida deles, devo admitir que deve ser bom ter dinheiro e não ter preocupação com cobranças que tenham que pagar. Mas acho que não seria feliz tendo tento dinheiro assim, ter tudo sem ao menos ter se esforçado para conseguir. Sou tirada dos meus pensamentos por Rony me cutucando

- Hey Hermione! - Diz Rony ainda me cutucando. Olho para ele com uma das sombrancelhas arqueadas - A Aula já acabou faz 10 minutos, onde estava com a cabeça? - Perguntou risonho

- Oh, estava apenas pensando - Digo me levando apressada guardando meus matérias que estavam sobre a mesa - Vamos comer! - Digo alegre porque já não estava aguentando de tanta fome

- Vamos logo, não vejo a hora de por a mão no frango frito e me saborear - Rony fazia uma cara, digamos estranha, enquanto falava do amor de sua vida, frango frito - Vam...

Rony foi interrompido por um garoto gritando pelos corredores

"TARJA VERMELHA NO CONNER O'BRIEN DA SALA 3.D DO SEGUNDO ANO"

Gritara o garoto enquanto corria... Mais uma vez a F4 ataca. Quando algum aluno faz alguma coisa que eles não gostam, o aluno ganha a Tarja Vermelha no seu armário, uma carta vermelha escrito F4, ao receber isso o aluno é torturado até sair da escola. Os F4 nem movem um músculos, são os próprios alunos que fazem por eles e oque eu acho isso? Desnecessário, absurdo, ridículo e sem escrúpulos algum! Eles são grandes babacas

- Qual será o motivo dessa vez Ron? - Pergunto ao Rony

- Eu não sei, mas da último vez foi porque Lino Jordan espirrou quando o Malfoy passava - Disse dando de ombro

- Só podia ser - Nessa hora a porta dando para o corredor é aperta e fica um selênio mortal, as pessoas ao redor estavam com os olhos cheios de admiração

Meus olhos correram para o corredor e por lá passa Malfoy, Potter, Zabini e Nott. Fecho minhas mãos com força e respiro fundo antes que eu diga umas boas verdades para eles. Assim que eles passam por mim, eu relaxo e dou um suspiro aliviada e olho para Rony

- Vamos logo comer - Digo por fim seguindo meu caminho junto de Rony até o refeitório, se é que poderia ser chamado assim. O refeitório era um luxo, parecia ser um restaurante se cinco estrelas. Chefes renomados faziam pratos diferentes todos os dias, e era deliciosos. Esse era a única coisa que eu não reclamava dessa escola e dou graças a Deus que não pagamos pela comida

Rony ao meu lado pega um monte de frango frito e um refrigerante, enquanto eu pegava um prato de lasanha e um suco de maracujá. Sentamos em uma mesa vazia e começamos a comer

- Isso está uma delícia - Dizia Ron com a boca cheia, comecei a rir

- Fecha a boca - Disse dando gargalhadas

- Certo certo - Disse ele após engolir - Acho que vou fazer teste para o time de futebol, oque acha?

- Mas você é péssimo, quer dizer, na última vez que jogou você pisou na bola e deu de cara na grama - Comecei a rir e ele me acompanhou

- Sim, mas treinei bastante durante as férias, meu irmão Carlinhos me treinou - Diz ele se gabando - Acho que consigo ser o camisa dez dessa vez - Seu rosto estava repleto se felicidade - Você vai vê - Diz ele erguendo os braço e acaba pegando no refrigerante fazendo cair no chão. Tudo fica em silêncio e Ron fica olhando para um ponto fixo atrás de mim de maneira assustada - Perdão! Perdão! - Sua voz era apressada e assustada.

Olho para atrás e me deparo com o F4, sigo meus olhos para chão e vejo que o sapato do Malfoy estava com um pouquinho de refrigerante.. Putz

- Se perdão funcionasse, leis e punições não seriam criadas - Pela primeira vez escuto sua voz, era de despreza e frieza. Fecho a mão com força

- Eu posso comprar outro - Ron estava desesperado, afinal, quem recebe essa Tarja Vermelha, será excluído, atormentado, sofrerá bullying pela escola toda, até que o F4 retire-a. Teve uma que um aluno tentou se suicidar

- Você tem mais dinheiro que eu? - Perguntou Malfoy em deboche - Acha que vai conseguir comprar o mesmo? Esse foi feito na França exclusivamente para mim!

- Eu faço oque quiser

- Oque eu quiser? - Ele o olha com desdém. Levanta o pé com o refrigerante em seu sapato - Lambe

- Oque? - Perguntou pasmo

- Eu disse para lamber e assim esqueço oque fez - Disse com um sorriso de lado. Nessa hora não consigo mais me controlar, levanto da mesa bruscamente ganhando a atenção de todos

- Você é surdo ou oque? Ele te pediu perdão, não acha que é o suficiente ?! - Digo alto o encarando e ele assim como todos estavam espantados, afinal, ninguém nunca havia falado assim com eles

- Não se meta, quem é você pra falar assim comigo? - Disse em fúria. Um garoto chega perto dele e sussurra algo e ele sorrir - Então você é uma pobretona, não se meta nesses assuntos, você não tem direito

- Eu vou me meter a onde eu quiser para defender meu amigo, você sabe oque significa isso? Amigo ou amizade? - Digo ríspida

- Já que é uma grande amiga assim, então lambe meu sapato ao invés dele e eu esquecerei tudo - Ele me encara nos olhos enquanto falava

- ... - Não disse nada, respirei fundo enquanto me abaixava e eu já podia escutar os risos de pessoas que estavam ao redor

Pego o meu copo de suco e jogo na sua cara e ele acaba por cair no chão. Todos me olhavam surpresos agora

- "Você tem mais dinheiro que eu" - Repito oque ele diz - Ao menos o dinheiro é seu que conseguiu com seus próprios esforços, o dinheiro que você se gaba ter e dos seus pais. Ao menos alguma vez comprou ou ganhou algo por seus próprios esforços? Você não é melhor do que ninguém pra tratar uma pessoa desse jeito, não importa a quantidade de riqueza que vocês tem no cofre e sim o caracter e a pessoa que você é! Você é apenas um mimadinho que ao menos já ouviu um não na vida - Sinto me mais leve por dizer aquilo tudo. Tiro os todo o dinheiro que eu tinha no bolso e jogo em cima dele - Esse dinheiro ganhei com meus próprios esforços. Leve sua roupa pra lavanderia, por minha conta - Digo com um sorriso de lado e saio de lá em passos rápidos

Meu Deus não acredito que eu fiz mesmo isso! Aaah não, agora eu serei o alvo deles... Putz

Mas não me arrependo de nada, dou um sorriso e olho para o céu ao chegar fora do prédio do colégio

- Hermione! Hermione! - Rony vinha gritando ao meu encontro - Aquilo foi demais, tinha que ver a reação dele quando você saiu! Foi simplesmente incrível - Diz ele sorrindo

- Sim... Mas agora eu estou ferrada Ron - Disse um pouco frustada


Notas Finais


Desculpem se houver algum erro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...