História E se... - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Itachi Uchiha, Jiraiya, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari
Tags Alternativo, Naruto, Romance, Sakunaru, Sakura
Visualizações 45
Palavras 860
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estou chegando ao fim dessa história que na verdade eu fiz pra satisfazer minha vontade de ver esse casal dar certo. Mas me apaixonei por escrever aqui. Muito obrigada por cada um que leu e comentou. Vocês não fazem ideia de como o incentivo, por menor que seja, ajuda.
Boa leitura!
:)

Capítulo 30 - O tempo nunca é perdido...


Fanfic / Fanfiction E se... - Capítulo 30 - O tempo nunca é perdido...

Cheguei em casa primeiro que todos. Faria um jantar perfeito e logo depois, quando eu e Naruto estivéssemos sozinhos, ia contar pra ele sobre o nosso novo integrante da família. Um por um as crianças foram chegando dos seus afazeres. Eles já tinham se acostumado, tanto Himawari e Boruto com a nossa presença quanto eu e Sarada nos sentimos em casa. 

Naruto chegou e eu senti um friozinho na barriga quando ouvi a voz dele. Eu estava terminando o jantar quando ele chegou e me abraçou pelas costas.

-O cheiro está delicioso e eu não estou falando só dá comida. 

-Engraçadinho. Tá de muito bom humor hoje. Foi tudo bem no trabalho?

-Uma coisa ou outra me tirou do sério mas tá tudo bem. 

-Que bom. E melhor ainda que você conseguiu vir pra casa. Tenho uma coisa pra te contar. Mas não adianta perguntar, só falo depois do jantar. Lá no nosso quarto…

-Já fiquei 100% interessado.

-Não é isso! 

-Ah que pena. Mas eu também tenho uma surpresa. Já terminou aí? 

-Já sim. 

-Então vem até a sala. Crianças, venham até a sala por favor!

Estávamos todos reunidos na sala, só o Naruto estava em pé. 

-Eu pensei em mil e uma formas de fazer isso mas eu não achei um jeito melhor do que vir na frente das pessoas que eu amo e declarar o meu amor. 

Ele se ajoelhou na minha frente e abriu uma caixinha com uma aliança linda dentro. 

-Sakura, você me daria a honra de ser minha esposa e companheira daqui até a eternidade? 

Eu não sabia se ria ou se chorava. 

-Sim! Mil vezes sim! 

Eu já estava nos braços dele no chão da sala quando escutei os risos das crianças.

-Vocês parecem que foram feitos um pro outro.

-Você não faz ideia de como eu corri atrás dessa mulher, Sarada. Qualquer dia eu te conto com detalhes. Agora vamos jantar.

-Espera, eu também tenho uma surpresa. Só um minutinho que eu já volto.

Eu estava tão feliz, que não me importei se a notícia ia ser bem recebida por todos. Mas era importante pra mim e eu queria que todo mundo soubesse da minha felicidade. 

Voltei com uma sacola na mão e entreguei para o Naruto. Ele abriu mas não entendeu. 

-Ué, uma roupinha de cachorro? Mas a gente nem tem cachorro... 

-Não é roupa pra cachorro, seu idiota!

Pego a roupinha e coloco na frente da minha barriga. Naruto as vezes só pega no tranco.

-Quer dizer que você… nós… a gente vai…

-Isso mesmo, a família vai aumentar. Vocês em breve terão um irmão ou irmã. 

Eu sempre soube que a Sarada queria irmãos, sempre se sentiu muito sozinha. Mas eu não sabia qual seria a reação dos filhos do Naruto.

-Tomara que seja uma menina, não é Hima? Ela vai ser nossa bonequinha. 

-Isso! Outra mana pra brincar com a gente!

-Vai ser um menino pra eu poder ensinar a lutar igual o papai. 

Ufa! Pelo menos eles estavam levando numa boa. Mas o Naruto continuava monossilábico e com cara de assustado.

-Desculpa se não foi assim que você planejou as coisas. Mas as vezes é o que a gente…

-É perfeito! É tudo perfeito! Minha vida está perfeita. Eu tenho uma família linda, acabei de pedir a mulher que eu sempre amei em casamento e ela aceitou e nós vamos ter um filho. Eu consegui conquistar tudo que eu sonhei.

Ele está chorando e me abraçando com ternura. Agora meu coração se aquieta. 


Pov Naruto


Eu estava tão feliz que acho que nada nesse mundo tiraria o sorriso do meu rosto. Eu tinha um trabalho que sempre sonhei, filhos lindos e saudáveis, a mulher mais incrível do mundo tinha aceitado ser minha e em breve teríamos metade de nós nesse mundo, e tínhamos acabado de fazer amor de um jeito doce e demorado. Não tinha nada pra reclamar. Eu já estava bobo fazendo carinho na barriga dela quando me lembrei do Sasuke. 

-Tem uma coisa pra te falar. O Sasuke apareceu no escritório hoje.

Senti ela ficar tensa na hora. Acho melhor pular a parte que eu fiz ele de saco de pancadas. 

-Ele estava calmo e pediu minha ajuda pra se aproximar da Sarada. E pediu pra eu dizer o quanto se arrepende pelo que fez, mesmo sabendo que não tem explicação. Ele pediu perdão. Acho que ele aceitou que te perdeu. 

-Eu gostaria muito que a Sarada tivesse um pai presente. Mas sinceramente não sei se depois do que aconteceu isso é uma boa ideia. Sasuke me pareceu muito instável. 

-A gente pode conversar com a Sarada e se ela quiser posso levar ela até o pai e acompanhar até a gente ter certeza que eles vão ficar bem. Aliás, ele já voltou pra aldeia que está morando. 

-Você tem um coração incrível. Não tenho como agradecer por tanta ajuda ao longo desses anos todos. Acho que me apaixonei por você muito antes do que eu achava. 

-Acho que nossa história precisava disso antes de dar certo. Precisávamos amadurecer. 

Assim vi a mulher que eu amo adormecer nos meus braços e se os deuses abençoassem, veria essa cena pelo resto dos meus dias. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...