História E se... - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Alternativo, Naruto, Romance, Sakunaru, Sakura
Visualizações 47
Palavras 445
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Uma verdade inconveniente...


Fanfic / Fanfiction E se... - Capítulo 9 - Uma verdade inconveniente...

Era bom ter uma criança como a Himawai em casa, ela era me fazia ter saudade da Sarada com essa idade.

-Tia Sakura, posso ver tv agora? 

-Claro amor. Daqui a pouco vou te levar pra casa, tudo bem.

-Estarei pronta quando me chamar. Gostei muito de poder ficar aqui e não ter que ficar em casa sozinha… é muito ruim.

- Pode vir sempre que quiser. E seu pais deixarem, claro. A Sarada também adora sua companhia.

A campainha toca e eu já sei que é a Ino. Preciso conversar com  alguém e ela é minha melhor amiga.

-Onde é o fogo que eu preciso deixar tudo pra trás e poder vir te socorrer?

-Adoro seu carinho comigo.

 

-Deixa de ser boba, adoro quando você pede minha ajuda. O que Himawari está fazendo aqui?

-É uma parte da história que você precisa saber. Vamos tomar um café que eu explico melhor.

Conversei com minha amiga e contei o necessário. Ela sabia o que eu sentia pelo Naruto mas nunca incentivou porque ela sabia que ele era um casa perdido pra mim. Principalmente por ser casado.

-Olha Sakura, eu queria muito poder ficar feliz por você, mas esse não é o caso. Por mais que eu saiba que seu sentimento e verdadeiro, vocês não são um casal. Ele já tem a Hinata, lembra?

Eu sei, e você não precisa ser cruel e me lembrar disso.

-Estou sendo realista e não quero te ver machucada.

-Eu sei. Vou ser adulta e aceitar o conselho.

-Deixa ele resolver a situação. E você também tem que resolver a sua não é? Por que ainda não pediu o divórcio depois de tanto tempo?

-Na maior parte do tempo tive esperança que ele voltasse. E depois resolvi deixar como está.

-Uma passo que você precisa dar de qualquer maneira. Ficar livre desse fardo de ser a esposa de um marido que ninguém vê a anos.

-Você tem razão. Vou resolver isso logo. Muito obrigada por ter vindo me ouvir.

-Só chamar que eu apareço.

Me despedi da Ino e fui chamar a Himawari pra irmos embora. 

Nada iria me preparar para ver a Hinata abrindo a porta da própria casa. Contraditório né? 

-Que bom te ver, Sakura! Soube que você cuidou da Himawari ontem a noite.

“Não só da Himawari pro meu desespero…”

-Sim, mas ela já está ótima.

-Posso ver. Fica pra jantar?

-Não, eu preciso voltar pra casa. A Sarada…

-Por favor, tia Sakura? Quero mostrar que já estou bem.

Não tive como dizer não para aqueles olhos.

-Tudo bem amor, mas não posso demorar.

Ela ficou muito feliz, risonha e saltitante. Eu, por dentro, só queria desaparecer. 

 


Notas Finais


Meio morno, né? Mas precisamos de um meio que justifique o fim! :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...