História E se Carla Tsukinami fosse mulher? - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Sim, eu demorei, sinto muito por isso, mas finalmente voltei, o motivo da demora foi que eu estava sem criatividade nenhuma! E também eu estava de castigo, ou melhor, ainda estou, aproveito algumas chances para mexer no meu celular, por isso a demora, tentarei trazer capítulos mais longos em breve, prometo!

Capítulo 2 - Capítulo 2.


Enquanto isso... 


Os dois rapazes estavam na sala conversando, às vezes, eles faziam isso apenas para provocar Carla, mas sabiam que, em algum momento, ela acabaria matando-os. 


A conversa ía bem, até que Shin disse:


-Hey, Kino, que tal chamarmos seus irmãos e os Mukamis para cá? Isso deixaria a Carla irritada demais, eu adoraria ver a cara dela quando ela percebesse que vai ter arrumar a casa todos os dias!


-É uma boa idéia, mas ela pode facilmente nos matar enquanto dormimos, você sabe, certo?


-É claro que sei! Mas duvido que ela o faça. Ela mal consegue matar uma barata, minha Nee-San pode ser forte, mas, ao mesmo tempo, ela é fraca. 


-Ah. -O rapaz suspira e em seguida fala. -Tudo bem, mas se ela perguntar, eu vou falar que a idéia foi sua.


-Por mim, tudo bem. -Respondeu Shin.


-Bom, que tal chamarmos eles após o almoço? Seria melhor para todos.


-Realmente. 



                        . . .


Havia se passado um tempo desde a conversa entre os dois, Carla já tinha melhorado com seu mau-humor. 


A coitada garota nem sabia que o pior estava por vir.


A platinada estava sentada no sofá vendo televisão até que ouve batidas na porta. A garota então se levanta e vai em direção à porta da mansão, logo abrindo-a.


Ao ver de quem se tratava as pessoas, ela fecha a porta com toda a sua força. 

-SHIN, KINO, VENHAM AQUI! -Berrou a mais velha, logo os dois rapazes apareceram. 


-Que foi? -Perguntou Shin seco. 


-Que porra vocês fizeram? Por que os Sakamakis e os Mukamis estão aqui? -Perguntou a mais velha. 


-Foi tudo idéia do Shin! Eu não tenho nada a ver com isso, ele que chamou os Sakamakis e os Mukamis! -Falou Kino. 


-SHIN! VOCÊ VAI VER SEU IDIOTA! VOCÊS TODOS VÃO VER! -Gritou Carla. -EU NÃO IREI ME RESPONSABILIZAR POR NADA DO QUE ACONTECER AQUI! 




                        . . .



Todos os rapazes estavam na sala conversando, Carla havia ido para seu quarto. Já era tarde e ela ainda estava no quarto, Kino tentou oferecer alguns chocolates, mas ela se recusava a comer, ela tinha algo em mente. 



               Carla P.O.V on


Eu, simplesmente, não vou perdoar aqueles dois! Eu não sou obrigada a aguentar um bando de machos revoltados na minha cabeça o tempo todo! Sinceramente, eles vão pagar, oh, como vão pagar! 


Pego meu celular e ligo para uma amiga, espero ela atender, converso um pouco com ela. Aquela seria minha primeira peça do xadrez, aquela garota era extremamente especial, desde que a conheci pude

notar isso. Ela provavelmente vai vir para cá, sou muito convincente quando se trata de pedir para alguém vir para onde eu estou. 


Logo ligo para outra amiga minha, depois mais uma, logo outra. 


Todas virão para cá, mas como estão muito longe, vou ter que esperar. 


                     Quebra de tempo. 


Já passava das 00:30, eu estava morrendo de fome, saio de meu quarto devagar, todos foram para a escola, menos eu, obviamente, depois eu dou uma desculpa qualquer. Após sair do meu quarto, desço as escadas e vou até a cozinha, abro a geladeira para ver o que tinha dentro da mesma, vejo que meu pote de presunto fatiado ainda está lá, ótimo não tocaram nele, pego o pote e deixo-o em cima da pia, logo pego um garfo. Com o pote e garfo em mãos, volto para meu quarto.


                        . . .


Se passou um tempinho desde que eu comi metade dos presuntos fatiados. Eu levei o pote para a geladeira e lavei meu garfo, posso ser preguiçosa, mas, pelo menos, não gosto de louça suja. Eu, realmente, estou cansada, o sono me dominava pouco a pouco, minha coberta era bem quente, minha cama estava macia e os travesseiros também, oh, como isso é bom. Sem notar, vou fechando meus olhos pouco a pouco, logo adormeço. 




         To be continued... 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...