História E se eu te amar? (Jikook) - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys (bts)
Visualizações 120
Palavras 750
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá queridos leitores, olha quem voltou...não me matem eu apenas tive um bloqueio de criatividade e logo em seguida minha vida deu uma girada de 360°, bom eu voltei com mais um capitulo e espero que gostem conto com vocês e espero que continuem dando amor a essa Fic.
Deem uma olha na minha outra Fic chamada ''Meu par'' ela está quase chegando a 900 favoritos e quem ainda não leu não sabe o que esta perdendo, se ela chegar a mil quem sabe eu não faça uma continuação.
Sem mais enrolação borá ler.

Capítulo 28 - 28


Fanfic / Fanfiction E se eu te amar? (Jikook) - Capítulo 28 - 28

Jimin

 

Após o piquenique eu fiquei em silencio e resto da viagem para casa, e quando cheguei falei que estava cansado e com sono claro que isso era uma desculpa para não encarar Jungkook e para não conversar com Yoongi, quando foi que eles viraram tão amigos e passaram a esconder as coisas de mim, eu estava me sentindo um estorvo eu me sentia o sol de Jungkook quando estava perto dele, mas acabei esquecendo que eu o abandonei e agora ele tinha uma vida e eu não estava nela porque eu decidir sair eu estou pagando o preço por minha escolha e por esta mais frágil eu sentia todo o misto de emoções ruins voltando a minha vida a minha depressão não estava curada e eu sabia bem disso a única coisa que eu pude fazer foi chorar até pegar no sono, eu era um inútil e não fazia mais sentido atrapalhar a vida de Yoongi e Jungkook.

Acordei as cinco da manhã e arrumei a minha mala e a do Jinwoo o acordei e pedi para ele fazer silencio para não acordar o tio Yoon, sai de casa e fui para uma pousada distante para tentar espairecer.

 

Yoongi

 

Acordei me sentindo mal uma dor de cabeça horrível estava me atormentando, levantei e decidi ir ao quarto do Jimin para ver se ele tinha algum medicamento que me ajudasse bati na porta de seu quarto, mas não fui atendido resolvi entrar mais para a minha surpresa ele não estava como ele e sempre o primeiro a levantar fui à cozinha procurá-lo e lá ele também não estava e minha ultima opção então foi o quarto do Jinwoo, pois se uma coisa que Park Jimin é e ser responsável pelo filho ele era sempre o primeiro a acordar para que fizesse tudo antes de acordar o Jinwoo desde a fazer o café da manhã a passar uma roupa ou preparar a banheira para seu banho ele e um exemplo de super pai ou o pai dos sonhos nunca vi alguém se dedicar tanto a um outro ser humano como ele se dedica ao filho, ao abrir a porta também não o encontrei e fiquei assustado a não ver uma criança enrolada no coberto como todas as manhãs eu via nesse momento eu gelei, Jimin não era de sair sem avisar Jinwoo não sairia sem seu Omma ou eu abri o armário com rapidez e vi que a maioria das roupas foram tiradas do cabide, corri para o quarto do Jimin e seu guarda roupa também estava sem algumas peças olhei em cima do armário e também não achei sua mala senti meu mundo cair, será que Jimin fugiu? O Porquê de ele sair assim sem me fala? O que esta passando pela sua cabecinha oca?  Eu tinha milhares de perguntas formadas em minha cabeça e nenhuma resposta, o que me restava era procurá-lo, liguei para a empresa e ele não estava liguei para a escola e ele também não apareceu por lá, minha ultima saída foi ligar para o Jungkook mesmo não qurendo o assustar isso seria necessário já que o Park estava com o celular fora de área ou desligado.

 

Jungkook

 

Eu estava resolvendo uns contratos para tentar adiar minha volta para a coréia passei a manhã toda com meus agentes até que consegui um que durariam dois meses era uma marca de ternos famosa que viu meu portifoli e amou meu trabalho e depois de descobrir quem eu era insistiram no contrato então fechei com eles, pois era mais uma garantia de que poderia ficar com Jimin e ver sua gravidez eu estava tão feliz mais uma coisa me deixava mal uma hora ou outra eu deveria voltar contra a minha vontade mais eu teria que voltar, liguei para Jimin, mas o telefone estava desligado imaginei que ele estava em alguma reunião então não liguei mais pois assim que ele ligasse o celular veria minhas chamadas e retornaria a ligação, fui para o meu hotel para descansar um pouco já que eu não estava com fome para almoçar, dormi

A tarde inteira quando era umas dezoito horas acordei e decidi que iria a casa de Jimin peguei meu celular e me espantei tinham exatamente cinqüenta chamadas de Yonngi e algo me dizia que não era uma boa coisa, retornei a sua ligação.

 

Y-Alô, Jungkook graças a Deus que você me atendeu.

 

J-Aconteceu alguma coisa?

 

Y-Você não vai gostar da noticia...

 

J-Fala logo!

 

Y-Jimin sumiu junto com o Jinwoo...


Notas Finais


Para recompensar vocês amanhã sairá mais um capitulo, mil desculpas pela demora e mil beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...