História E se fosse diferente? -A Seleção- - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias A Seleção
Personagens Ahren Schreave, America Singer, Aspen Leger, Carter Woodwork, Eadlyn Schreave, Gavril Fadaye, Kaden Schreave, Kile Woodwork, Lucy, Marlee Tames, Maxon Calix Schreave, May Singer, Osten Schreave, Personagens Originais, Princesa Daphne, Princesa Nicoletta
Tags Aelite, Aescolha, Ahren, Americasinger, Aseleção, Eadlyn, Felizesparasempre?, Icecream, Ilhéia, Kaden, Kieracass, Maxon, Osten, Selecionada
Visualizações 61
Palavras 744
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura..

Capítulo 10 - Capítulo 11


Dançamos mais essa música antes de eu fazer de tudo para sumir novamente.

Acabei ficando conversando com Kile Woodwork até ele sair...peguei a princesa Eadlyn conversando com Eiko,do jeito que os dois se olhavam parecia que poderiam se beijar a qualquer instante e sumir juntos...mas era impossível e dava pra ver no mesmo olhar deles.

De acordo com a tradição de Ilhéia o Príncipe pode ter sua seleção enquanto a princesa é casada com outros príncipes para formar laços.Eiko é só um tradutor e professor de línguas...eles não podem estar juntos.

Quando vi duas selecionadas indo embora fiquei segura de sair também sem problemas.

Haviam três guardas com elas também...fui até elas sorrindo querendo puxar assunto.

-Odetta....

-Angellica?!não deveria sair da festa agora!

-Estou cansada...te vi saindo e resolvi vir junto para acompanhar as duas...

Ela parou e me olhou,por trás da mascara seus olhos estavam desesperados e amedrontados.

-Oque foi?!

Olhei para outra selecionada,não era uma selecionada,eu não a reconhecia.

Seu cabelo era preto como de Suzanna mas não era ela.

-Quem é você?!

Digo a encarando....a mesma olhou para os dois guardas...senti algo frio no meu braço me fazendo calafrios...olhei de canto e vi uma arma.

Então pude ver outra na mão da falsa Suzanna com um floco de neve tatuado na clavícula sendo precionada contra cintura de Odetta.

-Quietinha.........vamos levar ela junto!....

-Tem certeza?!...ele disse só uma!...

-Uma para não deixar claro nossas intenções....se fosse só a Leger todos iriam sacar na hora...

Estavam nos levando pelo castelo...era incrível como eu não pude ver um guarda sequer...todos pareciam ter sumido.

Deve ser a troca de turnos,eles tinham planejado tudo muito bem....mas oque isso?!por que a Odetta?!quem S-São....rebeldes.

Tenho certeza agora que são rebeldes...senti meu coração se acelerar demais,segurei as lagrimas quase parando de respirar.

-Mais rápido!

O guarda falso que segurava meu pulso tinha algo tatuado que não consegui ver direito naquele braço cheio de veias saltadas.

-Como mesmo que vamos levar elas?!

-a velha tática da caixa coreana nobre...vamos dizer que são nossas senhoras da Nova Ásia...nenhuma suspeita será levantada assim!

Não acreditei no que eu ouvia...estavam nos levando da forma mais idiota.Ninguém ia acreditar nessa mentira.

Atravessamos o jardim até a floresta onde estava.

-entrem...

A arma foi precionada na minha cintura...entrei logo depois de Odetta.

-A-Angellica...

-QUIETAS!NÃO QUERO OUVIR AS DUAS!

fiz pra ela fazer silêncio e segurei a mão dela gesticulando com os lábios que íamos ficar bem.

Eu acreditava nisso?!não ou talvez.

Levantaram e começou a andar.

Estávamos chorando em silêncio logo...parecia que nunca íamos sair dali.

Demorou mas parece que chegamos nos portões quando pararam eles.

-Desculpe...nossa senhora se sentiu cansada e resolveu sair um pouco...

Ouvimos a falsa Suzanna dizer com um sotaque que lembrava e muito dos meus parentes da Nova Ásia.

Não pude acreditar quando deixaram passar assim sem mais nem menos.

Continuou assim por vários minutos que pareciam horas até parar e abaixar no chão.

-Saiam logo!

Saímos dali sem soltar uma da outra,vimos uma Van que era o escape deles deduzi...um dos guardas enfiou uma agulha com um liquido no pescoço dela que gritou caindo na hora

-O-Odetta...

Era tranquilizante com certeza.

Chutei as bijuterias do rebelde e Corri chutando os saltos também.

Corri como se minha vida dependesse disso...oque depende.

Virei na primeira rua que consegui me escondendo.

Infelizmente acho que o rebelde que deu o tranquilizante para Odetta estava na minha cola o tempo todo.

-Sua vadiazinha do mimadinho do Príncipe!!

Levei um tapa no rosto e ele puxou meu cabelo me forçando a levantar....gritei,gritei bem alto mas o mesmo tampou minha boca.

-escuta aqui....sua amiga levou aquela agulhada por não parar de chorar e quase ter nos denunciado gritando também...se você continuar vai ter o mesmo que ela....

Eu estava chorando de soluçar já tentando tirar a mão dele.

-quietinha ouviu?!

Dessa vez ele sussurrou no meu ouvido...fui parando devagar com o coração acelerado.

-se correr ou tentar alguma coisa....eu te mato agora aqui....

Ele me soltou e rasgou a saia novinha do vestido que Marnie e Elye fizera com todo carinho pra mim.

Eu ainda soluçava quando ele me arrastou junto para devolta da Van.

-aqui...

Ele apertava o meu braço e meu rosto ardia.

Levei uma cotovelada na barriga da falsa Suzanna e líder deles no momento, me fazendo cospir sangue e tossir.

-eu devia te matar garota....coloque ela pra dentro!

Fui empurrada para dentro da parte traseira onde Odetta estava deitada sedada.

Me encolhi...como as coisas mudaram tão rápido assim do nada.

Num instante eu estava observando a princesa trocar olhares quentes com o tradutor e agora eu estou numa van sendo levada para não sei onde com uma das selecionadas que eu nunca falei desmaiada depois de ser agredida e chamada de vadia.

O Palácio vai fazer algo?!sou azarada ao ponto que nem minha falta vão sentir?!


Notas Finais


Ansiedade a mil né?!kkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...