História É verdade? ( Jikook ) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jikook
Visualizações 46
Palavras 675
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Amar?


JM: Tony para.- Se afastou do homem que o encarou confuso.- Eu não posso fazer isso..

Tony: Por que?- Ele suspirou e abaixou a cabeça.- Jungkook. Mesmo que ele coma cinco meninas e engravide a metade do país você irá querer ele.

JM: Tony, eu não tenho querer, eu não quis e não queria amar ele..só que..eu não posso. Não dá.

Tony: Tudo bem..com o tempo passa.

Jin: Jimin!- Gritou de longe fazendo o garoto olhar pra ele. Ele se aproximou do maior que tinha um semblante assustado e triste.- Jungkook..

...

O Park corria pelas escadas, subindo o prédio acima. Ele não parava pra respirar, seu coração assim como sua mente, estavam frenéticos, uma dor em seu peito estava sendo iniciada, o que o fazia entrar em mais desespero. Ele abriu a porta da sacada com tudo, fazendo as poucas pessoas que estava ali para tentar tirar Jungkook da sacada, olharem pra ele. Seus olhos pararam no moreno um passo da morte. Suas pernas tremeram e seu ar fugiu. Sem notar, seus olhos lágrimaram, e seu coração se apertou. Ele se aproximou do garoto com cuidado.

JM: Jungkook..- O chamou. O moreno sorriu fraco e se virou pra trás encarando o pequeno que quase chorava.

JK: Você já terminou de beijar o Tony?- Perguntou fraco.

JM: Jungkook..sai daí, por favor.

JK: Você disse que eu vivo ou morto não fazia diferença, e que se fosse pra você me perdoar, essa seria uma de minhas escolhas, pois bem, eu escolhi.

JM: Você faz diferença..por favor Jungkook, sai daí.

JK: Você vai me perdoar se eu pular? Irá cumprir sua promessa?

JM: Eu vou te odiar com todo meu ser se você fizer isso!- O moreno arregalou os olhos.- Por favor sai daí, vamos conversar primeiro.

JK: Admite! Você não me ama mais, não me quer mais.

JM: Isso não é verdade!

JK: Então por que beijaria outro?

JM: Porque eu fui idiota, eu sou um idiota, tambem convivo com você. Agora, sai daí. Eu juro, juro que te perdôo se sair daí, podemos nos sentar e conversar, mas não faça isso.- O menor levantou a mão em direção ao maior que o encarava sem responder nada.- Por favor, por favor.- O Park derramava lágrimas sem notar. O moreno olhou pra baixo e olhou de volta para o garoto que chorava. Ele estendeu sua mão e a entrelaçou com a do Park, que o puxou com tudo pra ele na mesma hora. E o abraçou, fortemente o abraçou. Ele deixava as lágrimas sair, junto a soluços e mais apertos.- N-não faça mais isso!- Falou choroso. O moreno o abraçou de volta e deitou sua cabeça no ombro do mesmo.

JK: Me desculpa.

JM: Não vamos falar disso agora, por favor.- Choramingou. O moreno segurou o rosto molhado do garoto, e uniu seus lábios, aproveitando cada sensação boa que Park lhe trazia. As lágrimas que salgavam o beijo, a dor e arrependimento. O menor entrelaçou os braços no pescoço do maior e o puxou para um beijo mais profundo.

JK: Eu não quero mais parar de fazer issom- Falou ofegante. O menor sorriu e deitou sua cabeça no peito do garoto.- Ela não tá grávida..eu menti.- O Park arregalou os olhos e encarou o Jeon esperando uma resposta.- Eu queria te dar uma surpresa..e pra você não saber que estava juntando dinheiro, eu fingi que ia ser pai pra dizer que estava pagando pensão, não achei que fosse chegar tão longe.

JM: Por que não me disse isso? Por que não me disse isso antes disso tudo?

JK: Tinha medo da sua reação, a tristeza que tinha ao ver você beijar o Tony me cegou me levando a esta única opção.

JM: Jungkook..- Abraçou o moreno.- Eu não quero mais sair daqui. Mesmo se você fizer qualquer bosta neste mundo, mesmo que eu tente dizer "Odeio Jeon Jungkook" eu sei que estarei mentindo, você é o maior babaca que conheci na minha vida. Mas..não me arrependo, já cheguei a duvidar, mas me arrepender não.

JK: Você pode voltar pra mim agora?- O Park sorriu e assentiu logo selando seus lábios ao do moreno, que de bom grado. Aceitou tal presente irrecusável.

...


Notas Finais


Próximo capítulo hot e acabou ._.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...