História É você quem eu amo (Jikook) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Jikook, Jimin Depressivo, Jimin Top, Namjin, Vhope, Yooseok
Visualizações 191
Palavras 3.631
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, LGBT, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu chegueeeeei. E aí amores, como vocês estão?


Hoje o capitulo eu acho que não tive nenhuma criatividade para fazer, então me desculpem se ficou uma bosta (cada um com sua opinião certo?)

Boa leitura amores <3

Capítulo 7 - Espero que você melhore...


Jeon Jungkook

    - Não me deixa... Eu te amo Jiminnie - Pego Jimin pelo braço antes dele mesmo cair completamente no chão. Só que o mesmo já estava desacordado...

    Eu chorava horrores segurando o Jimin diante os meus braços, eu não aguentava. Eu não pude passar os melhores momentos com ele. Eu não pude dar o melhor que ele queria... Eu me sinto um pouco culpado por a vida dele ter sido triste, eu pudia melhora-la... Eu não presto! Mas poxa, porque meu Deus tirou Park Jimin de mim?

     Levanto a cabeça, e vejo o desgraçado do pai dele sendo preso...Aliás, aquilo nem poderia ser chamado de pai. Depois de tudo que ele fez para o Jimin, depois de tudo que fez para a mãe dele. Aquilo deveria apodrecer na cadeia!

     H: Sai daí Jungkook, deixa a ambulância pegar ele - Saio deixando os médicos cuidar de um tesouro. Um tesouro tão lindo que eu não percebi que eu podia dar valor... Eu não estava me sentindo nada bem, eu só queria Park Jimin de volta!

     Sai correndo para o meu carro, chorando e não querendo ouvir ninguém. Nem a senhora Park. Eu não vi como ela tava, talvez foi ignorância minha eu sabia que ela realmente estava mal e cara eu estava totalmente fora de mim eu não sabia mais o que fazer, eu estava totalmente perdido. Antes de eu sair com o carro, Hoseok Taehuyng e Yoongi conseguem entrar para tentar me consolar... Eu não parava de socar o volante. Parecia tudo cena de filme, sabe? Quando uma coisa dá certo, vem outra para estragar e dar errado? Pois é, era isso que estava acontecendo. Quando o Jimin finalmente consegue fazer amizade, quem mais ele temia bem e estraga tudo isso! Isso tudo é uma filha da putagem...

    Y: Calma Jungkook ele vai ficar bem, não chora cara... Jimin é forte, ele vai sair dessa. Relaxa estamos aqui!

    - Não da pra relaxar Yoongi, ele falou que me ama cara, ele disse que me ama! Mas obrigado por vocês estarem comigo...

    H: Pera, Jimin falou que ama você? Vocês vão namorar?

    T: Hoseok é mais lerdo que minha vida, puta que pariu!

    Y: Jungkook também! Esperou ele dizer, mano estava na cara que o Jimin gostava dele!

    - Não estava não, ele mesmo disse que não demonstrava!

    H: Ninguém se apaixona e demonstra. A única coisa que demonstra é o olhar... O brilho do olhar!

     - Olha não estou bem para falar sobre isso...

     T: Jungkook? Quer que a gente saia? Cara, não precisa levar a gente para a casa. A gente pega um táxi ou sei lá...

    H: A, não estou afim de gastar dinhe...

    Y: CALA A BOCA HOSEOK!

     - Se não for muito incomodo... Eu só quero ir para a casa!

    T: Vai mesmo, você precisa descansar...

     - Obrigado gente...- Destravo o carro, deixando todos saírem.

     Vocês viram? Até mesmo quando o Jimin chegou, eu não pude acreditar que os meninos mudaram tanto o jeito deles. O Jimin chegou e fez a porra toda mudar!

    Chegando em casa, minha mãe me olha e já fica sabendo de tudo que aconteceu. A mesma estava chorando, chorando ao saber que eu estava sofrendo... Uma mãe que nem a minha, não precisa nem de melhor amiga! Ela me conforta, o silêncio toma conta de tudo aquilo... Até o meu pai quebrá-lo!

    Senhor J: Meu filho, desculpa. Mas eu preciso falar isso... Minha vida nunca foi fácil, não foi fácil engravidar a sua mãe na adolescência, eu tive que trabalha dia e noite para quando você nascer, ter tudo do bom e do melhor...

    Sra J: Seu pai e eu percebemos que o amor era composto por várias coisas... Uma delas é: O companheirismo, a verdade, os segredos e as maneiras de cada risada. Percebemos que invés de amigos poderíamos ser mais do que isso, e mostrar para o mundo que o amor mais do que existe... Sabe porque estamos falando isso? Porque nós mesmos percebemos que você tinha isso com o Jimin, cada brilho no seu olhar quando falava o nome desse garoto. Meu filho, você está apaixonado por um anjo que caiu do céu, aquele menino é uma pessoa tão doce... Ele não merece tudo que aconteceu com ele agora...

     Senhor J: Ele vai ficar bem é só a paciência não tomar conta de você que você mesmo vai perceber... Nós te amamos e se ele voltar, saiba que demos o total apoio para vocês dois!  

     - Vocês são as melhores pessoas que eu tenho na vida... De verdade, eu não sei o que seria de mim sem vocês, eu amo vocês...- Dou um abraço em meu pai e minha mãe e caminho para o meu quarto...

     Sento em uma mesa e começo a escrever... Vamos se dizer que eu realmente estava escrevendo uma carta, poderia ser meio "meloso", mas sei lá cara, deu vontade... Começo a expressar todo o meu sentimento que eu tinha pelo Jimin, começo a explicar como esse amor surgiu... Eu amo tanto aquele menino, puta que pariu. Acho que estou mais do que apaixonado!

Horas depois

    Pego no sono e acordo com a minha mãe querendo fala comigo. Eu já fiquei nervoso pensando que o mal esperava por vim...

    - Aconteceu alguma coisa? Mãe não me deixa preocupado...

    Sra J: Calma filho. Eu só vim te fazer uma pequena proposta!

    - Qual?

    Sra J: Vamos fazer uma doação de sangue amanhã?

    - Mas do nada assim? Pra que?

    Sra J: U-ué Jungkook... É um ato de caridade doar sangue... Resolvi te chamar aqui, p-pra ver se você quer... Não pode mais?

    - Não tou entendendo nada... Mas ok, vamos!

    Apesar de eu achar isso meio estranho, eu aceitei de boas. Até porque se eu não aceitasse do mesmo jeito a minha mãe iria me obrigar? A mãe de vocês é assim? Porque a minha é todinha... Pergunta uma coisa, se eu falar que "não" é "sim" e se eu falar que "sim" é "sim"... É meio doido, mas vocês entenderem. Acho que não são tão lerdos assim né? Enfim...

    - Mãe espera! - Puxo a minha mãe antes dela sair do quarto.

    - J-Jimin... T-tem notícias?
 
    Sra J: Meu filho, deixa eu te falar uma coisa... Jimin foi forte esse tempo todo, ele ainda é um garoto e um garoto é forte até o fim... Relaxa meu amor, Jimin vai melhorar em um piscar de olhos!

    Minha mãe sai do quarto me deixando ali com dúvidas ainda. Apesar do que ela disse ela não me deu a resposta. Será que ela sabe alguma coisa? Eu tou muito nervoso... Eu não sei o que fazer para parar de chorar! Sim, eu ainda estou chorando, apesar de tudo eu não quero me mostrar triste. Eu tenho que ser forte... Eu não sei mais o que fazer, eu ainda estou perdido, tou mais perdido do que fogo de baixo d'água... Aish!

Toque de celular/ Ligação em grupo

Todos os membros on, exceto Jimin

    - Vocês tem notícias dele? Alguém me diz, eu não aguento mais de curiosidade!
 
                 Y/T: Não temos não, cara...

    H: Ué, mas vocês não falaram que o Jimin precisava de uma doaç...

    Y/T: CALA A BOCA HOSEOK!

     - Vocês estão me escondendo o que? Desembucha vocês. Vocês me deixam mais preocupado o que eu já sou!

     Y: Relaxa Jungkook. Jimin tá bem!

    - Como você sabe...?

     H: É... É que é o extinto do Santo Yoongi, conhece?

     T: Pois é. O extinto de Santo Yoongi não falha!

     Y: Santo?- Yoongi cai na gargalhada. Se ao menos ele soubesse rir baixo...

     - Olha eu não estou muito bem ok? Depois eu ligo para vocês... Se vocês quiserem vir aqui em casa. Ou até dormir, vão me aliviar mais um pouco... Acho que preciso de certa companhia para ficar mais calmo. Vocês vem?

     T: Eu já estou pegando o meu pijama. Fui!

    Y: Igualmente!

    H: Tou com preguiça mas... Uhul, festa do pijama.

    - Não vai ser uma festa do pij...

Todos os membros off

    Eu já tou vendo que isso vai dar merda... Hoje é o dia de ser o dia!

   Mais tarde

   H: JUNG-KOOK C H E G U E I- Hoseok chega abrindo a porta sem tocar a campainha nem nada. Só chega chegando mesmo!

    Y: Nós chegamos!

    T: Tem comida? tou com fome.

    - Oi gente. Eu vou preparar alguma coisa... Ou vocês querem pizza? - Falo meio desanimado, só tentando voltar ao normal e tentar colocar na cabeça que o Jimin está bem... Sem mesmo saber!

    H: Eu peço, quem sabe quem me atende vai roubar o meu coração!

    T: Para de ser rodado Hoseok!

    No telefone

    H: Alô, bom dia!

    Atendente: Boa noite. Olha fala logo porque eu estou sem paciência para trabalhar hoje.

    H: Ok né... Queria pedir duas pizzas!

    Atendente: Eu tou ficando velha enquanto tu não fala!
   
               H: Metade Calabresa e metade Frango com Catupiri e uma inteira de Muçarela.

    Atendente: Metade muçarela com carne...

    H: N-não moça... É metade Frango com Catupiri e metade Calabresa!

    Atendente: Frango com Catupiri e calabresa e uma de carne...

    H: Moça esquece a carne! Quem falou carne tá ficando louca?

    Atendente: É O QUE ENTÃO? TEM GENTE QUERENDO COMER TAMBÉM, NÃO É SÓ VOCÊ QUERIDO!

    H: É MUÇARELA QUERIDA, SE VOCÊ NÃO SABE TRABALHAR O PROBLEMA NAO É MEU!

   T: Hoseok passa o telefone pra cá...

    H: CALA A BOCA!

   Atendente: Calma querido não precisa gritar... Então a forma de pagamento vai ser dinheiro ou cartão?

    - Cartão, débito.

    H: Vai ser cartão moça.

    Atendente: Débito ou créd...

    H: Débito!

    Atendente: Muito obrigada pela sua preferência na "Pizzaria do sorriso", sua forma de pagamento será em cartão e duas pizzas. Seu pedido chegará mais ou menos em 30 ou 40 minutos... Se você quiser fazer um cartão da "Pizzaria do sorriso" é só consultar uma de nossas atendentes e...

    H: Vai pedir o endereço não?

    Atendente: Rastreamos pelo seu número de telefone... Continuando, e se você quiser desfrutar e ser VIP da "Pizzaria..."

    H: Meu tempo é curto que nem o seu cu. Tchau!

    Ligação encerrada

    - Mano, qual é o seu problema? Tu é louco de falar assim com a atendente? Meu Deus. A pizza vai até vir mais cara, eu tenho certeza!
 
                  H: Relaxa Jungkook. Pelo menos eu consegui conquistar ela!

    T: Você conseguiu conquistar o ódio dela, isso sim!

    Y: Calem a boca. Vamos assistir um filme, partiu quarto do Jungkook...

    - Espera, eu não tive tempo de arrumar os colchões no meu quarto... Por favor ignorem a bagunça, eu me descontrolei um pouco - dou uma risada meio envergonhado, meio estranho... Pois eu... Não tenho vergonha dos meus amigos...

    H: Jungkook, apesar que não parece todos nós estamos mal, só que o segredo é colocar a tristeza abaixo da felicidade... A vida é feito com várias camadas e temos que criar nossas próprias camadas...

    Y: Jimin deve estar pensando em você nesse momento. Amanhã nós iremos no hospital ver ele, relaxa!

    - Sério meninos? Vocês vão comigo?

    T: Vamos sim, quero tumultuar o hospital e fazer o Jimin invocar a bicha que tem dentro dele pra depois ele melhorar rapidinho... Ok, desculpem me empolguei!

    Y: Vamos logo!

   Chegando lá no quarto os meninos me ajudaram a arrumar tudo, colocando os colchões para eles dormirem e ajudando a escolher um filme também. Pois é, me fala se eles não mudaram muito? Estão até mais legais, se eles tivessem como antes, eles nem ajudariam. Estariam colocando o pé sujo na minha cama e dando uma de "drag folgadões".

    H: Tô com fome e preguiça. Que horas são?

    Y: Hora de você tomar vergonha na cara e arrumar direito o seu colchão. Olha tá tudo torto!

    H: Taehuyng poderia dormir comigo?

    - Caralho, você é rodado em! Antes de ontem mesmo estava com o Yoongi e disse ainda que não se arrependeu!

    Y: Eu me arrependi...

    H: Eu também!

    T: Não sou a segunda opção de ninguém entendeu? Mas se você quiser...- Taehuyng fala isso agarrando o Hoseok mas...

     Y: Chega de putaria - Diz o Yoongi enciumado separando os dois.

    H: Poxa Yoongi, eu não acredito... Tava rolando um clima aqui entre nós e pá...

    Y: Clima vocês vão falar com a Maju Coutinho ok? Eu não previsto tempo entendeu?

    - Chega né? Hoseok e Taehuyng vai lá em baixo esperar a pizza e Yoongi vai ver se os meus pais ainda não saíram lá da cozinha.
 
                   H: Seus pais estão aqui?

    Y: Mentira!

    T: Não creio!

    - Vocês estão com medo? Eu falei que eles saem 23:40 da noite! Ainda são 23:30 e vocês não tomaram vergonha na cara de não fazer bagunça.

    Y: Poxa a gente estava uns anjinhos, menos o Hoseok que falou aquilo com a atendente. A menina deve está com trauma de atender o telefone agora.

    H: Seus pais não ouviram não né? Minha nossa senhora, o que diabos eles vão achar de mim? Logo eu que sou o mais santo daqui, vocês perto de mim são os capirotos em pessoa, só pela misericórdia.

    T: Cala a boca, eu estava quieto até agora. Se a gente se fuder é culpa do Hoseok... Queria falar não, mas...- Taehyung para de falar porque o entregador chegou, graças a Deus eu não aguentava mais de fome!

     Assim que eles terminaram de descutir, Hoseok olha para a mesa aonde estava a carta.

   H: Oque que é iss...

    - Larga isso Hoseok! - Pego a suposta carta e coloco dentro da gaveta e a tranco. Os meninos ficaram com uma cara de assustado.

    H: Calma Jungkook!

    - Vai pegar a pizza que já chegou meu querido!

    Hoseok desde paga as pizzas e sobe de novo, quando eu vi meus pais entram no quarto com Hoseok atrás, eles vieram se despedir, já que iriam trabalhar e falar umas "regrinhas"... Coisas de pais sabe?

   Senhor J: Então, vocês podem quebrar a casa, menos meu quarto... Assim porque se não eu fico sem fazer coisas com a Senhora Jeon... Vocês entendem né já estão grandinhos demais pra...

    Sra J: Fica quieto, aish! Meninos desculpem... Mas já sabem, é pra ficarem todos aqui em casa, pelo amor de Deus! Fiquem e não saem, não confio mais nesse mundo tão perigoso...

    H: Pode deixar tia Jeon, vamos se comportar que nem uns anjinhos...

    Sra P: Vocês estão tão lindos... Só faltou o Park Jimin aqui!

    - Realmente mãe...

    Sra J: Ai, deixa eu tirar uma foto de vocês... Vocês são tão lindos... Pega o celular Jeon, você não presta pra nada rapaz...

    - Mãe? Tchau!

    Senhor J: Eu presto sim! Vamos logo que estou atrasado e você também.- Meu pai puxa a minha mãe em direção a saída de casa e os meninos ficam rindo de toda essa cena...

    Apesar dos meninos estarem aqui, foi difícil eu sorrir, foi difícil eu me manter sem chorar também... A saudades do Park Jimin aperta a cada minuto... "A mas vai passar" "Saudades porque se foi a mais ou menos 12 horas atrás"... Eu acho que esse tipo de pessoa não sabe como é ficar cada minuto sem a pessoa que você ama, principalmente quando ela está no hospital precisando da maior emergência, sem contar de que eu e ele não paravamos de conversar. Está sendo difícil manter a felicidade por fora e a tristeza por dentro... Eu preciso ver Park Jimin!

    Y: Vamos comer que eu tou com fome!

    T: Jungkook, não escutou nossos conselhos? Aposto que se o Jimin estiver dormindo está sonhando com você... Até porque ele gosta de você!

    H: Concordo com o Tae, ele deve estar sonhando que vocês vão ter Jiminzinhos e Jeonzinhas e... Ok gente, vamos comer!

    Y: Tinha que ser Hoseok!

    H: Assim vocês me magoam...

    - Fiquem ai discutindo... Sobra mais para mim, trouxas!

    Y: Gente, é melhor nós comermos a pizza logo, o Jungkook está na bad e vai comer tudo...

    T: TPM de homem!

    Comemos a pizza e assistimos um filme, eu não poderia acreditar que estávamos assistindo um filme de romance... A puta que pariu mesmo, eles escolheram esse filme pra me deixar mais bad ainda... Até parecia que eu estava sofrendo por alguém que não me queria, tipo o Hoseok antigamente. Não queria falar não, mas essa é a tremenda realidade do senhor Hoseok, que hoje em dia pega até mosca. Com isso ele provou que o mundo da voltas, então não desista do seu crush ou sua crusha!

    H: Eles se BEIJAAARAM...- Diz Hoseok chorando no meu ombro.

    T: Jungkook tá bem um travesseiro hoje... Olha para o seu lado esquerdo, o Yoongi tá dormindo... Ou quase dormindo!

    Y: Claro, filme chato do cacete!

    - A não Yoongi, sai do meu ombro vocês dois, caralho! Hoseok você vai lavar a minha blusa, tá toda molhada!

    H: Osh, ata. Você é iludido! Você não sente amor pelos outros não? Cara o filme é emocionante... Você assistiu pelo menos

    - Hoseok, o filme é bem emocionante mesmo, mas não foi o suficiente para me fazer chorar, eu tenho tantas coisas para me preocupar para chorar e você quer que eu chore por um filme de romance? - Exclamo, mas bem que eu queria chorar mesmo!

     Eu e o Hoseok começamos a discutir, ele começou a falar sobre o filme todo como se eu não tivesse assistido, acredito que o filme não poderia ser o motivo o suficiente para chorar! Ok seria, eu já disse isso, porém que nem eu mesmo disse eu tenho vários outros motivos, tipo o amor da minha vida no hospital...

    Resolvemos nos arrumar para irmos dormir e começamos a conversar sobre a vida mesmo, de vez em quando um ''Jimin pra cá e um Jimin pra lá'', as vezes eu me emocionava com cada palavra citada ao Park. Então fomos dormir, aliás... Eles foram domir, já que eu não conseguia pregar os olhos... Até dar 4:00 horas da manhã e eu ir tirar um cochilo!

    Mais Tarde (09:44)

    Sra J: ACORDAM CRIANÇAAAAAS! Chegamos mais cedo hoje. E aí? Dormiram bem?

    - Dormimos sim mãe, só não acordamos bem!

    H: Que falta de educação com a sua mãe linda maravilhosa, que faz o melhor café do mundo! Bom Dia Sra Jeon!

    Y/T: Bom dia Sra Jeon!

    Sra J: Tomem café e se arrumem para irmos ao hospital.

    E fizemos o que a minha mãe mandou, ela estava cansada, mas a mesma parecia estar animada para doar sangue, eu ainda quero saber porque diabos ela queria doar esse sangue, meu Deus, nunca a tinha visto a minha mãe tão animada assim sabendo que iriam colocar uma agulha dentro dela e tirar o seu sangue! Está meio estranha essa história, eu ainda vou descobrir o que se passa!

    Entramos no carro e decidimos que meu pai não iria já que não iria caber todo mundo, minha mãe entra e coloca o cinto dela liga o rádio e coloca as suas melhores músicas (vamos dizer que é a mesma coisa que a sua mãe escutando Amado Batista ou Pablo, nada contra ele).

    H: Vamos brincar de Fusca?

    - A não Hoseo...- passa um fusca ao lado do nosso carro e ele me da um soco.- Eu não quero brincar

    T: Se você me der um soco eu meto o murro na sua fuça! - Hoseok que estava preparado para dar um soco em

    Sra J: VOCÊ FOI A CULPADA DESSE AMOOOOR SE ACABAAAAAAAAAR!

    Y: VOCÊ QUEM DESTRUIU A MINHA VIDAAAAAAAAAAAA!

    - A não...

    Enfim chegamos ao hospital, minha vontade era enorme de ver Park Jimin, porém minha mãe iria doar o sangue primeiro. A mesma foi falar com um médico, ela queria que eu ficasse parado ali com os meninos, queria falar em ''particular'' com o médico. Seriamente a minha mãe não sabe disfarçar quando quer esconder alguma coisa! Mas não vou insistir para ela me falar o que estás a aprontar...

    Fomos a sala em que se chama ''o inferno cheio de sangue'' tirar o sangue, óbvio, pois eu estou aqui para isso. O médico me posiciona a cadeira e começa a falar um monte de coisa, eu não estava entendendo nada, porque ele parecia estar falando em outra língua, já não basta ter uma letra estranha tem que falar que nem a mão dele!

    - O  m-mãe, e-essa agulha é um p-pouco grande...

    H: Tá com medo Jungkook?

    Y: Ihul, tomou!

    T: JAUNCU TÁ COM MEDO!

    -Vão cagar, pra que vocês vieram?

    Y: Nossa!

    T: Se alterou!

    H: Vou chorar!

    Sra J: Meninos, aquietem, vocês estão no hospital não na escola ou na casa de vocês!

    - Toma seus trouxas!

    Sra J: Eu acho Jungkook que você é uma menina, porque quando eu me refiro meninos fiquem quietos, eles ficaram e você não!- Ai minha nossa, a ignorância nesse hospital. E adiante, os trouxas rindo! Sério eu tenho os melhores amigos... Desculpa a bipolaridade!

    Tiramos o sangue e finalmente fomos ver o meu amor, aish! Como eu queria ouvir que eu poderia entrar na sala dele e ele estiver acordado. Mas não foi bem isso...

    Médico: Você pode entrar Jungkook, porém ele está desacordado desde ontem, não sei se ele poderá lhe escutar... Mas boa sorte! Pode me acompanhar, e os outros vão ser os próximos... Vou levar um de cada vez para ficar mais organizado ok?

    Y/T/H: Ok!

   Fomos a caminho da sala e quando eu abro a porta... Ele está lá, o bicho é lindo até dormindo! Park, o que diabos você fez com meu psicológico?

    Começo a acariciar o seu cabelo e começo a chorar também... Eu não acredito que o Jimin ainda poderia estar naquela situação... Mas por minha surpresa algo aconteceu, aquela voz maravilhosa foi ativada e dizendo:

 

    P: Ah, que saudades que eu estava... Kookie


Notas Finais


Tou pensando em trazer uma outra fic, se quiserem me digam (tipo, ninguém vai se manifestar)

Annnw, olha o amor, Jungkook está nada apaixonado né? KKKKKK

Espero que gostem, de coração!


Beijoooo amoreees :3 Amo vcs, obrigado por lerem até aqui! sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...