História Earfh o mundo mágico - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Aventura, Drama, Magia, Originais, Romance
Visualizações 9
Palavras 1.603
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


ta ai espero que gostem.

Capítulo 8 - Medo de uma criança


Fanfic / Fanfiction Earfh o mundo mágico - Capítulo 8 - Medo de uma criança

Capitulo 8 medo de uma criança.

Abro meus olhos devagar e noto que minha cabeça esta no colo de Alguma pessoa, giro minha cabeça na direção do rosto dessa pessoa e vejo Elena, fico vermelho e não sei o que dizer

Pensamento de Markus – “e-eu...eu to sonhando só pode”

Elena – ah que bom você acordou, ficamos bastante preocupadas com você – Ela olha e parece notar que eu fiquei vermelho e sem jeito.

Elena – o que você não esta gostando? Sabia que não devia ter deixado Cheren e Júlia me convencerem a fazer isso.

 Markus – N-Não é isso, é que fui pego de surpresa – levanto e fico sentado e foi quando eu notei o lugar onde eu estava, era um tipo de veiculo que estava parado.

Markus – onde é que estamos?                                              

Elena – bem é meio complicado – ela me contou tudo que aconteceu – depois que entramos nesse Hyperpod, Ana e Richard focaram em cuidar dos seus ferimentos, eles ficaram cerca de 5 horas para te curar e você ficou uns 40 minutos descansando até agora.

Markus – espera eu fiquei 40 minutos no seu colo?

Elena da uma risada – não, Cheren falou para eu te colocar no meu colo, claro que eu recusei e fiquei com muita vergonha mais ai Júlia também ficou insistido ai te coloquei no meu colo, me desculpa se você não gostou.

Pensamento de Markus – VALEU JÚLIA E CHEREN

Markus – falando neles cadê todo mundo

Elena – Pedro esta na cabine, vendo onde vamos, Cheren e Júlia foram almoçar, esse veículo nem parece ser um veículo para guerra

????? – por que ele não é – olho para uma porta e vejo uma Elfa – então você acordou, prazer estou aqui para ajudar a vocês chegarem na vila sou Lívia.

Markus – é sou Markus, se isso não é um veículo para guerra, é um veículo para o que?

Lívia – é um veículo para ajudar os feridos, e as pessoas que precisam de ajuda médica, comida, e outras coisas.

Elena – e todos são desses?

Lívia – não, tinha alguns hyperpod de batalha, como também tinha muitos Hyperpod de apoio, a diferença que o de apoio é bem menor que o de ataque.

Elena – entendi, mais do que é feito esse veículo?   

Lívia – ele é como um veículo normal, só que grande e totalmente movido a magia, cada veículo desse tem três elfos que utilizam sua magia para energizar o veículo.

Markus – e que vila é essa que você disse que vamos?

Lívia – e uma das Vilas do reino dos Elfos, é onde iremos esconder Pedro e Júlia, até as coisas se acalmarem um pouco, apesar que Pedro esta falando para irmos para um templo sagrado dos feiticeiros, mais nossa missão e levar eles para a... – um barulho vindo da minha barriga atrapalha ela.

Markus – sabe eu ainda não comi nada dês do café hoje mais cedo, estou morrendo de fome.

Livia – vai La no refeitório e come alguma coisa, hora. – levanto e quando eu ia para o refeitório sinto que o veículo parou de se mover.

Markus – mais o que? – escuto uma porta abrir, e olho para trás e vejo Pedro, e um homem do lado dele.

Pedro – Markus que bom que acordou.

Livia – o que? por que paramos?

Pedro – meu grupo vai descer aqui, vamos para o templo.

Lívia – mais essa não é nossa missão, nossa missão é Le valos para a vila dos Elfos.

???? – essa era nossa missão, mais a cidade central dos Elfos esta sendo atacada por ninguém menos do que o líder do exército inimigo, o rei das sobras, o humano desprovido de humanidade, Valron – eu fico com uma cara de assustado.

Flash back on

escuto um barulho de explosão, e vou na Janela enquanto escuto um alarme, e vejo o portão  todo destruído, e vejo varias sombras entrando no reino e uma sobra maior ainda andando na direção do castelo, começo a escutar gritos de pessoas, escuto a porta abrindo e começo a  tremer de medo.

Mãe de Markus – vamos sair daqui filho. – ela me puxa pelo braço, enquanto saímos de casa e começamos a correr até minha mãe parar perto de um guia de segurança.

Mãe de markus – vai junto com esse guia agora meu filho, mamãe vai salvar os civis – ela da um beijo na minha testa. – e se vira e começa a correr vejo um brilho nos seus braços, enquanto o guia me levava para a área segura, enquanto andava pelos outros civis eu escuto uma voz que me assusta, o guia para, e eu olho para trás, e vejo um ser que parecia ser feito de escuridão, que era muito assustador, em cima de uma casa.

Ser da escuridão – VOCÊS Tiveram uma boa vida? – ele faz um sorriso sínico, todos param de correr e olha para trás, todos ficam em silêncio, e eu olho para sua mão onde seus dedos pareciam garras, e elas estavam cobertas de sangue.

Ser da escuridão – vão começar a implorar agora ou depois que eu começar a chacina – o guia se vira e começa a me puxar para frente eu fico olhando para trás e vejo ele pular e segurar uma pessoa e levantar ela.

Homem – NÂÂOO, ME SOLTE VOCE VAI PAGAR

Ser da escuridão – Grite mais pois sua hora chegou! – ele enfia sua garra no peito dele e uma rajada negra sai pelas costas do homem, - ele olha para a gente e pula na nossa direção.

Ser da escuridão – esta com medo garoto? – ele da uma pequena risada.

Guia – NÃO TOQUE NELE!! – o guia acerta um soco na cara do ser onde uma rajada de vento muito forte sai.

Ser da escuridão – é minha vez agora – ele pega o guia pelo braço e o levanta.

Guia – Não por favor eu tenho uma família, filhos, não me mate.

Ser da escuridão – implore vai, mais saiba de uma coisa eu não tenho piedade – ele fala isso e o joga em cima de outras pessoas, ele estica o braço e uma luz verde escura sai da sua mão, ele estica e uma rajada negra sai e causa uma grande explosão onde as pessoas estavam ele se vira para mim.

Ser da escuridão – garoto olhe as pessoas que esta atrás de você todas elas vão morrer junto a você isso não e incrível? – ele fala isso com a outra mão com uma esfera verde escura na mão, ele estica os braços quando vai lançar.

FLASH BACK OFF

Elena – Markus tudo bem? – levo um susto quando Elena toca no meu ombro.

Markus – tudo sim.

Pedro – vamos descer agora e vamos a pé para lá

Lívia – vou com vocês.

Pedro – bem...

???? – não, você pode ser útil para nos proteger e proteger os civis daquelas coisas negras.

Livia – mais bruno.

Bruno – mais nada, eles vão fora que se eles forem com a gente uma hora os bruxos vão descobrir que eles estão lá, eles vão para uma área sagrada dos Magos os bruxos nunca vão descobrir onde eles estão, vocês peguem um pouco da comida, e coloque nas suas coisas.

Markus – falando nisso, vou pegar algo para comer – do as costa e memórias vem a mim.

Flash back on

Na hora que ele ia lançar o raio vejo meu pai acertando soco nele e ele é jogado para trás.

Pai de Markus – oi filho é perigoso aqui vai para longe por favor  – ele sorri.

Valron – Ah então nos reencontramos Isaac você vai me divertir, mais será sua ultima luta. – eu me viro e começo a correr.

Flash back off

Entro na cozinha e vejo Júlia e Cheren, e uma Elfa sentados em uma mesa.

Ana – ah que bom que você acordou, por que não pega um prato e se serve.

Markus – ok obrigado – falo isso, e pego um prato e começo a colocar comida nele

Visão de Pedro.

Entro na cozinha.

Pedro – vamos a pé para o templo, vamos colocar algumas coisas nas nossas mochilas, e vamos embora.

Júlia – ah mais por que?? Aqui é tão bom.

Pedro – mais aqui vai para um lugar perigoso agora, e nos vamos para um lugar seguro.

Marcos – e esse templo é realmente seguro? Quer dizer vamos ficar um bom tempo lá né?

Pedro – claro que é.

Nos começamos a arrumar nossas coisas para sair, enquanto eu arrumava minha mochila vejo que um papel caiu da mesma, eu a pego e abro o papel, quando vejo, uma lagrima cai do meu rosto, vejo que é uma foto, uma foto de meus pais e da minha irmã quando ela era recém nascida.

Flash back on

Vejo minha mãe segurar Júlia, nos braços, e um sorriso vêm ao meu rosto

Pedro – posso segurar ela um pouco?

Pensamento de Pedro – estou muito feliz  pois minha irmã é o significado que meus pais não vão se separar, eles andão brigando muito, e eu estava com medo deles se separarem.

Mãe de Pedro – claro aqui – ela coloca com todo carinho Júlia nos meus braços, quando ela coloca a Júlia nos meus braço meu pai entra na sala, e fica me olhando com a cara de desprezo que ele sempre me olhou.

Pai de Pedro – CUIDADO COM ESSA MENINA SEU PIRRALHO ME DE ELA AQUI!!  - ele a pega dos meus braços e eu sinto um pouco de medo dele.

Mãe de Pedro – Não fale assim com ele, e o trate melhor ele não te fez nada!

Pedro –não fale assim comigo mulher EU, EU SOU O REI!!!

Flash back off

Guarda a foto na mochila, e olho para trás e vou na direção da sala, quando entro na sala sinto uma magia estranha, noto que é uma magia amaldiçoada.

Pedro – TEMOS QUE SAIR DAQUI AGORA!

CONTINUA

 


Notas Finais


espero que tenham gostado deixem sua opinião ai plz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...