História Easier - redhead - Capítulo 48


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Chuck Shurley, Crowley, Dean Winchester, Gabriel, Lúcifer, Mary Winchester, Personagens Originais, Rowena MacLeod, Sam Winchester
Tags Rowena Rowena Macleod
Visualizações 31
Palavras 1.475
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Misticismo, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Haaaaaaaa espero que gostem.

Capítulo 48 - Enfim paz.


Fanfic / Fanfiction Easier - redhead - Capítulo 48 - Enfim paz.

 

-Me leva pra casa! - ela disse baixinho. 

 

Xxxxxx

 

 

E assim foram, Rowena estava muito machucada e com dores, mas sua importância era saber da garota. Sam ficou o tempo todo com Lilith em seu colo que estava tremendo de medo e estava com dor.

 

Chuck ficou ao lado de Rowena o tempo inteiro e Brianna ficou observando. 

 

Chuck deu um banho em Rowena e deitou ela na cama dos dois.

 

-Quero ver a Lili. - ela disse sentando na cama.

 

Brianna veio em direção a mãe.

 

-Precisa descansar, agora. A Lili está bem! - Brianna disse.

 

-Não, não está! Lúcifer transou com uma bebê de dois anos. Então ela não está bem. -Rowena disse.

 

Mas Chuck não deixou ela levantar.

 

-Nossa menina está certa, você tem que descansar. - Chuck disse calmo.

 

Ele fazia carinho nos cabelos da bruxa. 

 

Mas nada adiantava.

 

-Quero ver a Lili agora! Ela não está bem. -a bruxa disse tentando se levantar novamente.

 

 

Os dois sabiam que ela não ia ficar quieta enquanto não fosse ver a filha.

E sim Lili estava protegida com Sam, mas ainda sim estava apavorada e tremia muito. 

 

-Tá tá bom, vou buscar ela. - Chuck disse depositando um beijo na boca da bruxa.

 

Chuck saiu do quarto e Brianna se aproximou sentando na cama.

 

-Mãe? - disse Brianna.

 

Rowena olhou para ela.

 

-Me perdoa! Por tudo que tenho feito a você. - ela disse chorando.

 

-Você não merecia ter visto ou ouvido as coisas que te disse, o Lúcifer só te usou e eu acreditei que você estava com ele. Me perdoa mãe, estou arrependida. 

 

-Tá tudo bem! - Rowena sorriu para ela.

 

Brianna estava se sentindo culpada por tudo que houve, ela tratou mal a mãe e chegou acreditar que perderia Rowena quando ela viu a mãe na cama cheia de sangue.

 

Xxxxx

 

 

Chuck bateu na porta. 

 

-Entra! -disse Sam.

 

-Vim ver essa coisinha! - Chuck sorriu para Lili.

 

-Mamãe? Cadê ela? -ela disse baixinho.

 

-Ela pediu para eu te pegar. -ele disse.

 

Ela esticou os bracinhos para que Chuck a pegasse.

 

-Está tremendo! -Chuck disse.

 

A garota abraçou Chuck e foi agarrado no pescoço dele até o quarto.

 

-Meu amor ela está aqui. - Chuck disse para Rowena.

 

Ela subiu em cima do peito da mãe e deitou sua cabeça no ombro e apertou os braços de Rowena.

 

-Está tudo bem Lili. - disse a bruxa.

 

-mãe está doendo muito. -ela disse gaguejando.

 

-Eu sei, porque não toma um banho e dorme um pouquinho? - disse Rowena.

 

-Não quero tomar banho! Quero ficar aqui com você na sua cama. - Lilith sussurrou.

 

Rowena olhou para Brianna e Chuck, os dois assentiram com a cabeça. 

 

Rowena colocou a garota ao seu lado que ficou agarrada no braço dela.

 

-Vai ficar tudo bem. Você vai ver. - Chuck disse limpando as lágrimas da mulher. 

 

-É minha culpa ela estar assim. Chuck é minha culpa nosso casamento ter acabado, nossa filha ter se distanciado e Lili estar assim. -dizia Rowena chorando. 

 

-Não claro que não. Você não tem culpa! -ele disse beijando ela. 

 

Se beijaram e ele encarou ela que mostrou um sorriso com os lábios.

 

-Estava com saudades de você! Me perdoa. - ela disse.

 

-Quem tem que perdoar é você por eu não ter estado ao seu lado quando precisou de mim. -ele disse percorrendo os dedos no rosto dela. -A cama estava vazia sem você aqui. E estou feliz por ter escolhido cuidar da Lili. -ele sorriu. -Te prometo que vou cuidar dela assim como cuido da Brianna. 

 

Rowena fez sim com a cabeça e fechou os olhos caindo no sono.

 

Brianna desceu com Chuck, e conversaram com os meninos. Sam, Dean e Chuck saíram para comprar bebidas e comidas enquanto Brianna ficou lá se a mãe precisasse. 

 

Xxxxxxxx

 

 

Ela fez um lanche e suco de laranja e levou no quarto para Rowena e Lili se alimentarem.

 

-Oi. - Rowena disse despertando. 

 

-Está com fome? Eu trouxe uns lanches.. - Brianna disse gentilmente.

 

-Não precisa me olhar desse jeito, como se eu não servisse mais pra nada! estou bem. - Rowena sentou pra comer.

 

-Mãe eu tô arrependida e não sei o que fazer pra você me perdoar e eu me perdoar por ter feito isso a você. - Brianna disse enxugando as lágrimas. 

 

-Já te falei que está tudo bem. Só preciso que tenha paciência com Lilith e que dê um banho nela. -Rowena disse acordando Lilith. 

 

-Mãe? -Lilith disse.

 

-Está com fome? Sua irmã trouxe suco e lanche. - Rowena sorriu.

 

-Não quero comer, quero que essa dor passe. - ela disse com cara de choro.

 

Brianna viu o olhar de Rowena e entendeu. Encheu a banheira em água morna deixando espuma para que Lilith relaxasse.

 

-Vem. - disse Brianna esticando os braços para que Lili viesse. 

 

Brianna caminhou até o banheiro e tirou a roupa da irmã, que estava toda roxa, principalmente na virilha e nas pernas, Lúcifer apertou ela muito forte e machucou ela. 

 

Brianna colocou ela na banheira sorrindo.

 

-Tá tudo bem Lili, tá quentinha a água não está? - Brianna disse.

 

 

A garota começou a tremer e entrar em estado de pânico. 

Começou se debater e gritar, parecia que alguém estava matando ela.

 

Rowena se assustou e colocou o copo de suco no criado mudo que estava ao seu lado e com dificuldade ela caminhou até o banheiro e viu Brianna segurando a irmã tentando aliviar-la.

 

-Ei, ei. -Rowena disse.

 

-Mae você tem que ficar deitada. - Brianna olhou feia. 

 

Lilith gritava.

 

-Meu Deus, água não. 

 

-Ela entrou em pânico está traumatizada. - Rowena disse.

 

Ela tirou a camisola que estava deixando-a cair no chão e entrou na banheira nua e segurou Lili. Que se acalmou com a voz e o toque da mãe.

 

-O-hh céus. - disse Brianna sentando no chão. 

 

-Mae, mãe. -Lilith enfiou os dedos no ombro da mãe. 

 

-Está tudo bem querida. 

 

-Mae, eu fiquei com medo quando senti a água em mim e minhas pernas doem. - ela disse chorando. 

 

-Calma, vai melhorar. Prometo. -disse Rowena. 

 

As três ficaram em silêncio no banheiro, Rowena esfregava o corpo de Lilith com cuidado e delicadamente. 

 

Ela entregou Lili para Brianna, ela sentou na cama e comeu o sanduíche com o suco.

 

Rowena ficou uns 10 minutos de olhos fechados com o corpo submerso de água e espuma. 

 

Levantou, secou e vestiu-se.

 

Lilith tinha dormido novamente, Brianna estava em pé com o bonequinho da irmã em sua mão, Rowena abraçou a garota.

 

-Mãe senti falta do seu cheiro. - Brianna disse apertando ela. 

 

-Senti falta de você! - rowen depositou um beijo na cabeça da filha. 

 

 

 

Os Winchesters e Chuck chegaram com varias sacolas de compras, Rowena e Brianna desceram para ajudar.

 

-Era pra estar deitada! - disse Chuck.

 

-Não aguento mais ficar na cama. - disse ela sorrindo.

 

-Então ruiva tá faminta? - dean brincou.

 

-Winchester! - ela caminhou até ele.

 

-Mãe por favor não. - Brianna disse.

 

Rowena torceu a mão deixando dean com dores.

 

-Eu sei já, e vi as marcas que deixou no corpo da Brianna. - Rowena disse soltando ele.

 

Que puxou o fôlego novamente.

 

-Você tá..? - Chuck olhou para Sam. -Não, vocês não transaram não é? - ele disse incrédulo.

 

-Sim, eles transaram e ele machucou a nossa menina. - Rowena disse brava.

 

-Ruiva eu nunca machucaria ela, eu gosto dela poxa. - dean tentou se explicar.

 

-Dean Winchester você viu essa garota crescer dentro de mim, me viu grávida, viu meu parto e cuidou dela pra mim e agora transa com a minha filha? - Rowena disse firme.

 

-Gosto dela, eu faria de tudo para ver ela bem. - disse dean. 

 

Rowena ficou nervosa demais com aquela conversa que havia sido adiada por conta das coisas que aconteceram e agora teve oportunidade de discutir isso com dean. Ela ficou muito irritada com esse namorico dos dois e começou a ficar tonta. Se apoiou a mesa da cozinha.

 

-Ei, precisa descansar. - Chuck disse pegando ela no colo. 

 

-Não, eu preciso terminar isso. - disse Rowena tentando descer do colo do marido. -Me põe no chão! 

 

-Não, você vai ficar quietinha na cama. - ele disse subindo as escadas.

 

-Cadê a Lili? -ele disse preocupado. 

 

-Lili? Filha? - disse Rowena procurando por ela. 

 

Ela estava no banheiro de joelhos no chão vomitando todo o lanche que comeu. 

 

-Filha? - Rowena disse tirando o cabelo dela do rosto.

 

-Mae?- ela encarou Rowena.

 

Chuck pegou Lili no colo e sentiu ela no mármore da pia e lavou a boca dela.

 

Ela sorriu para ele.

 

-Que foi? - ele olhou confuso. 

 

-Você parece um pai pra mim, cuida de mim como cuida da minha irmã. - ela sorriu sem jeito.

 

-Posso ser seu pai se quiser. - ele disse sem graça.

 

-Eu iria adorar ter um pai como você!


Notas Finais


Gostaram?


Pessoal eu sinto muito, pretendo postar 2 ou três capítulos e encerrar a fic com 50 capítulos. Eu estou triste! 😔


Maaaaas pra felicidade de vocês, pretendo escrever uma sobre o desenvolvimento da Lilith na magia e no mundo da luz(céu)....
😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...