História Eccedentesiat - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Personagens Akashi Seijuro, Aomine Daiki, Himuro Tatsuya, Kagami Taiga, Kise Ryouta, Kuroko Tetsuya, Midorima Shintarou, Momoi Satsuki, Murasakibara Atsushi, Takao Kazunari
Tags Akakuro, Akashi, Akashi Seijuro, Akashi X Kuroko, Amizade, Aomine, Aomomo, Geração Milagrosa, Himuro, Kuroko, Kuroko No Basket, Kuroko No Basuke, Kuroko Tetsuya, Kuroko!trans, Midorima, Midotaka, Momoi, Murahimu, Murasakibara, Taiga, Takao
Visualizações 61
Palavras 1.263
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Sci-Fi, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Transsexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Acho que é isso ~~

Capítulo 4 - Capítulo 3


A aula terminou mais cedo que o habitual. Tetsuna Kurai se levantou e arrumou suas coisas, deixando apenas um livro por último em cima da carteira, enquanto apressadamente os alunos se retiraram com a saída do professor.

— Não sabia que gostava de livros. — Ela ergueu seu olhar, logo voltando a ajeitar suas coisas coisas ao observar Akashi, olhando a capa do livro sobre a mesa com a mochila sobre os ombros e um singelo sorriso no rosto – aparentemente – lhe esperando.

— Alguns romances e suspenses. — Ela respondeu, terminando de ajeitar sua bolsa e guardando o livro nela, assim a colocando debaixo de seu braço. Tetsuna notou que seu olhar frio que lhe analisava atentamente cada expressão. — Algum problema, Seijuro-kun?

Ele num balançar da cabeça negativamente, pôs as mãos nos bolsos com tranquilidade, ainda lhe observando calado por alguns segundos antes de quebrar o silêncio.

— Vim agradecer, devidamente, por ontem. Já que não possui tempo muito tempo para dizer "obrigado". — Akashi não havia mudado sobre o jeito intimidante que passava ao conhecer alguém, porém sempre educado e gentil. Esse era o modo que demonstrava o bom que havia dentro de si por trás da fria e absolutista fachada.

— Não foi nada. — Deu de ombros meio desconfortável por saber que ele tinha sim lhe agradecido ontem, mesmo assim preferiu não comentar, logo notou pelo canto dos olhos Kise se aproximar sorrateiramente enquanto os outros estavam na porta apenas os esperava curiosos. Kurai queria falar com eles, sentia saudades, porém não sabia como reagiriam se soubessem a verdade. Iriam se afastar? Achar que era estranha? Ela tinha medo. — Bem, seus amigos estão lhe esperando. O vejo amanhã, Akashi-kun?

— Você vai sozinha? — Kurai balançou a cabeça positivamente, o vendo dar um curto suspiro. — Não quer companhia? É perigoso ir sozinho nesse horário, existem muitas pessoas mal intencionadas.

— Não quero incomodar. — Ela novamente deu de ombros, lhe abrindo um pequeno sorriso quase imperceptível. — E minha casa não é longe, então não precisa se preocupar com a possibilidade de algo acontecer.

Akashi aparentou fechar mais sua expressão, aparentemente, incomodado com a sua resposta e decisão. Ela ajeitou a bolsa novamente, se preparando para ir embora, mas parando abruptamente no lugar por Kise ficar na sua frente e lhe observando curioso.

— Akacchi, você nem nos apresentou sua nova amiga. — Disse Kise com um sorriso no rosto enquanto fazia uma pequena curvatura. — Sou Kise Ryouta, prazer em conhecê-la.

— Kise, essa é Tetsuna Kurai. — Akashi murmurou se virando para o amigo. — Vim agradecê-la por ter me ajudado quanto à chuva ontem. — Gesticulou em direção a garota.

Kise possuía os olhos brilhando de curiosidade enquanto parecia se restringir a querer apertá-la num forte braço, pondo as mãos nos bolsos ansioso. Se não o conhecesse bem, poderia ter tido péssimas primeiras intenções e receio de ficar sozinha com ele.

— Prazer, Kurai-chan. — Ele disse balançando o corpo levemente para frente e trás, abrindo um sorriso animado. Sempre radiante como se lembrava. — Eu ouvi que… Você vai voltar conosco?

— Bom, como eu disse para Akashi-kun, não quero incomodar, então, talvez, outro dia,,. — Ela suspirou, balançando a cabeça negativamente, abrindo um sorriso gentil ao vê-lo inflar as bochechas chateado. Respirando profundamente, ela ficou imaginando o sorriso desafiador de Akashi pelo convite de mais uma pessoa.

— Você não vai incomodar, é sempre divertido voltar para casar com novas amizades e fazer com que todo mundo interaja. — Disse Kise passando a mão na nuca, dando um sorriso amarelado. Ele parecia tentar achar mais alguns bons argumentos para convencê-la, mas nada parecia vir a sua cabeça, mesmo assim Kurai notou que estava se esforçando por querer sua presença. No entanto, não sabia se deveria.

— E também está tarde para voltar sozinha. As chances de algo acontecer junto ao um grupo são, drasticamente, menores. — Akashi comentou, cruzando os braços, vendo Kise assentir prontamente enquanto afirmava. Kurai acabou respirando profundo novamente, já bastante cansada, se perguntando quando haviam começado a se considerar “amigos”. Ela não se lembra da amizades deles terem começado tão facilmente dá última vez.

— Acho que tudo bem... — Disse, desviando o olhar levemente ao vê Kise ficar radiante novamente, antes de dar as costas e ir até os outros, observando um sorriso de canto no rosto de Akashi enquanto ambos o seguiam. Ao chegarem até eles, aqueles olhos curiosos lhe observavam da cabeça aos pés.

Talvez, ela devesse ter insistido na resposta negativa.

Midorima ajustou a armação dos óculos, e a mochila sobre os ombros, virando os olhos em direção a Akashi, que estava quieto. Kurai apertou disfarçadamente a alça da bolsa pelo silêncio pretendia se instalar, mas rapidamente fora cortada por Kise que continuava sorrindo com muito animação, balançando o corpo para frente e para trás ao lado de Aomine.

— Essa é a Tetsuna Kurai, ela é nova na escola e ajudou o Akashi ontem quando estava chovendo. Ela vai voltar conosco! — Ele disse, fazendo-a sorrir de maneira imperceptível, estando ansiosa, logo observando Satsuki se aproximar com um sorriso.

— Prazer, Tetsuna-san. — Murmurou gentilmente enquanto apertava ambas minhas mãos com delicadeza. — Sou Satsuki Momoi. — Ela abriu ainda mais o sorriso, logo, ainda segurando minha mão, se virou para os outros como se indicassem para se apresentarem.

Himuro abriu um sorriso gentil enquanto dava um passo à frente do lado de Murasakibara, fazendo uma rápida curvatura antes de se apresentar.

— Prazer em conhecê-la, Kurai-san. Sou Tatsuya Himuro — Ele apertou gentilmente a mão de Kurai, logo gesticulou para o amigo que deu continuava a comer com uma expressão entediada. — Esse é Atsushi Murasakibara.

Murasakibara deu um passo à frente, me olhando atentamente enquanto ela continuava na mesma posição. Ele era mais alto que se recordava.

— Você é tão pequena que dá vontade de esmagar. — Disse colocando a mão acima do seu rosto, fazendo com que Satsuki o chamasse por seu apelido de forma repreensiva de bochechas infladas com Kagami que soltou um alto “oe” para chamar sua atenção.

— Mukkun, você deveria ser mais gentil! Não se fala assim com uma garota. — Bufou Satsuki enquanto Aomine ria baixo e revirava os olhos levemente, se desencostando da parede e ficando a minha frente. — Ah, Tetsuna-san, esse é o Aomine Daiki. — Ela murmurou gesticulando como se não fosse importante, em seguida sentindo uma dor na parte superior da nuca. Kurai não conteve um baixo riso.

— Sou Kagami Taiga. — A presença de Kagami chamou sua atenção para longe da Satsuki e Aomine, que haviam começado a discutir, assim apertou sua mão com um sorriso já presente nos lábios e um aceno.

Não havia muita coisa a se dizer naquele momento, apenas seguia desfrutando aquelas apresentações. Takao ria alto por tudo aquilo, mas calou-se com um tapa inserido na sua nuca por Midorima.

— Se comporte. — Ele se aproximou dela, ajeitando a armação dos óculos enquanto lhe analisava. — Sou Shintaro Midorima, aquele idiota é Takao. — Gesticulou sem interesse para ele que estava ao seu lado com um sorriso divertido no rosto enquanto passava a mão na nuca.

— Kazunari Takao! — Corrigiu ao amigo. Sorri minimamente, dando um baixo riso que chamou atenção daqueles que discutiam, logo faço uma curvatura.

— É um prazer conhecer todos vocês. — Eles sorriram parecendo satisfeitos, logo Akashi deu um passo à frente com as mãos nos bolsos. Ele tinha ficado quieto por muito tempo e Kurai, quase, havia esquecido sua presença ali.

— Bem, acho que agora podemos ir para casa. — Disse, vendo alguns assentirem com a cabeça ajeitando suas mochilas sobre os ombros, logo todos caminhavam pelo corredor em direção à saída. Uma conversa aleatória foi iniciada, assim que passaram do portão, a maior parte dela era como interrogatório tanto sobre Kurai quanto sobre eles.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...