História Eclipse - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Avatar: A Lenda de Aang
Personagens Katara, Toph, Zuko
Tags Atla, Katara, Katara Velhinhos, Zuko, Zuko X Katara, Zutara
Visualizações 129
Palavras 729
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Fluffy, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa fic foi feita de presente pra alguém que eu amo e admiro demais e que assim como eu ama esse OTP injustiçado


ZUTARA FOREVER

Capítulo 1 - Capítulo Único: Depois de todo esse tempo?


Fanfic / Fanfiction Eclipse - Capítulo 1 - Capítulo Único: Depois de todo esse tempo?

Zuko não conseguia evitar a inquietação. Havia recebido um comunicado que suas velhas amigas Katara e Toph iriam visitá-lo.

Katara.

Sua velha amiga.

Julguem-no por ter se apaixonado pela mulher de seu melhor amigo, mas ele não pôde evitar. No começo de seu relacionamento, assim como fogo e água, eles eram opostos absolutos, mas, ao longo do tempo, eles se também se tornaram como o sol e a lua: opostos que se complementavam.

Por todos esses anos, Zuko tinha guardado todos os momentos com Katara em seu coração, onde também estava a marca do dia que arriscou a própria vida para salvá-la.

Os três amigos colocaram o assunto em dia enquanto apreciavam algumas especialidades da culinária da Nação do Fogo. Algumas crianças que passavam por eles reconheceram Katara como dobradora de água por suas roupas e imploraram para que ela produzisse um pouco de neve para eles brincarem.

Zuko observava Katara sorrir com as crianças no pequeno monte de neve que ela havia feito.

— Você deveria se abrir de uma vez para ela. — Toph disse ao amigo.

— Do que você está falando?

— Você sabe sobre o que eu estou falando. Eu respeitei sua decisão anos atrás, assim como respeitei a da Katara, mas depois que o Aang se foi, achei que vocês iam finalmente... você sabe.

O resto do rosto de Zuko ficou tão vermelho quanto sua cicatriz e ele tossiu tentando se recompor.

— Não é tão simples assim.

— Não temos mais todo tempo do mundo, Zuko. — Toph falou com um meio sorriso, tocando o ombro do amigo. — Apenas lembre-se disso.

Zuko perdeu as contas de quantas vezes pensou em confessar seus sentimentos por Katara, mas uma voz dentro dele sempre dizia que era tarde demais.

Mas e se não fosse tarde demais?

Zuko e Katara caminhavam pelo jardim próximo ao palácio. Toph disse que tinha algumas coisas para resolver, portanto, iria embora mais cedo.

— Por mais estranho que isso pareça — Katara falou, quebrando o silêncio que havia se estabelecido entre os dois —, eu gosto muito daqui... da Nação do Fogo.

Você pode viver aqui se quiser. Comigo.  

— Eu... Eu também tenho um grande apreço pela tribo da água.

Katara sorriu para ele, as rugas se destacando nos cantos dos olhos. Para Zuko ela continuava tão linda quanto anos atrás.

— Você deveria me visitar mais vezes. — Katara continuou andando sem olhar para ele. Zuko sempre a deixava estranhamente nervosa e ela não sabia controlar todos os sentimentos que negou por anos quando estava tão perto dele. — É meio solitário sem você. Eu sinto falta de tanta coisa — Suspirou. — E a Toph também, é claro. — Katara sempre foi boa com as palavras, mas sempre que estava com Zuko acabava cuspindo-as sem o menor filtro.

A vida toda sem você foi solitária.  

— Eu também sinto a sua falta. — Confessou — E da Toph e Sokka também, é claro. — Katara sorriu mais uma vez para ele e ele só queria sempre poder ver aquele sorriso pelos dias que ainda lhe restavam.

Eles logo se acomodaram perto de algumas árvores. Zuko não conseguia parar de pensar nas palavras de Toph;

“Não temos mais todo o tempo do mundo”

Enquanto observavam o jardim em silêncio, Zuko tomou coragem e segurou a mão de Katara, entrelaçando gentilmente seus dedos nos dela. Aquele era um gesto tímido, uma confissão silenciosa, porém, para dois corações que cobiçaram pelo outro por tantos anos, nada poderia ser melhor do que aquele simples toque.

Uma onda de surpresa atingiu Katara quando ela sentiu o toque quente do outro na sua mão. Ela olhou para Zuko, que ainda olhava para frente, mas mesmo de lado ela conseguia ver o rubor em sua pele pálida. Seu coração batia forte como nunca, e, numa retribuição silenciosa a confissão tímida, ela apertou a mão de Zuko, entrelaçando-as ainda mais.

— Depois de todo esse tempo? — Katara perguntou, curvando um pouco o corpo para assim repousar a cabeça no ombro do outro.

— Eclipses demoram para acontecer. — Zuko descansou sua cabeça na de Katara, sentindo o perfume da mulher que amou por anos invadir seu interior.

“Alguns dizem que o mundo acabará em fogo,

 outros dizem em gelo.

Pelo que provei do desejo

Fico com quem prefere o fogo.

Mas, se tivesse que perecer duas vezes,

Acho que conheço o bastante do ódio,

Para saber que a ruína pelo gelo

Também seria ótima.

E bastaria.”


Notas Finais


eu amo tanto esses dois tomara que eu exploda de amor ♥

Comentem o que acharam ♥
Bjos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...