História Ecstasy - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Drama, Revelaçoes, Romance, Tragedia
Visualizações 9
Palavras 593
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Volteeeeeeeeeeeei meus pedacinhos do céu 💗💗💗💗💗💗

Capítulo 14 - Como um príncipe


Fanfic / Fanfiction Ecstasy - Capítulo 14 - Como um príncipe

 

 

 

- Mais um dia .... mais um dia sem você Park Jimin. 

 

Dou o primeiro passo para fora do carro.

 

Sinto pessoas me fitarem, elas me olham com pena. Isso me chateia, eu não quero que sintam pena de mim...

Vou diretamente para minha sala, evitando o contato visual com qualquer pessoa que seja.

Passei o dia acompanhada de minhas amigas, mas nada me animava completamente, não mais. Mesmo assim logo após as aulas acabarem me despedi delas com um sorriso fraco.

Um vazio, um vazio imenso me consumia, todos os dias. Principalmente quando eu estava sozinha. E era exatamente assim que eu estava me sentindo hoje. Só. Caminhei até o parquinho perto da minha escola e me sentei em um dos balanços que tinha ali. Tinha avisado meu pai que não precisaria do chofer pois, ficaria até mais tarde para estudar e fazer perguntas para os professores. O que era mentira. Em todos aqueles 6 meses, eu estava me isolando de tudo e de todos, mas hoje. Hoje eu senti que eu estava errada. E que precisava fazer algo em relação à isso. 

Sentia a imensa vontade de conversar novamente com alguém e esse alguém era o Jimin... mas eu nunca mais poderia falar com o meu príncipe novamente.

 

< Flashback On >

- Jhenniiiiiie- escuto alguém gritar meu nome. - me viro rapidamente assustada, e avisto um menino de cabelos rosas correr até à mim, era Jimin, um dos 7 meninos mais conhecidos na escola.

- Meu Deus Jimin, oque foi? - pergunto.

- Ainda bem que...- faz uma pausa pra respirar- você não foi embora ainda. - diz meio ofegante pela corrida até minha direção- toma, você esqueceu isso...- diz entregando meu diário. 

Pera, meu DIÁRIO?

- Vo-você não.........- digo temerosa.

- Nãoo! Calma, eu vi que tinha um lugar para colocar um cadeado, então presumi que seria algo pessoal e então não li - diz sorrindo sincero- seu nome tava atrás então... vim te entregar...- diz um pouco sem jeito.

- Nossa, obrigada! - olho para ele, ele não leu, mesmo? 

- Olha... eu acho que o cadeado deve ter quebrado ou algo do tipo ...- ele diz olhando para o diário em minha mão...- só tome mais cuidado ok? Vai que cai em mãos erradas- diz sorrindo simpático. 

O Jimin, em todos os anos que estivemos na mesma escola ele sempre foi assim. Um porte elegante, gentil que conquista as pessoas só com um simples sorriso. Ele era inteligente e cavalheiro, tenho certeza que jamais leria uma coisa que não fosse dele sem a permissão da pessoa. Ele era um verdadeiro príncipe, só que real. ( @mayu: mas é óbvio né? Se for principe é da realeza mesmo kkkkkk, sorry, vou voltar a estória)

Ele acariciou minha cabeça e sorriu. Corei e o agradeci, cheguei em casa e vi meu cadeado dentro de minha bolsa, ele estava quebrado.

- Aigoo...

Deste dia em diante, Jimin começou a me cumprimentar de manhã e então começamos a nos aproximar, eu o via como um verdadeiro príncipe, pois ele era gentil com todos e parecia ter saído de um conto de fadas. Aos poucos começamos a andar mais juntos, até comíamos no refeitório juntos. As únicas excessões, era quando ele estava com seus amigos. Chegamos até a  trocarmos mensagens... e foi aí que tudo começou.

Flashback Off >

Sorri, lembrando mais uma vez de como começamos a nos falar... uma lágrima solitária escorreu pelo meu rosto.

 

- Imaginei que estaria aqui...- escuto alguém dizer algo e viro em sua direção.

 

 

 

 


Notas Finais


- príncipe né Jhennieeeee 🤭😏
- Aish, Mayu! 😳


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...