História Efeito Dia Dos Namorados - Camren G!P - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila G!p, Camren, Camren G!p, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Romance
Visualizações 560
Palavras 1.133
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Bissexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha só quem apareceu... Depois de 84 anos 😂

Agradeço a vcs por terem gostado ❤ e a tds os favoritos ❤

Bora pro cap?

Capítulo 2 - Capítulo 2


Narrador Pov

"Eu sinto muito." Lauren disse suavemente. "Eu não queria tocar em um assunto tão sensível."

Levantando uma mão, Camila fez um mudo sinal negativo. "Está tudo bem. Tenho que falar sobre isso pra passar, não é assim? É isso que todo mundo diz. O ponto é que a criança vai ficar deprimida às vezes, mas não existe nada para ser feito sobre isso. Ele só precisa de tempo pra curar."

"Que tal você?" Lauren questionou, cruzando uma linha. Ela não era uma conselheira. Ela era a professora da terceira série do seu filho, mas as palavras brotaram antes de poder segurá-las: "Como está indo pra você?"

Camila olhou para cima surpresa franzinho a testa, mas com um meio sorriso curvando seus lábios.

"Péssimo. Obrigado por perguntar." Encolhendo os ombros, ela gesticulou na sala ao redor delas. "Dia dos namorados fudido! Desculpe. Desculpe a linguagem. É difícil. Angelina costumava amar o maldito feriado. Corações, flores, chocolate, tudo aquilo."

E eu aposto que você deu a ela todos eles. E aposto que é o tipo de mulher que sabe como cativar uma mulher quando está apaixonado por ela.

"Eu sinto muito." Lauren repetiu, não sabendo mais o que dizer.

"Não é tão ruim quanto foi logo depois de que ela se foi. Está melhorando. Mas hoje…" Seus ombros ergueram e caíram novamente. "É apenas o maldito dia, sabe."

Lauren movimentou a cabeça concordando. "Eu odeio este feriado, também."

Sua confissão foi tão suave que era apenas audível, ainda assim as palavras pareceram ecoar e encher a sala. Ela estava definitivamente cruzando outra linha aqui, descendo a ladeira do antiprofissionalismo.

"De jeito nenhum." Camila levantou a cabeça e a estudou. "Uma mulher como você provavelmente tem que escolher entre os caras para levá-la pra sair no Dia dos namorados, ou, inferno, qualquer dia da semana."

Um elogio. Ela estava encantada e subjugada, surpreendida e emocionada.

"Obrigada, mas eu sou lésbica e também não sou tão afortunada." Seu rosto parecia que de repente estava queimado pelo sol, da forma que a olhava, sabia que suas bochechas estavam coradas. "De qualquer maneira, feriados são difíceis para todo mundo."

"Isto é um fato." Camila bateu seus dedos, comprido e magros, contra seu jeans.

Mãos que deveriam ser gentis acariciando a pele de uma mulher.

Ela estremeceu e arrastou seu olhar para longe.

Escondida seguramente atrás de sua mesa e várias camadas de roupa, sua boceta latejava imaginando aquelas mãos a tocando por todo o corpo.

"Onde trabalha Sra. Cabello?" Lauren perguntou ciente de que a conversa estava caminhando para uma conclusão e não querendo terminá-la, não querendo ver seu belo corpo sair porta a fora.

"Camila. Me chame de Camila." lembrou a ela. "Eu sou co-proprietária da Mecânica Osborne na rua Barclay com a Terceira Avenida. Eu trabalhei lá como mecânica durante o ensino médio e posteriormente. Tirei alguns certificados e quando o velho estava pronto para aposentar, ele permitiu comprar a uma parte."

"Então você gosta de carros." afirmou Lauren.

"Amo carros, mas especialmente amo ter meu próprio negócio. É algo que meu papa sempre quis pra si mesmo, mas nunca conseguiu. Agora tenho algo que eu posso deixar para meu filho."

Lauren sorriu, perguntando-se se August gostava de carros ou se tinha sonhos diferentes.

"Você sempre quis ensinar?" Novamente seus olhos castanhos olharam para ela e dentro dela, roubando sua respiração.

"Bem…" Seu sorriso virou uma pequena risada. "Provavelmente não deveria dizer isto para a mãe de um aluno, mas, não, ensino não foi minha primeira escolha de carreira."

"O que você quis ser?" Mais uma vez Camila se debruçou adiante, escorando os antebraços em seus joelhos e diminuindo o espaço entre elas.

"Quando eu era jovem, queria ser uma dançarina. Minha mãe me matriculou em sapateado, jazz e balé clássico, mas em última instância eu me acomodei no balé. Desejo apenas, infelizmente, não é suficiente no mundo de dança. Você tem que ter mais que um pouco de talento para tornar uma paixão uma carreira."

"Mmm. Eu posso te ver como uma dançarina. Você se move muito graciosamente." Camila a elogiou.

Lauren tinha o pulso acelerado.

Talvez ela fosse perito em elogios fáceis, um flerte natural, ou talvez a notou caminhar quando foi à frente através da sala.

Talvez seus olhos tenham sido atraídos para seu traseiro, observando seu requebrado, e talvez ela tenha pensado 'Ela se move como uma dançarina.' 

"De qualquer maneira." Lauren riu nervosamente. "Quando era adolescente, percebi que a dança era só um sonho que eu tinha que colocar de lado. Nada mais mexeu comigo assim… Oh Senhor, não devia dizer que me acomodei para o magistério. Embora possa ter feito a princípio, verdadeiramente cresci amando isto. As crianças são freqüentemente um desafio, mas maravilhosas também. Eu não desistiria por qualquer coisa."

Camila sorriu.

"Eu penso que foi sorte para estas crianças que você tenha desistido de dançar. Meu filho fala sobre você o tempo todo, que Srta. Jauregui disse ou fez hoje. Você é uma grande professora. "

"Obrigada. E, por favor, chame-me de Lauren."

Ela retribuiu seu sorriso e por um momento, quando seus olhos se encontraram e seus sorrisos saudaram uma a outra, o ar entre elas ficou carregado com uma energia um pouco... Sexual. 

Novamente o cabelo se eriçou em seu pescoço, e sua pele formigava por toda parte como se ela tivesse febre.

Ela quebrou o contato com uma piscadela, com medo de ser sugada naqueles olhos castanhos hipnotizantes novamente.

"De qualquer forma, como disse, Gus é uma alegria. Ele é normalmente ávido por participar ou voluntário para ajudar com as tarefas de sala de aula. Você fez um bom trabalho com ele. " elogiou Lauren.

Camila deslocou-se na cadeira demasiado pequena e fez sua própria parte de olhar fixamente em torno da sala de aula em vez dela.

"Minha mãe fez. Desde que Angelina morreu, ela é responsável por muito do trabalho de criá-lo. Eu tenho estado tão ocupada mantendo meu negócio e…" Ela cessou bruscamente, agitando sua cabeça. "Você provavelmente ouve muito essa desculpa."

"Não deve ser fácil ser mãe solteira, equilibrando trabalho e o tempo com a família." Lauren a consolou. "Estou certa que você está fazendo tudo que pode."

Um triste sorriso torceu sua boca.

"Se estou aqui, em um dia de semana à tarde conversando com você sobre meu filho estar infeliz, então não posso estar fazendo tão grande trabalho, certo? "

A forma em que a olhou, fez o estômago de Lauren desse outro salto. Senta menina.

"Eu tenho certeza que você está o criando bem e é um estado passageiro. Ele provavelmente estará brilhante e alegre novamente em breve."

Lauren a assegurou. "Ele estava certamente ávido para ajudar com a festa hoje."

Camila esquadrinhou os cartões com corações através da superfície de sua mesa, a maior parte deles proclamando 'Para a Professora' na parte superior.

"Então, nenhum cartão de dia dos namorados de adulto para você? Nenhum plano especial para o dia?" 


Notas Finais


Eaiii??

Desculpem-me por ter demorado tanto ❤

https://www.spiritfanfiction.com/historia/o-inicio-do-fim--camren-e-originais-13807501

Byee fofiss ✌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...