História Efeitos (Imagine Jungkook) - Capítulo 24


Escrita por: e AnaDuff

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Hentai, Hot
Visualizações 33
Palavras 1.303
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 24 - Jeon Jungkook é totalmente maluco


Fanfic / Fanfiction Efeitos (Imagine Jungkook) - Capítulo 24 - Jeon Jungkook é totalmente maluco


Pov S/ N


Na mesma hora eu me assustei, dando um pulo da cadeira, e o Park começou a rir, eu olhei pra trás e o vi, realmente era o JungKook.


Eu - o que faz aqui?! Como chegou aqui?! - questiono, como ele sabia onde estávamos? Era impossível!

Jimin - e-então, né… - eu virei lentamente minha cabeça na direção de Jimin.


Ok, pra quem não está entendendo meu surto, eu vou explicar. Aqui, nessa cidade, com pessoas da minha família ou envolvidos com ela, eu tenho que ser uma verdadeira princesinha do pau oco e eu nunca quis que esse babaca me visse assim, eu sinto vergonha dessa parte da minha vida, é uma máscara ridícula que eu preciso manter e eu não queria que ele me visse assim… que ele visse logo minha parte mais fraca.


Beatriz - porra, Jimin, o que te deu na cabeça?! - ela me entendia, também evitava isso, enfrentamos as mesmas pessoas.

Jimin - ele meio que me ameaçou pra eu dar a localização de onde estávamos a todo momento ou eu tava fodido quando a gente voltasse! - disse e eu quase estrangulei um dos dois, mas no fim apenas fechei os olhos e cerrei os punhos por alguns segundos, e quando tornei a abri-los, me foquei em manter a calma.


Eu - Jeon… se sente conosco… logo!


Essa sou eu me controlando.

Ele me obedeceu rapidamente, mas ao me olhar quando estava frente a frente comigo, ele riu.


Jungkook - está com raiva de mim aqui? Não ouviu o que eu disse agora a pouco em resposta às suas dúvidas sobre eu querer você? - questiona mas eu ignoro

Eu - Jeon… você não entende o que está acontecendo, nem nada da minha vida - digo e olho para os lados, com medo de ter alguém nos vigiando, mas não vi ninguém que eu achasse familiar.

Jungkook - não é como se você fosse uma espiã, né? Então ok.

Beatriz - S/n - me chamou em um sussurro e eu cheguei perto dela - como acha que ele vai reagir sobre a história do Jimin e você?


PUTA

MERDA!

Com certeza a reação dele não vai ser boa, então o melhor é… esconder, certo?

Mas eu pressinto que algo nada bom vai acontecer sobre isso.


Eu - não vamos falar sobre isso, ok? - sussurrei e ela entendeu e nos afastamos.

Jimin - ui! Segredinho! - exclamou com uma voz afinada, fazendo com que eu quisesse rir mas eu mantive a pose indiferente.

Eu - exatamente, ou seja, não é da sua conta!

Jimin - nossa! Grossa!

Eu - grossa é a pica que eu quero que se enterre no seu cú, Jimin! - digo irritada.

Jimin - minha namorada tá de TPM e eu não sabia - diz largando as talheres e apoiando a cabeça nas mãos.

Jungkook - sua… o que? - pergunta com fogo nos olhos

Eu - bem, eu e Jimin Tivemos que… dar uma mentira para a mãe da Beatriz não pensar nada de errado quando ela nos viu no mesmo quarto.

Jeon - por que estavam no mesmo quarto?

Beatriz - er… olha! O garçom está alí, quer algo, Jeon? - tentou desviar o assunto

Jeon - respostas!

Eu - olha, isso não é da sua conta mas, eu e o Jimin estávamos apenas economizando algum dinheiro, ok?

Jeon - hum… ok,ok… - diz encarando o Park que ria nervosamente.


Terminamos de comer e  mesmo depois daquele clima tenso, conseguimos fazer tudo voltar ao normal depois, conversando sobre a viagem do Jeon até onde estávamos.


Quebra de tempo*


Estávamos os quatro andando pela cidade com Beatriz nos apresentando alguns lugares de um jeito formal até demais, até que, por um momento tivemos que passar em frente ao shopping. E novamente, meu coração parou.


Susan - crianças! Que coincidência - nos cumprimenta enquanto retira os óculos escuros e ajeita o cabelo de um jeito super elegante mas como se estivesse em um comercial de shampoo.

Eu - ah, olá Susan - cumprimento forçando um sorriso.

Susan - então, quem é o amigo de vocês? - questiona mirando Jungkook.


F O D E U.


Beatriz - ah, ele é o Jeon Jungkook, um amigo nosso que acabamos de encontrar por aqui, parece que ele também veio passar as férias em Daegu, Jungkook, essa é minha mãe, senhorita Susana - os apresenta formalmente.

Susan - Jeon? Muito prazer - eles fazem aquele comprimento que eu esqueci o nome - então, quando chegou a Daegu?

Jungkook - ah, cheguei hoje mesmo, senhorita

Susan - onde se hospedou? Aqui os hotéis podem ser meio caros, na verdade…

Jungkook - estou na casa de um amigo com a família dele - disse e sorriu.

Susan - ah, mas que pena, eu iria te chamar para passar um tempo lá em casa, com minha filha pra fazer companhia a ela e seu outro casal de amigos - eu notei ele cerrando os punhos e  forçar um sorriso

Jungkook - não será necessário

Susan - ah, mas se você quiser passar lá qualquer dia pra me ver, será bem vindo - disse e piscou para o moreno.


MAS O QUÊ? Eu realmente acabei de presenciar Jeon Jungkook sendo cantado por uma mulher de 35 anos devidamente casada e super rica? É sério?


Susan - crianças, vocês ainda vão passear? Está escurecendo. - mudou de assunto

Jungkook - bom, na verdade, apenas vamos passar na casa desse meu amigo para dar um “oi” e depois eles voltam.

Susan - hum, Jeon, quer jantar conosco hoje? Pode dormir lá em casa se quiser.

Eu - o-o quê? - questiono sem perceber

Susan - algum problema, s/n?

Eu - n-não, me desculpe… - abaixei a cabeça

Beatriz - o papai concorda com isso?

Susan - ele saiu a trabalho, querida, nem precisa saber - a olhou ameaçadora por um segundo, mas logo voltou a sorrir - aceita, Jeon?

Jungkook - por que não?


Naquele momento eu estrangulei Jeon Jungkook mentalmente, mas não deixei transparecer.


Susan - ótimo! Agora, tenho que começar a ajudar na cozinha, até depois gente! - diz e sai sorrindo e rebolando para longe.

Beatriz - isso vai dar merda.

Jungkook - cara, eu aceitei pra ficar de olho nesse idiota.

Beatriz - desde que você não coma minha mãe tudo bem, Jeon - disse e riu.

Eu - gente… isso não vai acabar bem.

Jimin - bom, mudando de assunto pra ficar menos tenso, em que casa você está mesmo, Jungkook?

Jungkook - na casa dos pais do Yoongi, quando eu vim pra cá, planejei como se fosse uma visita, mas, só vou ficar uns 2 ou 3 dias mesmo

Jimin - ah, sim, sim, então, vamos?

Jungkook - vamos - disse e começou a nos guiar.


Quebra de tempo.


Quando chegamos, muitas lembranças me invadiram, eu vivia indo naquela casa já que Yoongi era meu melhor amigo, brincamos e corremos naqueles corredores, me lembro até de ter perdido o BV com ele quando demos um selinho todo fofo e inocente, e depois viramos o rosto envergonhados, foi engraçado esse dia. A senhora Min amava quando eu vinha pra cá, amava cozinhar pra mim e Yoongi, e agora vejo que nada na casa mudou, e bem, a Senhora Min também não, já que me recebeu me oferecendo alguns bolinhos que ela havia acabado de fazer, eu aceitei, mas apenas uns 2, eu não iria comer os 5 que ela ofereceu.

Conversamos um pouco, ela falava das lembranças que tinha de mim e de Yoongi, segundo ela, éramos uma fupla de perfeitas pestes, e agíamos como um casal que ela nunca entendeu o por que de não ter ficado junto. Acho que ela nunca conheceu aquela namoradinha dele, se tivesse conhecido saberia o motivo.

Depois de quase 1 hora dela falando daquela época, sobre mim, Yoongi e também de quando o Jungkook ia na casa dela, acabamos indo embora, mas claro, depois do Jeon se produzir pro jantar, foi um clássico do seu guarda roupa, ele colocou uma camisa branca e uma calça preta com um rasgo nos joelhos, ele estava informal mas estiloso.

E finalmente, chegamos na casa...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...