1. Spirit Fanfics >
  2. Efervescência >
  3. Comemoração!

História Efervescência - Capítulo 26


Escrita por:


Notas do Autor


Olha quem voltou kkkk desculpa a demora pessoal fiquei uns dias na casa da minha amiga mas agora estou de volta.

Capítulo 26 - Comemoração!


Fanfic / Fanfiction Efervescência - Capítulo 26 - Comemoração!

26- 

Samantha POV

Foi pura confusão no dia seguinte pela manhã, de noite eles notaram que estavam faltando algumas mulheres e nos colocaram nas celas para procurarem. As primeiras a acharem foram as japonesas do banheiro que foram para a enfermaria, o toque de recolher soou mais cedo porém eu mal dormi, estava preocupada com o que iam achar.

Confesso que acordei com algumas dores no corpo, mas nada me tirava a sensação de felicidade, ontem nós mostramos para o que viemos, eu senti muito orgulho do meu grupo viu. E sim era meu grupo ali, pessoas que me acolheram e me ajudaram a ficar viva aqui dentro.

A pela manhã os informantes de Lica disseram que tinham achado Telma e seu bando ainda no local que elas faziam reunião, elas estavam na enfermaria também e não tinham falado nada sobre quem tinha batido nelas, o orgulho ferido de Telma não a deixaria falar que levou uma surra e tanto da Lica, o que era bem melhor para nós.

-Confesso que ontem a adrenalina estava a mil, eu só pensava em bater pra não ser nocauteado- Gabriel diz enquanto almoçávamos na cantina.

-Se eu pudesse tinha dado mais sopapos naquelas japonesas ridículas- Keyla fala e rimos concordando

-O prazer que eu senti batendo na Telma foi surreal- Tina diz piscando e me parece meio psicopata, mas né quem sou eu pra julgar.

-Eu me senti surreal, antes estava com receio confesso-Digo tomando um gole de suco- Mas nada se compara com a adrenalina que vivi e é sempre bom dar o troco.

-Na próxima vez eu quero dar uma surra ao som de Bom Jovi viu- Clara diz arrancando risadas de todos.

-Só faltou uma trilha sonora mesmo para complementar-K1 concorda

-Pode deixar na próxima eu providencio isso-Lica pisca e rimos.

Eu não sei se gostaria de ter uma próxima vez, apesar de saber que a Telma pode revidar esse ataque a qualquer momento e isso me preocupa um pouco.

-E eu que pensei que a prisão feminina seria mais calma, ledo engano-Gab fala

-Nenhuma prisão é calma com Heloísa Gutirrez nela- Lica diz sorrindo de lado

No banho de sol muitos olhares são dirigidos a nós, é claro que todas sabiam quem tinha emboscado o grupo da Telma, mas não falariam pois agora o medo as dominava também.

No almoço os olhares para gente continuava mas não me deixavam sem graça, quero dizer é até bom porque assim todas saberiam que é melhor pensar duas vezes antes de se meter conosco.

-Do que vocês mais sentem falta, lá de fora?- Clara pergunta. Estávamos falando sobre as cidades que já tínhamos visitado e nem eram muitas viu.

-Acho que dá liberdade de ir e vir- Lica responde direta

-Sinto falta das festas do morro, eram ótimas-Keyla fala sorrindo como se lembrasse

-Acho que de ir nos shoppings ou cinema de verdade- falo sorrindo

-Estou com minha irmã, sinto falta das festas- nós rimos

-Acho que da liberdade também-Tina concorda

-Sinto falta dos churrascos em família- K1 relata

-Eu sinto falta de tudo isso ai e mais um pouco- Clara diz arrancando risos de nós, porém logo Lica muda de assunto. Acho que não era algo que falávamos muito, digo sobre lá fora ou sobre a saudades que sentíamos.

Estava indo para a biblioteca quando sou puxada para uma sala, já ia bater na pessoa quando ela ri e eu sei quem é.

-Que susto!- Lica ri

-Relaxa, todas estão com medo da gente, então eu pensei em comemorarmos- eu ri e ela mordeu os lábios.

-Eu adoro uma comemoração- disse a beijando

Narrador POV

Ambas se esgueiravam pelos corredores, Samantha reconheceu o caminho e viu que estavam na sala do lado da academia, onde claro elas já tinham transado ali.

Heloísa tomou a atitude é beijou Samantha com uma urgência nunca vista por ela, chupava, mordia e sugava os lábios e a língua da novata (adorava chama-la assim internamente), como se elas fossem ser separadas a qualquer momento, elas se entregaram ao desejo que sentiam uma pela outra.


Samantha beijava todo o dorso do pescoço da mais velha enquanto explorava o corpo dela com as mãos, Lica só conseguia gemer baixo com os toques e os lábios de Samantha  em sua pele, chegava a queimar por conta do desejo que sentia pela cacheada, a mais velha virou a menina de costa pra si, encostando seu corpo na costa da menor colando sua pélvis na bunda dela, roçando, continuou com as carícias através de mordidas no pescoço dela enquanto ia o uniforme de Samantha a deixando de lingerie, chupava a língua dela com urgência, a saudade tomava conta de toda a situação.

Samantha parou de beijar a mulher para tirar a parte de cima do uniforme amarelo que ela usava se deparando com a mesma completamente sem sutiã, já tinha percebido por ter notado que os biquinhos dos seios dela ficaram empinados, mais preferiu tirar aquele pensando da cabeça, deixou ela só de calça a mais velha em um momento de desejo pegou a menina em seus braços fazendo com que entrelaça-se as pernas na sua cintura indo até o pequeno sofá, entre beijos Heloísa deitou ela com todo amor, beijava os ombros da menor e ia abrindo o feixe do sutiã, e olhava os seios pequenos e branquinhos de Samantha.


- Como são lindos, me dá agua na boca, eles estão assim por mim não é? - a mais velha tocava os seios da menina que estavam eriçados pela excitação e com o contato da mão da mulher em seus seios, ela gemia baixinho sem conseguir pronunciar nenhuma palavra a não ser fechar os olhos e sentir o toque, Lica caiu de boca chupando com gosto os seios de Sammy, mordia os biquinhos e puxava com o dente, deixava eles marcados com chupões enquanto passeava as mãos na coxa dela apertando com força e fazendo carícias, desceu beijando e chupando a barriga da morena, apertando seus seios de leve, sentindo em suas mãos os biquinhos durinhos.

- Aaain... não judia de mim Heloísa.

- Você tem que me pedir as coisas meu bem. - Continuava distraída na barriga da mais nova aos poucos ia descendo a mão e acariciando a intimidade dela por cima da calcinha provocando e sentindo como estava úmida, estava tão excitada que sua buceta latejava dentro da calcinha.


- Que delícia, me dá até água na boca, mais como você está sendo uma má garota eu não irei te chupar. - Lica sorri cinicamente brincando e sai de cima de Samantha, fica de pé e começa a abrir o zíper da calça bem devagarinho olhando ela nos olhos, até deixar a peça cair no chão, ficando apenas de calcinha box, os olhos de Samantha brilhavam de desejo pela mulher, a chefe voltou a se aproximar e foi tirando a calcinha de Sammy, enquanto tocava seus lábios na pele quente da moça, quando Lica sentia os lábios da cacheada em seu corpo traçando uma linha era como se algo tivesse queimando sua pele, largou a calcinha de lado e ficou na beira da cama contemplando seu corpo, ousou tocar em algumas partes com a mão trêmula, Samantha se ajoelha no sofá a olhando.

- Por que me olha assim?

- Estou admirando a beleza do seu corpo. - Se aproxima novamente de Sammy laçando seu corpo pela cintura e encostando no seu beijando e cheirando do maxilar até o pescoço

- Como amo sentir seu cheiro, ter teu corpo no meu, eu sou apaixonada você Samantha, te quero muito. - Voltou a beijá-la, um beijo calmo como se tivesse conhecendo pela primeira vez os lábios da menina, sugava sua língua com carinho, sem pressa, as mãos de ambas explorava o corpo uma da outra descobrindo coisas que não detalharam na primeira vez.

Samantha tirou a última peça de roupa da mais velha a deixando completamente nua, o que fez a menina poder sentir seu corpo completo, uma conexão que jamais sentirá com ninguém mais, ondas de calor a todo momento inundavam seu ser, seu ventre pulsava a todo momento, Heloísa a virou há deixando de costa para si e foi deitando a menina e depois ficando por cima dela beijando e mordiscando a nuca, os ombros, passava o nariz, Samantha sentiu a buceta de Lica encostando na sua bunda, enquanto ela sussurrava palavras românticas no seu ouvido, quando Samantha voltou ficar de frente para a mais velha e pediu:

- Me tome, sou toda sua quero ser sempre sua Heloísa. - Arfou com os lábios próximos aos de Heloísa.

- Assim você me deixa louca. - voltou a beija-la, encaixando seu corpo no dela, quando sua coxa encostou na buceta da jovem ela soltou um pequeno gemido entre o beijo, pressionou sua boceta nela, a menina começou a rebolar na coxa da mais velha, buscando mais contato, Samantha acariciava e arranhava a costa de Lica deixando um vermelhão, na ânsia de um contato melhor Lica se ajeitou encima da menina na forma que se encaixavam, Samantha ofegou e soltou um pequeno gemido que foi impossível de segurar.

- Aaaah -arfou a menor apertando o braço de Lica

- Aah...Nossa - gemido seguido de um sussurro num fio de voz, Lica foi se movimentando entrando em buceta de Sammy, Samantha sentia o quanto Lica estava excitada, e aquilo lhe deixava molhada, começou se movimentar encima da jovem, a áurea de desejo é tensão sexual se espalhava no ar, a face de Sammy estava tomada num vermelho , era difícil controlar, arranhava Lica sem pena, deixava a mais velha marcada sem perceber, chupava o pescoço dela deixando marcas que no dia anterior seria difícil de esconder, estavam tão encaixadas que era difícil não sentir o tesão e o primeiro orgasmo de Lica, Samantha quando sentiu o orgasmo quente de Lica em sua buceta gozou na mesma hora, sentindo a mistura escorrer para sua bunda até chegar no sofá sujando ele.

- Aaaah.... Lica!!!. - Sammy gemeu quando sentiu a mais velha gozar, a atitude dela foi simplesmente beijá-la feroz, sugando a língua com urgência, não se desencaixaram, nem conseguiam, a energia ainda passava de uma para outra, qualquer movimento era um novo gemido ou suspiro, as sensações ainda estavam ali.  Depois de alguns minutos Lica sai de cima da menina se deitando ao lado dela e se olharam, beijando-se novamente


Notas Finais


Ai que amor, nem parece que no próximo capítulo......
Comentem pra mim saber se ainda tem alguém aqui kkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...