História Ei.. Quietinho... - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 3
Palavras 1.081
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


🔎 Começo da história
🔎 Relembrando, não vai haver hot.
🔎 Boa leitura ^^

Capítulo 2 - "Não vou tirar a virgindade de alguém hoje"


Fanfic / Fanfiction Ei.. Quietinho... - Capítulo 2 - "Não vou tirar a virgindade de alguém hoje"

É la estava eu, mais de meia hora comendo docinhos e nem sinal da Sarah, que provavelmente vai estar se divertindo com as prostitutas que convidou pra festa, como sei disso? Ela me disse que no aniversário de 18 anos iria convidar umas putas pra perder a virgindade, isso não sera diferente no 20° aniversário dela. Pois bem, voltando a realidade, acredite ou não ja me ofereceram o próprio copo de bebida (obviamente estava com drogas), "cigarros" ou ate mesmo umas pílulas da "diversão" (onde eles consegue essas coisas?), claro que obviamente neguei, so vim ver a Sarah e não vou tirar a virgindade de alguém hoje. Outra coisa que percebi e que os pais de sarah obviamente não estava em casa, e parece que ela não tem irmãos senão seriam educados de receber os convidados, ah, o que estou pensando, olha essa festa, óbvio que não iriam receber os convidados.

Nessa exato momento estou na cozinha, o unico lugar que não tem gente, ate chegar um idiota vestido de pirata e se sentar em cima do balcão e querer começar um assunto comigo


??- Amigo da sarah hm? - Me pergunta o cara magro, de pele e olhos claros, de cabelos castanhos. Simplesmente concordei com a cabeça e tentei ignora-lo.

Depois da minha resposta seca, ele fica em silêncio e acende um cigarro (era so o que me faltava.), ja estava pensando em sair dali ate um garoto baixo e palido entrar, ele estava fantasiado de raposa branca (fofo ate), quando vi ele lembrei do Mike, é... O garoto que eu fazia bullying, mais isso não importa. Ele foi ate o cara fumante e começou a cochilar baixo com ele, não entedia muita coisa mais toda vez que o fumante respondia o garoto era em alto bom som, acho que queria irritar a raposinha.

Fumante- O que ha em, todo mundo aqui ta chapado, não precisa pedir baixinho - Ele apaga o cigarro e joga na lixeira do lado da pia - Qual vai querer? - O garoto palido responde bem baixo meio corado (acho melhor parar de olhar pra la.) - Certo então, tenho ainda safadinho - Ele tira umas pirulas vermelhas do bolso e então garoto pega uma e sai o mais rapido o possivel da cozinha (o que era em?). O fumante olha pra min e pergunta - O que foi bonitão, quer uma? - Confesso que estava curioso pra saber quem era, ignorei a pergunta e fiz outra.

Thomas- Quem era o garoto? - Pergunto olhando pra ele e cruzando os braços.

Fumante- Mike, irmão da sarah. Chegou ontem de viajem.

Não pode ser O MIKE, ele me reconheceria não? Afinal, eu socava ele na escola e não mudei muita coisa (Essa praga tem perda de memória??). Foda-se eu também não reconheci ele. Vou mudar de assunto.


Thomas- Sabe onde esta a sarah?

??- Você não conhece ela não e? Esta em um dos quartos de visita, por que não vai procurar ela? Ja deve ter acabado - Ele diz guardando as pílulas.

Thomas- Não, vou esperar aqui mesmo.

Fumante- Você quem sabe cantor, vou atrás mais clientes - Ele sai da cozinha e vai ate a sala, aonde esta a maiorias dos idiotas. (Parece que minha fantasia de Cantor falido funcionou)



Ja são mais de 10 horas, quase 20 minutos depois que vi o fumante das pílulas. Nesse meio tempo bebi um pouco de vodka e comi alguns doces, avisando que eu mesmo fui buscar, então eu não estou chapado ou bêbado, na verdade não lembro a ultima vez que fiquei. Lembra do "Bom garoto"? Sou ate hoje, o filho mais novo, o orgulho da família. Ok vou parar de me gabar. Voltando a festa, a realidade, resolvi ir atrás de sarah, quero ir embora logo e não aguento mais essas musicas adultas. Sai da cozinha e fui ao "coração da festa" (a enorme sala) . Depois de alguns minutos procurando, adivinha, nada de sarah. Agora so tem um lugar, o segundo andar, aonde fica os quartinhos do sexo. Foda-se. Subi as escadas e cheguei nos corredores vazios onde estava mais quieto que la embaixo, coloquei as mãos nos bolsos da calça e voltei a caminhar, todos os quartos estava fechados, menos um, uma suite enorme, antes que eu voltasse a procura de sarah e vi um cara grande, robusto subir as escadas, isso não era do meu interesse ate o Mike, a raposinha, aparecer logo atrás dele, ele estava com a bochechas muito vermelhas e com uma das mãos em cima do volume do calça, pelomenos agora eu sei pra que era a pílula. O maior estava segurando o pulso do menor e indo ate a suíte, parecia que os dois estavam bêbados, era uma cena tanto desagradável, aquele cara estava com um sorriso malicioso e o garoto todo excitado. Naquele momento lembrei que mike foi uma das minhas das minhas primeiras paixões (a única na verdade) e não iria deixar um idiota foder ele no mesmo local que eu. Então como estava em frente a suite resolvi esperar na porta. O robusto para em minha frente e me diz.


Idiota- O que foi? Sai da frente e da o fora - o menor ficor em silêncio soltando leves gemidinhos e olhando pra baixo, (Serio que ele não me reconhece??)

Thomas- A raposinha e minha, e acho melhor soltar o pulso dele

Idiota- Eu achei primeiro, e achado não e roubado, alem disso ele me pediu.

Thomas- Eu não ligo quem achou primeiro ou se ele pediu, e melhor soltar ele agora antes que eu faça você soltar

Idiota- E quem você pensa que e pra mandar em min?

Thomas- Thomas Willians, sou amigo da sarah e namorado da raposinha - O garoto menor olha pra min sem entender nada, ele esta bêbado provavelmente não vai se lembrar disso amanhã. O bruto soltou o garoto assim que ouviu meu nome.

Idiota- Tanto faz, ele e seu - Ele vai embora, voltando pra festa.

Mike- N.não, volta - O garoto ameça ir atrás dele mais seguro o pulso do menor

Thomas- Não, fica aqui

Mike- E.eu preciso - Diz o garoto todo corado... Droga... O que eu faço agora?

Thomas- Perceptível - O menor solta um leve gemido e abraça meu pescoço

Mike- Pode ser você então~~

-----------



"Não vou tirar a virgindade de alguem hoje" foi o que eu disse mais cedo. Mais ele ta pedindo e eu não  vou resistir...


Notas Finais


Aceito qualquer tipo de crítica e correção de escrita, obrigado por ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...