1. Spirit Fanfics >
  2. Eight

História Eight


Escrita por:


Fanfic / Fanfiction Eight
Sinopse:
Ji Eun e Jin Ri eram inseparáveis. Nem mesmo quando Jin Ri foi expulsa da casa dos pais, quando descobriu que seria mãe solteira, Ji Eun saiu do seu lado. As duas garotas batalharam muito e permaneceram juntas até o fim. Sim, o fim da vida de Jin Ri, que vítima de um acidente fatal, acaba deixando sua única filha aos cuidados da melhor amiga. Comovida pela carta testamento e pelo amor que sente pela pequena Momo, Jin Eun enfrenta as dificuldades típicas de quem passa a ser mãe de uma hora para outra, além de superar um luto que parece incurável.

song!fic — ©roseum
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 98
Favoritos 22
Comentários 13
Listas de Leitura 5
Palavras 2.904
Concluído Não
Categorias F(x), IU, Neo Culture Technology (NCT, NCT 127, NCT U, NCT Dream, WayV)
Personagens Lee Ji-eun "IU", Sulli Choi, Taeyong
Tags Drama, Luto, Maternidade, Superação

NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama / Tragédia, Famí­lia, Literatura Feminina, Romântico / Shoujo, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de difamar ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
. one: não existem despedidas planejadas
7
56
950
 
2.
. two: a pequena ilha que fizemos uma para a outra
6
42
1.954

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por klimtaes
Capítulo 2 - . two: a pequena ilha que fizemos uma para a outra
Usuário: klimtaes
Usuário
"A pequena ilha que fizemos uma para outra"... O nome do capítulo... *suspiro*
As coisas que a Sulli disse parecem tão inofensivas, mas ao mesmo tempo são alertas tão fortes. Amei como tu colocou isso na história, as pessoas sempre dão sinais. Já dizia o ditado, quem tem amigos tem tudo e mesmo sem perceber ela fez o possível para ajudar a amiga. Que dor descobrir que uma pessoa que você ama tanto se sente assim, invisível.
O engraçado é que esse capítulo me lembrou a parte em que eu parei de escrever uma das minhas fics; a mesma cena: Taeyong se despedindo da protagonista (talvez um sinal para eu continuar?) e ela sonhando com o lugar em que vai morar. Acho que já sacamos esses dois rs.
Amo como essa história também é uma carta (acredito eu). "Se um escritor se apaixonar por você, você jamais vai morrer" se aplica não só a amores românticos, mas a pessoas que fazem parte da vida e decidimos eternizar na escrita... me alonguei por aqui, mas esse capítulo me fez pensar muitas coisas. Amei <3
Postado por tseperi
Capítulo 1 - . one: não existem despedidas planejadas
Usuário: tseperi
Usuário
o amor que é passado nessas palavras da Iu é latente. é apaixonante como você escreve, o carinho tão real que pode facilmente ser confundido como um relato da vida fora da internet. é tudo tão bonito, tão perfeito. o plot, o jeito que você descreveu tudo, um amor.
a tristeza do luto sem romantização, a saudade que é constante quando perdemos alguém. isso é tão bonito, sério. eu to apaixonada <3
obrigada por escrever!
Postado por klimtaes
Capítulo 1 - . one: não existem despedidas planejadas
Usuário: klimtaes
Usuário
Por onde começar?
Plot incrível sim ou claro??? Meu coração de velha sensível e romântica às vezes pede uma história assim, sabe? Com dramas cotidianos. Que narrativa sensível! Estou muito ansiosa para ler o desenrolar da história 💚
Postado por vanis01
Capítulo 1 - . one: não existem despedidas planejadas
Usuário: vanis01
Usuário
Amada, pq vc é assim???
Sabe tocar direitinho onde dói...
Que lindo, doce, sutil e incrível!! Assim como vc! 😘💚
Postado por Mairsile
Capítulo 1 - . one: não existem despedidas planejadas
Usuário: Mairsile
Usuário
Já te disse hoje o como tu é incrível??

Nenhuma novidade que chorei o capítulo inteiro, fiquei arrepiada e com um nó na garganta. Tudo é tão sensível, lindo e delicado. Coisa que todo bom drama deve fazer e é por isso que eu amo tanto quando tu escreve drama. E com Eight não podia ser diferente, né?

Parabéns amiga, tá tão lindo demais!
Tu só me deixa mais e mais orgulhosa! ❥❥❥