História Ela é diferente... - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 2
Palavras 414
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 2 - O Flautista


Fanfic / Fanfiction Ela é diferente... - Capítulo 2 - O Flautista


O Flautista
Era um homem de cabelos pretos e olhos pretos também, e consigo também levava uma mochila velha e vestia uma capa preta até o pescoço com detalhes brancos. Junto contigo, tocava uma flauta de madeira. A sua beleza e serenidade me encantava e trazia paz para a minha mente, ele estava tocando uma música serena e devagar, o som não era distorcido, ou seja, ele era um flautista ( pessoa que toca flauta bem ) .                    
Fiquei mais de dez minutos escutando-o tocar tão bem, mas derre pente, pula em cima de mim um mosquito enorme ( 50 cm ) , rapidamente o corto com a minha katana, mas infelizmente,  o mosquito deu um grito tão estrondoso, que ele parou de tocar a flauta e assustou-se.
- Tem alguém ai? - Ele disse.
-..... - Eu não respondo nada.
Ele se levanta e procura entre os arbustos, ele finalmente chega onde eu estava escondida, eu estava ali de pé, parada em frente ao enorme mosquito, com minha katana em mãos, bufando.
Virei-me e vi-o atrás de mim, a sua cara parecia assustada, e eu, eu estava vermelha de vergonha. Oque aquele mosquito estúpido fez? Eu falava em minha mente. Ele tirou da mochila uma espada de aço, que parecia bem pesada. Ele saiu do arbusto e parou em minha frente com o rosto abaixado, seu cabelo o cobria os olhos. Logo ele movimentou sua espada e tentou me atacar, defendi o ataque com minha katana, usando como escudo. Ele achava que eu seria uma ameaça? Seu rosto se assustou mais ainda, ele sussurrou para si mesmo:
- Isso é impossível, uma garota nunca seria tão forte.
Ele contra ataca de novo, com um golpe mais pesado, eu escapo me virando, mas eu pensei o seguinte: Se ele quer lutar, então eu vou fazer direito.
Eu já havia treinado esgrima com o meu professor de educação física, então desviei de seu golpe, a katana bateu em sua espada e fez-a cair no chão, e apontei a katana para o seu pescoço e ele falou:
- Olha, calma, calma. Não faça isso.
- Então porque começou a luta?
-.... - Ele ficou sem resposta.
- Para ser sensata - eu tiro a katana apontando para o seu pescoço e seguro ela normalmente - eu não queria lutar com você, flautista.
-Me desculpe achei que você fosse uma das bruxas.
-Bruxas?
- Sim elas habitam muito aqui.
- Mas, me conte mais sobre isso...
Continua...



Notas Finais


Espero que tenham gostado! :3
Sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...