História Ela é diferente... - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Visualizações 1
Palavras 422
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Sz

Capítulo 3 - A Sua História


Fanfic / Fanfiction Ela é diferente... - Capítulo 3 - A Sua História


A SUA HISTÓRIA
- Tudo começou quando eu fugi de minha casa.
Eu cheguei nesta floresta, saindo de um vilarejo simples e frio, eu era um flautista, tocar flauta era o que mais me acalmava, mais dois dias se passaram e duas grandes mulheres de roupas verdes e roxas, tentaram me atacar com 2 katanas, iguaizinhas a sua, por isso eu tentei te atacar, eu consegui derrota-las mas elas se desmancharam em pó, como mágica, e a qualquer hora poderão se regenerar e voltar a querer me atacar.
- Ahhh, então está certo.
Cada um vai para o seu caminho e nós fazemos um sinal de '' tchau'' um para o outro. Caminho pelo meio da floresta e encontro uma raposa e ela me diz :
- Cuidado se por esse caminho passar-te, cuidado com monstro ele pode devorar-te.
Virei para esquerda. Afinal não queria ser devorada por um monstro. A esquerda, encontrei um lobo e ele me falou:
- Cuidado se por esse caminho passar, você poderá se machucar.
Na minha mente afinal, não tinha problema algum se machucar de leve. Fui para o caminho da esquerda.
Quando entrei nele, o primeiro desafio foram roseiras, fácil.
O segundo lobos treinados, fácil, cortei-os com a katana.
O terceiro eram quedas de árvores, médio, sou ágil para isso.
O quarto eram deslizamentos de areia e neve, difícil mas consegui passar.
O último era anestésico, o injetavam mais e mais em mim, eu não sabia porque, vinham mais e mais pessoas, minha visão começou a embaçar e logo cai em sono profundo.
 Eu acordei em uma cama feita de madeira. Lá não era minha casa, tinha apenas duas pessoas, mas não os conseguia identificar, pois minha visão estava super embaçada. E ela desembaçou, desembaçou,e eu vi dois homens, um mais velho e...... e ............ O FLAUTISTA!!!!  
- F-f-flautista? Oque eu to fazendo aqui? Como eu cheguei e --
-Shiiiu! Aqui é um hospital sabia? Faça silêncio! Este é o Dr. Casca. - Ele me respondeu sem vergonha nenhuma.
E o Doutor diz:
- Você teve muitos ferimentos! Devem estar ardendo não? E afinal estava anestesiada quando ele te encontrou.
- NÃO, quer dizer, não obrigada doutor- Eu levanto, pego minhas coisas e vou embora dando um tchau - Tchau.
Sinto algo tocar meu ombro levemente, me impedindo de sair, e ouço falar:
- Não vá embora, por favor, nos conte oque aconteceu.
Eu viro para trás rapidamente e tiro a sua mão de meu ombro.
-Eu não preciso, obrigada. - Eu digo.      
Não...
Continua....



Notas Finais


Sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...