História Ela é tão sem graça - Capítulo 1


Escrita por: e whathenbhd

Postado
Categorias JBJ
Personagens Kim Donghan, Kim Yongguk, Takada Kenta
Tags Donghan, Dongkencall, Jbj, Kendongcall, Kendongguk, Kenta, Yongguk
Visualizações 176
Palavras 581
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente :3

Primeira ficzinha com a minha co autora maravilhosa <3

Boa leitura.

Capítulo 1 - Único


Me explica uma coisa hyung? Se você ama tanto sua namorada por que ela vive surtando de ciúmes quando vê uma foto nossa circulando por ai?

 

Você havia ressaltado tantas vezes que era hetero. "Nunca me envolvi com um homem e nem pretendo!". Não foram essas suas palavras, Yongguk?

 

Portanto não há motivo para a sua namorada surtar tanto assim por uma foto. Ela até sabe que eu e o Kenta estamos num romance! Por que ela implica tanto contigo então?

 

Talvez ela saiba hyung. Saiba que Aquele seu sorriso nervoso para câmera é porque qualquer breve toque de minha mão ou a de Kenta em suas cintura faz com que suas pernas tremam e você tenha de lutar com todas as forças para não fechar os olhos e aproveitar a sensação.

 

Suas conversinhas nunca me convenceram, sabia? Essa estória de você ter medo de trovões e precisar dormir na cama comigo e com o Kenta só porque nós te acalmamos nunca nos convenceu.

 

Isso sempre fora uma desculpa para você ficar perto da gente. Eu via sua nuca arrepiar sempre que eu o envolvia as costas em um abraço aconchengante. Você gostava de estar entre nós dois. Gostava de sentir cada parte de nossos corpos entrelaçados na cama com a desculpa de nos aquecer. E aquilo nos aquecia, não é, hyung? Até demais e talvez nos lugares errados.

 

E você se sentiu quente naquela manhã, eu aposto, quando espiou Kenta e eu aos amassos na cozinha quando achávamos que você ainda dormia. Você estava ofegante, tentando se esconder na porta, mas eu vi seus olhos se encherem de luxúria enquanto observava Kenta me devorar com os lábios. E eu gemi, jogando minha cabeça para trás enquanto segurava os cabelos dele com força, quando vi você morder os lábios. Porque tudo que eu conseguia pensar era que os lábios de Kenta não eram os únicos que eu queria sobre meu corpo e em como os seus pareciam deliciosamente vermelhos.

 

É por isso que ela implica tanto contigo quando estou por perto? Porque você nos deseja muito mais do que ela? Porque ela sabe que os únicos nomes que você quer gemer com todas forças são o meu e o de Kenta?

 

Negue o quanto quiser, mesmo assim não me convencerá. Eu percebo o quanto fica inquieto quando eu saio do banho com apenas uma toalha enrolada na cintura. Você não consegues disfarçar seus olhares, muito menos quando começa a gaguejar e se apressa ao se trancar no banheiro.

 

Ela já me deixou bem claro pra não tocar no que não é meu, mas como pode ser dela se eu sei que você nos quer tanto?

 

Você não a ama, apenas repete palavras que lhe ensinaram. Acomodado. Se parasse de mentir, ou fingir que não sabe o que realmente acontece entre nós, não viveria assim tão cansado de todo esse teatrinho.

 

Se ela se for nós finalmente nos amaremos? Nos ame hyung! Nos ame de todas as maneiras que quiser.

 

Por que ela ainda está ao seu lado? Ela parece tão sem graça, Yonggukie.

 

Ela não te faz feliz como nós fazemos.

 

Talvez ela só não sabe como te fazer arrepiar o corpo todo com apenas um selar. Ou o quanto você gosta que te apertem os mamilos entre os dentes da forma que fizemos. Na verdade tudo o que precisas tem bem aqui entre minhas pernas, que só eu sei o quanto você foi hábil em chupar até a última gotinha.


Notas Finais


Não me batam!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...