História Ela está viva - Capítulo 120


Escrita por:

Postado
Categorias Depois das Onze, Natalia "Nah" Cardoso
Personagens Gabie Fernandes, Personagens Originais, Thalita Meneghim
Tags Depois Das Onze, Revelaçoes
Visualizações 51
Palavras 1.192
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura bacanas 💙

Capítulo 120 - Noite linda


Fanfic / Fanfiction Ela está viva - Capítulo 120 - Noite linda

-Maressa on-

Eram 18:00, quando comecei a me arrumar. Agora às 19:30, eu estou praticamente pronta. A Thali e a Alice estavam no quarto junto comigo.

Alice: Pra onde você vai tão arrumada mamãe? (Disse vendo eu terminar de me maquiar)

Thali: Ela vai encontrar o boy dela. (Disse segurando o riso)

Alice: Boy? (Falou confusa)

Thali: O tio Vini, Alice.

Alice: Aaa, eu não sabia que o tio Vi, era boy da mamãe.

Mah: Alice, não vai na onda da tua tia. E ele não é meu boy. (Falei encarando a Thalita pelo espelho)

Thali: Ainda. (Falou me provocando)

Mah: Não mais. (Encarei ela com a sobrancelha esquerda arqueada)

Alice: Boy? É amigo, tia Thali?

Thali: É sim, meu amor. Pode chamar o tio Vini de boy da mamãe. (Disse segurando o riso)

Mah: NÃO. (Falei levantando da penteadeira e indo até elas). Alice, o tio Vi é só o tio Vi. Está bem? (Falei abaixada na frente da pequena)

Alice: Tá bom.

Mah: Para de ensinar essas coisas pra menina. (Falei entre dentes, a Thali gargalhou e eu bati na cabeça dela)

Thali: Ai

Mah: Deveria ter dado um mais forte. (Falei olhando pra ela com os olhos semifechados)

Terminei de me arrumar.

Mah: Pronto. (Falei quando coloquei meu brinco)

Thali: U-O-U. Mana, tá linda.

Alice: A minha mamãe, tá maravilhosa.

Mah: Obrigada. (Sorri)

-Thalita on-

A Maressa tava muito bonita, maquiagem maravilhosa, batonzão vermelho, um vestido midi, colado, cinza com listras brancas. E um tênis branco. A Alice olhava para ela com os olhinhos brilhando.

Mah: Eu vou indo. (Disse pegando a bolsa e a chave do carro)... Tchau meu amor. (Beijou a testa da Alice) Às dez, já na cama, mocinha. (Disse fazendo um carinho leve no rosto da pequena)

Alice: A mamãe, eu queria dormir mais tarde. (Falou de bracinhos cruzados e a Maressa riu. Sabíamos que às 21:00 ela estaria caindo de sono)

Mah: Tchau mana, boa saída com o Rafinha. (Beijou minha testa)

Thali: Pra você também. Mas eu não vou sair com o Rafa não. (Beijei sua bochecha e ela balançou a cabeça negativamente). VÊ SE, SE PROTEGE NÃO QUERO SER TIA AGORA. (Falei meio enquanto ela saía, ela voltou, abriu a porta e me mostrou o dedo do meio)

Mah: VAI SE FERRAR. (Falou rindo enquanto descia as escadas)

Eu gargalhei e a Alice me olhou sem entender absolutamente nada.

Thali: O que acha de comermos um petit gateou?

Alice: A vovó, não vai deixar.

Thali: E quem disse que ela precisa saber? (Sussurrei). É o nosso segredinho. Ok? (Mostrei o dedo mindinho a ela e ela sorriu mostrando o dela também). Tá jurado, ein. Não pode contar a vovó, nem a mamãe. (falei quando soltamos os dedos)

Alice: Não vou dizer.

Thali: Então vamos tomar banho para sair.

Alice: Iupeeeee. (Disse pulando na cama). Onde vamos?

Thali: Shopping?

Alice: Eu adoro ir no shopping. (falou enquanto tirava a roupa, para eu dar um banho nela)

Thali: Eu também. Tu já viajou de avião Lice?

Alice: Não. Minha mamãe falou que quando eu crescer mais ela vai me levar lá no Rio de Janeiro.

Thali: Você quer conhecer lá? (Falei enquanto andávamos para o banheiro e ela balançou a cabeça afirmando)... A tia Thali já morou lá, sabia?

Alice: Sério? (Falou com os olhinhos bem atentos a mim) e lá é como tia? Lá é grande? É bonito? E as praias?

Thali: Lá é bem bonito sim. Tenho certeza que vais amar.

-Maressa on-

Resolvi o negócio que eu precisava resolver e fui buscar o Vi. Mandei mensagem.

Mensagem on

Mah: Já estou aqui no prédio. Vou subir pra falar com a Gabie e passo no teu ap.

Mensagem off

Desci do carro. Subi e toquei a campainha. A ruiva veio atender com uma toalha enrolada na cabeça.

Mah: Oi miga (sorri)

Gabie: Oi miga... Entra. (Falou dando espaço para que eu entrasse)

Mah: Passei só pra te dar um abraço e ver se está bem. (Falei entrando e abraçando a ruiva)

Gabie: Brigada (sorriu mas notei que ela estava meio triste)

Mah: Tá tudo bem? (Falei arqueando uma sobrancelha)

Gabie: uhum, tá sim. (Sorriu sem mostrar os dentes)

Mah: Ok, Gabie. Eu namorei quase três anos com você e eu sei muito bem quando você não está bem. Poxa, sabes que pode contar comigo pra tudo.

Gabie: Minha avó.

Mah: O que tem ela? (Falei preocupada)

Gabie: Está internada. (Falou e começou a chorar)

Mah: Ouu amiga. (Abracei ela forte). Eu vou sair com o Vi agora. Mas quando eu voltar do restaurante, eu passo em casa e venho dormir aqui, tá bom?

Gabie: Não precisa se preocupar. Eu vou ficar bem. (Disse sentada no sofá)

Mah: Até mais tarde, Gabie. (Falei saindo sem esperar uma resposta da ruiva)

Fui até o apartamento do Vinícius e apertei a campanhia. A tia Ju quem abriu.

Ju: Oi meu anjo... Nossa como você está bonita. (Disse dando espaço para eu entrar).

Mah: Oi tia. Obrigada (sorri e entrei no ap)

Ju: O Vi tá no quarto dele, podes ir chamar ele. (Disse indo para cozinha)

Mah: Vou lá então. (Falei andando até o quarto do loiro)

Abri a porta e vi apenas suas pernas esticadas na cama.

Mah: A então quer dizer que o senhor ainda não está pronto. (Falei entrando e fechando a porta)

Vini: Acabei de ver tua mensagem. (Disse sentando na cama e pude ver que ele estava sem camisa)

Ficamos um tempo nos encarando, ele claramente olhando meu decote e o vestido que desenhava meu corpo e eu o tanquinho bem definido dele. Parei de olhar pra ele e resolvi zoá-lo. Fui chegando mais perto, até ficar frente à frente com ele. Baixei e deixei nossos rostos bem próximos.

Mah: Se tu não fechares essa boquinha (empurrei o queixo dele com o indicador), vais alagar o quarto, bebê. (Dei uma piscadinha e fui rumo a porta)

Vini: Modesta você né (disse ironicamente vestindo a camisa e eu dei risada)

Mah: Anda logo, criança.

Vini: Criança é? Vou te mostrar a criança (veio correndo até mim e começou a me fazer cócegas)

Fomos andando até a cama, ele me deitou e ficou por cima de mim, ainda fazendo cócegas.

Mah: Vi, para... Para... Vinícius paraaaa. (falei dando murrinhos nos ombros dele enquanto eu gargalhava)

Ele finalmente parou e ficamos nos encarando. Um olhando dentro dos olhos do outro. Ele foi se aproximando, até que quando notei nossas respirações já eram quase uma só. Afastei ele.

Mah: Vamos? (Falei tentando me levantar e ele saiu de cima de mim)

Vini: Éééé... Vamos (disse me dando a mão)

Nós fomos juntos até a sala.

Mah: Tchau tia. (Beijei a bochecha dela, que estava assistindo tv)

Ju: Tchau meu anjo. Almoça conosco amanhã?

Mah: Claro. Vou dormir na Gabie hoje (sorri)... A propósito tia, posso trazê-la?

Ju: É claro meu bem, vocês voltaram?

Mah: Não tia. (Sorri sem mostrar os dentes). Mas eu e Gabie nunca deixamos de ser melhores amigas, mesmo depois do término.

Ju: Entendi. Bom jantar... Vini, não esquece que eu vou dormir lá na sua tia hoje.

Vini: Ta bom, mãe. Tchau. Benção?

Ju: Deus abençoe vocês.

Mah: Amém tia. Tchau

Ju: Tchau meus amores.

Saimos do prédio, entramos no meu carro.

Vini: Carro cheiroso. (Falou colocando o cinto)

Mah: Igual a dona. (Falei ligando o carro)

Vini: Jura? Deixa eu ver se é mesmo? (Se aproximou e cheirou meu pescoço, o que me fez arrepiar). Tem razão, cheiroso igual a dona.

Mah: Eu sempre tenho razão (dei risada)

Vini: Engraçadona... Vai ser uma noite linda. (Falou olhando para o céu)

Mah: Vai mesmo. 


Notas Finais


Ó quem voltou... Sorry, pelos dias sem postar. As aulas voltaram e eu fiquei meio doida com meus horários.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...