História Ninguém vai acabar com esse amor - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Orgulho e Paixão
Personagens Aurélio Cavalcante, Julieta Sampaio Bittencourt "Rainha do Café"
Tags Amor, Aurélio, Aurieta, Eduarda, Julieta, Love, Orgulhoepaixão, Romance, Vitoria
Visualizações 418
Palavras 1.162
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei com mais um capítulo espero que gostem e não esqueça de favoritar por favor e comentem o que achou no final

Capítulo 7 - FURACÃO DE MUDANÇA PART 2


- dona Julieta , ele me envio uma carta e disse que não volta mais - ema dá a notícia a Julieta que fica disnortiada

O que levou a tal coisa

2 DIAS ANTES

- tô com medo Aurélio de ter algo haver com o sumiço de Eduarda leia por favor -aurelio pega da mão de Julieta a carta

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

Aurélio Cavalcante

      Sim essa carta é para o senhor e somente para o senhor pode ler para esse rainhazinha do café mais fique ciente que se o senhor não aceitar minhas condições daqui em diante vou fazer a filha mais velha de sua amada sofrer muito mais do que está passando a sofrer Aki em meu braços sim em meus braços nossa noite foi ótima Ah julieta Julieta a senhora caprichou ela é muito ... Atraente é o seguinte quero que o filhote de barão venha ao meu encontro no bosque dos cavalos o senhor sabe onde é sozinho sem ninguém eu solto a menina e faz o que lhe pedir só isso é bem simples hoje às 15:00 da tarde quando todos estão em casa

                                   Xavier Vidal

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

- Aurélio ...- Julieta se senta na cadeira quase desmaiando

- Mercedes - Aurélio grita - traga água para Julieta por favor

Mercedes foi com a velocidade da luz E trouxe a água na temperatura normal

- meu amor eu vou me encontrar com ele e tudo vai dar certo eu prometo que Julieta vai estar do seu lado em breve - Aurélio abraça Julieta enquanto a rainha do café chorava

- Aurélio ... Depois de tantos anos , ela volta e acontece isso com ela - Aurélio tentava ao máximo consolar julieta

As horas iam passando já era hora do almoço e resolveram não comer a aflição era grande e parecia que as horas não passavam desde que receberam a carta não se desgrudaram foram para o escritório e dela só saiam pra cozinha Julieta estava preocupada e sem ainda entender por que somente Aurélio e por que ele ? Não estava gostando nada de Aurélio estar correndo perigo

- e se for uma armadilha para você ? - Julieta estava deitada no sofá junto com Aurélio

- se eu ou Eduarda não voltar até às 22:00 você já pode considerar uma armadilha-aurelio acalentava Julieta

- não sei eu devia ir com você- Julieta já estava toda desarrumada

- na carta dizia que era somente para eu ir e é melhor respeitarmos a exigência de Xavier - Julieta nada responde só se ajeita mais nos braços de Aurélio

Eles ficam ali até dar 14:30 chegará perto da tão esperada hora de ir ao encontro daquele monstro e foi isso que Aurélio fez se despediu com um beijo de Julieta e foi encontrar Xavier

O local marcado não era muito longe mais era bem escondido para todos por isso era um ótimo lugar para esse tipo de "negócios"

Aurélio enfim chegou ao local cinco minutos antes do horário

- Sr Aurélio o senhor é mesmo um.... Homem quase perfeito

- Xavier cade Eduarda já a soltei a 15 minutos e nesse momento deve estar com sua mamãe

- e porque me chamou aqui? Se já solto Eduarda

- então ... Eduarda e Julieta ah ema também

- não ouse falar de minha filha

- calma , elas significam muito para o senhor não?

- mais é claro , por que essa pergunta?

- eu tenho poder de tirar todas elas de vida em um estalar de dedos

- você não teria coragem de fazer isso

- teria e tenho , mais o que eu quero é bem simples

- faço o que você desejar mais tem que me prometer que não vai tocar em nem uma das três

- eu prometo , mais o senhor vai prometer que vai sumir , sumir mesmo fora do Brasil e.... Só pode ter contato com ema faça isso ou as três morrem tenho capangas em São Paulo e dois na mansão Bittencourt

- não acredito nisso , Xavier que Nivel você chegou

- foram medidas necessárias agora você vai fazer o seguinte vai lá na sua rainha de quinta e termine tudo com ela a faça chorar se não fizer isso eu faço de suas mulheres pó

Aurélio não responde sai infuriado direto para a mansão Bittencourt com apenas e somente um pretesto a fazer e seria a última coisa que faria no vale do café

Enfim já se passava das 19:00

- Aurélio meu Deus já estava preocupada , Eduarda veio sozinha e...

- cade Eduarda? - Aurélio interrompe julieta

- estou aqui- Eduarda abraça Aurélio muito forte

- onde ele te solto ? - Aurélio passava a mão no rosto de Eduarda preocupado

- na estrada aqui Perto mesmo , assim que ele me deixou lá vim correndo para cá com muito medo - Eduarda já havia tomado um banho e descansado

- ele te fez algo de ruim? - ele não soltava a mão de Eduarda e Julieta estava incrédula que Aurélio mal se direcionou a ela

- na verdade eu nem vi Xavier eu apenas fiquei em alguma cabana e um dos capangas traziam comida para mim , água , mais Xavier nunca apareceu por lá e nem ouvi a voz dele sempre era dois caras as vezes ficava somente um - Eduarda chora relembrando e abraça Aurélio

- está tudo bem , graças a Deus ficou tudo bem , é.... Eu preciso tomar um banho e já desço para jantar

Aurélio em menos de 10 segundos some , parecia que ele estava fugindo na verdade não parecia ele estava fugindo de? De julieta não queria encara-la agora mais era necessário uma hora ele teria que falar pois da janela de seu quarto viu de longe os Capangas que Xavier havia comentado

Já se passava horas do jantar Eduarda e Julieta jantaram sozinhas

Aurélio observava o céu estrelado e a lua minguante e como sempre pensando em Julieta e que adiar essa conversa poderia estar botando em jogo vidas inocentes e que tanto amava , Aurélio é dispertado de seu transe com uma batida na porta

- pode entrar - Aurélio se vira para a porta

- sou eu , Meu amor - Julieta abre a porta com um sorriso de orelha a orelha

- Olá Julieta -. Julieta vinha em direção a Aurélio mais ele caminha para a direção dela para desviar

- Aurélio o que está acontecendo ? Quando chegou mal me olhou se preocupou apenas com Eduarda e eu que sou sua noiva como fico? Abandonada é?

- precisamos conversar sobre nossos noivado- Aurélio que até então se Mantia de costa vira-se

- é.... Sobre a festa? - Julieta não entendia o que acontecia Ali

- não , Julieta eu quero terminar nosso noivado - aquilo foi como uma facada no coração de julieta nunca havia sentindo tamanha dor

- co...como? Aurélio? Que brincadeira sem graça em por favor - julieta sorri nervosa

- eu me enganei , Julieta Bittencourt eu não te amo e nunca amei eu .... Apenas me enganei

CONTINUAAAA


Notas Finais


Eai? Ficou boa? O que acham que vai acontecer? EIIII você sabia que já tô escrevendo outra FIC pois é o nome é
" A bordo no navio ouro verde" voces vão Gostar por favor passem lá e comentem e favoritem ela tambem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...