História Ela precisava de ajuda - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Auto-mutilação, Cortes, Depressão, Ódio, Overdose De Remédios, Romance, Suícidio
Visualizações 29
Palavras 397
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa Leitura!

Capítulo 7 - Precisamos encaixar as coisas


Fanfic / Fanfiction Ela precisava de ajuda - Capítulo 7 - Precisamos encaixar as coisas

Após entrar em casa quando comecei a subir as escadas lembrei-me de quem era a voz, e por incrível que pareça, era do Eduardo, não fazia sentido o fato dele ser tão bom comigo uma hora, e outra ser assim, psicopata, não, na verdade não pode ser, precisamos encaixar as coisas. 

Abri a porta do quarto e logo deitei na cama, fiquei olhando o teto por uns 30 minutos até que ouvi o barulho de um sms, fui olhar e adivinha quem era? Isso mesmo, Eduardo! No começo pensei em xingá-lo e fazer tudo possível para descontar minha raiva, mas resolvi pensar com a cabeça fria, então logo o questionei:

👤Eduardo(Online)                             📞☏


-Oie, tudo bem?

Tudo... Vc tem uma confidente ou algo do tipo?

-Algo do tipo ss, eu ia numa psicologa, Meus pais me acusaram de Bipolaridade

-Sério?

-Sim, pq?

-nd rsrs

Eu achava que tudo estara   resolvido,mas parece que seria difícil me livrar dele, bem, não livrar, mas tenho medo de gente assim, é melhor agir com cautela, pouco a pouco.

Eu estava cansada, mas não parei de me envolver mais nisto, pesquisei mais e mais sobre a bipolaridade, e cara, 1 parte dele era depressiva, a outra psicopata, e agora?

 Mas é mais do quê certo que se eu for morrer, antes de morrer eu preciso solucionar isso, talvez eu morra o fazendo, mas não seria tão ruim assim, admito eu que isso é me traz uma boa adrenalina, e talvez termine o quê eu não tive coragem de fazer.

Arrumei as coisas e demorei uns 30 minutos no banho, a água estava fervente, o quê me causou uma dor intensa após eu ver um corte em meu ombro, não estava cicatrizado, mas também não sangrava muito, bem, de qualquer maneira doeu. Saí do chuveito logo, além de eu estar com um corte estranho, eu estava toda roxa e dolorida, tomar um banho curto dessa vez seria melhor.

Coloquei minhas roupas longas e largas e desci para comer algo logo:

-Onde você estava, filha?

-No parque, Mãe. Eu pensei um pouco e disse.

-Acho bom, tente não se perder por aí. Ela disse rindo ironicamente.

Não disse nada e abri a geladeira para pegar algo para fazer um lanche, o fiz e subi ao quarto.

Ao entrar no quarto arrumei as coisas da escola e fiz as lições de casa, que durou mais ou menos, 1 hora e pouco. Passei a madrugada mexendo no celular, e logo adormeci chorando novament


Continua....





Notas Finais


Obrigada por ler❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...