História Elastic Heart (Imagine Park Jimim) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Suga, V
Tags Daddy, Estrangeira, Gostoso, Jikook, Jimim, Jungkook, Oppa, Sexo, Tatuagem
Visualizações 89
Palavras 1.251
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu não deveria, mas estou postando o segundo capítulo, pq sim...
Eu não sei se estou agradando, mas seja qual for o sentimento de vcs, pf falem... Ou a fic vai acabar.. 😢

Boa leitura!

Capítulo 2 - Uma ajudinha?


Fanfic / Fanfiction Elastic Heart (Imagine Park Jimim) - Capítulo 2 - Uma ajudinha?

- Ei? - voltei a boate de ontem, tinha que encontrar aquele cara. Então ninguém melhor para saber dele do que seu amigo garçom. - Você conhece o Jimim, Park Jimim? - me corrigi balançando a cabeça.
- Ei você é a estrangeira de ontem...
- Eu não lembrava de você tão bonito assim. - falei em um sussurro.
- O que? - acho que deu pra ouvir.
- Você sabe onde posso encontrar o idiota do seu amigo? - o garçom fez uma cara de desconfiança.
- Não sei se posso te dar o endereço do apartamento dele... - ele coçou a cabeça, parecia pensar. - Essa hora ele tá no estúdio.
- Claro! Como não pensei nisso!? - dei um leve tapa na minha própria testa. - O melhor tatuador da cidade! - repeti a sua frase de mais cedo.
- Você parece ele falando! - o rapaz riu fraco e eu revirei os olhos.
- Vai me dizer aonde fica ou vou ter que sair perguntando na rua? - coloquei a mão na cintura, tava ficando sem paciência.
- Três quarteirões à esquerda e...
- Valeu! - cortei ele e sai correndo.

                  * quebra de tempo *

- Nossa! - falei olhando o lugar por fora. Então resolvi entrar.  - O-oi é... - o garoto atrás do balcão me olhou confuso. Porra, só tem gente bonita nessa cidade? 
- Se não veio fazer uma tatuagem, deve estar atrás do Jimim. - ele tinha uma voz grossa e rouca, que o deixava mais gostoso ainda.
- Isso!- dei um sorriso desnecessário.
- Ele tá ocupado, não....
- É urgente, é muito sério mesmo! - fiz uma cara de triste.
- Você tá grávida dele? - o garoto de cabelos azuis riu debochado.
- O que?  Não é isso! Eu só...
- No final do corredor.  - ele me cortou e eu saí  andando.  - Espera, pode dizer pra ele que vou dar uma saída rápida Ok? - fiz sim com a cabeça e continuei andando.


O tal Jimim tava retocando ou fazendo uma nova tatuagem em seu ombro. Wow, esse cara era um deus grego. Gostoso pra porra. Sem camisa, ele tinha tatuagens pelo corpo todo, estava  sentado com um espelho em sua frente.
Passei o olhar pelo cômodo, tinha uma maca, como as de hospital, acho que era aonde ele fazia as tatuagens dos seus clientes. Desenhos em quadros por todo lugar nas paredes.
Fiquei parada na porta como uma criança admirando o quarto novo.
- Gosta do que ver?  - o rapaz falou com um leve sorriso no rosto, sem olhar pra mim, me tirando do meu transe.
- Ah... Lógico que não! - falei entrando e me aproximando dele. Era impressão minha ou tava ficando quente aqui. Balancei a cabeça, afastando esses pensamentos. - Vim devolver seu celular que você deixou na minha cama de propósito . - Joguei em cima da maca que ele se apoiava. E me virei indo embora.
- Aonde pensa que vai? - a voz dele soou como um trovão no meu corpo. - Calma Mia, eu não vou morder você! - ele parou o que fazia e se virou pra me encarar. - Só se você quiser!
- Cantada barata hein? - cruzei os braços - O que você quer ?
- Ver a sua tatuagem. - ele se aproximou e me olhou faminto. - Acho que precisa de um retoque.
- Nem vai rolar! - falei levantando uma sobrancelha e tocando o dedo indicador no queixo de Jimim. Que agarrou minha cintura, fazer eu me embriagar com seu perfume. - Me...

- Jimim? - uma voz feminina que parecia vim do começo do corredor.
Ele me largou e foi até a porta do cômodo olhar.
- Merda! Falei pra Yoongi não deixar ela entrar... - droga o recado do cara que me recebeu.
- Ae,  seu funcionário pediu pra avisar que ia sair. - falei tentando fazer o mesmo.
- Agora que me diz isso? Pra onde ele foi? - sua voz era um sussurro.
- Como é que eu vou saber... - ele colocou a mão em minha boca.
- Fala baixo! - olhou nos meus olhos, ainda com a mão na minha boca. - Olha, sei que acabamos de nos conhecer e que estamos quites com essa parada de esquecimento. - ele tirou a mão da minha boca. - Mas imploro que me faça um favor...
Ele parecia nervoso.
- O que você quer ? - falei sem entender nada.
- Essa que está ai é  minha ex e preciso que me ajude a me livrar dela... - ele estava suando de tanto nervosismo. 
- Tá bom, vem cá... - tirei a camiseta que usava, as botas cano curto e o short, Jimim me olhava com atenção, tentando decorar cada parte do meu corpo.


- Olha, eu sou homem ... - disse sorrindo sexy enquanto me observava só de langery. - Você tem que parar de fazer isso na minha frente ...
- Cala  a boca! - dei um tapa em seu braço. - Você não quer que eu te ajude? Vem aqui logo.
Sentei na maca e abri as pernas, puxei o Jimim pelo braço e o encaixei entre as mesmas. Que sorriu safado.
- Se não parar com isso, vou te deixar sozinho com ela... - rapidamente desfez o sorriso. Passei a mão em seu cabelo e o desarrumei, fiz o mesmo com o meu e passei a mão na boca e borrei meu batom. - Beija meu pescoço rápido, ela tá chegando...

Jimim colocou a mão na minha bunda, fazendo colar nossos corpos e com a outra mão tocou a minha nuca e puxou  levemente meu cabelo. Me fazendo fechar os olhos. Sua língua quente tocou meu pescoço, me fazendo arrepiar. Fazendo o mesmo rir.
- Não abusa! - minha voz mais parecida  meio manhosa  - E lá vem ela!

Passei as pernas pela cintura do maior e fiz um leve arranhão em sua costa. Que o fez gemer baixo.
- Mas o que...? - a garota parou na porta  com os olhos cheios de ódio. - Jimim?
- O que é? - forcei o Jimim parar e o olhar pra garota que mais parecia uma estátua. - Você não  está vendo que estamos ocupados? - falei com os cenhos franzidos. - Quem é você? 
- Sou Yang, a namorada ...
- EX namorada! - Jimim deu ênfase no ex. - O que você quer aqui?
- Estava com saudade, mas pelo visto você já me esqueceu.. - a tal Yang saiu mais que depressa do cômodo.
- É não chegue mais perto do meu homem! - gritei colocando mais lenha na fogueira.
- Vá se foder vocês  dois! - a garota bateu a porta da saída do estúdio.

- Boa idéia! - Jimim tentou me agarrar novamente.
- Sai pra lá... - o empurrei e sai catando as minhas roupas.
- E essas história de meu homem? - falou sorrindo.
- Cala a boca! - me vesti rápido e sai porta a fora.
- Espera! - Jimim correu atrás de mim. - Tá afim de comer alguma coisa?  Tá quase na hora do almoço!
- Não, obrigada!  - continuei andando.
- Ah qual é?  - ele segurou meu braço.  - Para de ser marrenta, eu te devo uma mesmo.
- Tá,  mas depois disso você me esquece... - ele sorriu vitorioso e eu revirei os olhos.
- Vou pegar o carro, me espera aqui...


Notas Finais


Falei alguma coisa.. Me xinguem, sei lá...
Vcs estão me deixando meio solitária..
Kissus 😚

P.S perdoem qualquer erro de ortografia... #SoudeExatas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...