História Ele e Ela - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias CNCO
Personagens Christopher Vélez, Erick Brian Colón, Joel Pimentel, Richard Camacho
Tags Drama, Revelaçoes, Romance, Tragedia
Visualizações 50
Palavras 1.018
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem .

Capítulo 27 - Ele e Ela 27


Fanfic / Fanfiction Ele e Ela - Capítulo 27 - Ele e Ela 27

Narra ( sn ) : Depois daquele banho relaxante nos encontrávamos na cama em uma longa sessão de beijos até que Chris se separa lentamente de mim .

Chris : bebê , queria me dizer alguma coisa ?

( sn ) : me beija mais um pouquinho .

Narra ( sn ) : Chris só sorri e continua me beijando com paixão , suas mãos percorriam todo o meu corpo com suas suaves carícias , queria passar uma linda noite e depois lhe dizer o que tinha em mente , na verdade nem seu como ele vai reagir.

Chris: - se separa de mim mais uma vez -  bebê ...

( sn ) : - roda os olhos -  o que ?

Chris : Eu te desejo muito , você não sabe como eu quero fazer amor com vc .

( sn ) : Faz .     - sussurrei sobre seus lábios -

Chris : Claro que vou fazer .      - sorri -

Seus lábios voltam a pousar sobre os meus mas desta vez só alguns segundos já que novamente volta a se separar .

( sn ) : que diabos Chris você quer ou não quer ?  - digo um pouco brava -

Chris : sim eu quero amor .  - faz um biquinho -  mas eu quero saber o que você quer me dizer , não me deixe com ansiedade .

( sn ) : - suspiro - depois eu te digo .

Chris : é que eu não consigo me concentrar se você não me disser.

( sn ) : Christopher .  - deixo os olhos em branco -

Chris : por favor , bebê , me diz agora e depois eu prometo que passaremos a melhor noite de nossas vidas.      - beija as minhas mãos -

( sn ) : - suspiro e me sento na cama - ok , vou te dizer mas me promete que não vai reagir mal.

Chris : - levanta uma sobrancelha - o que é ?

( sn ) : Promete .

Chris : Eu não posso prometer nada se você não me disser.  - cruza os braços -

( sn ) : não vou te dizer nada até que você me prometa .       - imito o seu gesto -

Chris : - roda os olhos - bom esta bem , eu prometo agora me diz .

( sn ) : ok , vou tentar não dar voltas no assunto .

Chris : você já está fazendo isso meu amor .

( sn ) : é que ... eu estava pensando que você não fica muito tempo em casa durante o dia e eu sinto muito sua falta , e que eu quero sair , quero saber melhor o que vc faz ...

Chris : Eu não estou entendendo ...

( sn ) : quero trabalhar com você e com o papai .      - eu falo rápido -

Chris : - solta uma grande gargalhada - por acaso vc ficou louca ? Você consumiu alguma substância ou algo assim ? - diz sem poder parar de rir -

Narra ( sn ) : Depois de ouvir a desnecessária risada do Christopher eu olhei para ele séria e ele parou de rir .

Chris : Espero que isso tenha sido uma piada .

( sn ) : você me vê com cara de piada ?

Chris : nem em sonho ( sn ) . Você não vai trabalhar lá , seus pais e eu cuidamos de você tanto para que você queira arriscar sua vida assim , o que está passando pela sua cabeça ?

( sn ) : ok , eu só estava consultando isso com você não estava te pedindo permissão . Eu vou de qualquer forma .

Chris : - se levanta da cama - Não , você não vai .

( sn ) : - eu me sento na ponta da cama e cruzo os braços - Claro que eu vou , você é meu chefe e eu não fiquei sabendo ?

Chris : tudo bem , tente , vá , diga ao seu pai que você quer trabalhar conosco e verá como ele vai rir na sua cara .

( sn ) : Eu não me importo Chris , eu vou fazer da mesma forma .     - pego um esmalte de unha na gaveta e começo a pintar minhas unhas sem dar importância ao que Christopher diz -

Chris : ( sn ) ! Por que você me faz isso ? Por que você quer me ver estressado , você não se dá conta que é perigoso e não quero que nada te aconteça .  - diz com angústia -

( sn ) : isso não se trata de você Christopher , sou eu quem não sai daqui há quatro malditos anos , e se essa é a única maneira de sair eu vou fazer .      - falei pintando minhas unhas -

Chris : Não vai fazer porque eu não vou permitir e o teu pai menos .

( sn ) : Ah você parece minha mãe .  - faço cara feia -

Chris : é que você não pensa nas coisas com clareza , você não se dá conta que você coloca em perigo a sua vida , tudo isso fazemos para que você esteja bem . Me diz o que te faz falta ? Eu vou comprar se você quiser , eu faço o que você quiser mas não me faça isso .  - se abaixa para ficar da minha altura -

( sn ) : Eu não quero que você me compre nada . Quero sair daqui e que vc me deixe trabalhar nesse escritório onde vc trabalha . É grátis .      - sorrio falsamente -

Chris : - roda os olhos - você é uma menina muito imatura quando você quer . - diz bravo e vai embora do quarto batendo a porta -

Narra ( sn ) : Agora Christopher vai ficar ofendido e ficar como uma criança caprichosa mas eu sei bem que quando eu tenho algo em mente eu cumpro , eu vou sair daqui e vou trabalhar com eles . Essa noite eu saí perdendo , porque não vou ter uma noite com meu marido mas você já vai voltar Vélez ... você já vai voltar .

 

 

continua ...........


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...