História Ele e Ela - Capítulo 37


Escrita por:

Postado
Categorias CNCO
Personagens Christopher Vélez, Erick Brian Colón, Joel Pimentel, Richard Camacho
Tags Drama, Revelaçoes, Romance, Tragedia
Visualizações 46
Palavras 1.038
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem .

Capítulo 37 - Ele e Ela 37


Fanfic / Fanfiction Ele e Ela - Capítulo 37 - Ele e Ela 37

Dia seguinte ...

Narra Chris : estava no meu escritório me olhando através da tela do celular , estava horrível e com olheiras tremendas , nunca ( sn ) tinha ido dormir em outra casa e isso tirou minha noite de sono . Eu vejo Richard entrar no escritório com um café . 

Richard : é para você , você parece nojento .   - faz uma careta -

Chris : Oh obrigado .   - digo sarcástico -

Richard : Ai Chris , vc faz o idiota e depois não aguenta quando sua mulher não está com vc .     - ri -

Chris : - roda os olhos -  já chegou?

Richard : há alguns minutos atrás , ela está no escritório .

Chris : OK , é hora de pedir desculpas , me deseja boa sorte .

Richard : sorte é exatamente o que vc vai precisar .    - ri -

Vou em direção ao escritório da ( sn ) e bato na porta , ouço ela dizer o seu famoso " entre !" e sem pensar duas vezes entro , a sua cara de raiva ao me ver me dizia que desta vez seria difícil de convencer ela , mas pelo menos eu tinha que tentar .

Chris : bom dia .    - digo com um sorriso tímido -

( sn ) : bom dia .  - diz seca -

Chris : posso me sentar ?

( sn ) : Sim .

Chris : OK ...

( sn ) : o que você precisa ?  - me lança um olhar ameaçador -

Pela única pessoa que podia chegar a me sentir intimidado é pela ( sn ) quando está brava , é um perigo .

Chris : Eu só queria te dizer que ontem eu passei muito bem no meu aniversário mas à noite eu senti muito sua falta , eu me senti um completo idiota .

( sn ) : mais alguma coisa ?

Chris : se eu te gritei ou te fiz sentir mal estou totalmente arrependido , preciso de você e sinto sua falta .

( sn ) : Uhum ...

Chris : e sinto muito , sinto muito .

( sn ) : OK , você já pode ir embora , eu tenho muito trabalho para fazer .

Chris : - deixo cair a minha cabeça para trás e suspiro pesadamente - por favor ( sn ) , não me faça isso , já pedi desculpas e você sabe bem que estou arrependido .

( sn ) : você me machucou Christopher , você é um maldito inconsciente quando você está irritado e você nem controla suas palavras . Se vamos continuar assim sinceramente eu não quero mais estar com você .

Chris : mas bebê ...

( sn ) : "mas bebê " Nada . Agora estou de muito mau humor e não vamos resolver nada , por isso , vai fazer o teu trabalho que há muito para fazer .

Chris : tudo bem , mas isto não vai ficar assim , vamos falar sobre isso mais tarde.

( sn ) : vamos falar sobre isso se eu quiser .   - diz aumentando a voz -  agora fecha a porta , e é melhor que ninguém venha me incomodar !

( ••• )

Narra ( sn ) : Estou de um humor péssimo , nem eu me aguento , para a minha má sorte a primeira pessoa que falou comigo foi o Christopher com suas patéticas " desculpas " , tirei ele voando do meu escritório mas hoje teria que lidar com ele em casa , já estava com saudades da minha cama e ir a casa dos meus pais era desconfortável , não é como antes . 

Saí do meu escritório para pegar um pouco de café e vejo a Johanna na cafeteira , só a presença dela já me colocava de má humor , muito mais agora .

( sn ) : você pode chegar pro lado ? Você não é transparente.

Johanna : com quem vc está falando assim ?

( sn ) : a única que está no meu caminho é vc , se mexa .

Johanna : Quem você acha que você é ?

( sn ) : sua chefe bonequinha , se mexa ou eu vou ...

Richard : ei ei ei de novo brigando meninas ?

Johanna : Ela é a que começou , parece que está de TPM .

Eu estava prestes a responder até que eu ouvi o Chris atrás de mim .

Chris : o que acontece aqui ?

( sn ) : nada que te interesse .

Johanna : a tua mulher vem de mau humor e briga com todos .

Richard : Basta Johanna , vamos sair daqui .

Johanna : como você pode aguentar ela Christopher ? é tão irritante.

( sn ) : o que você está dizendo ? Você está obcecada comigo e com o meu marido , você é a louca .

Johanna : você sabe que o Chris merece algo melhor .

Richard : e você o que tem a ver com o que ele merece ?   - pergunta bravo -

Agora sim a Johanna terá o seu merecido .

Johanna : você sabe que eu o quero como um irmão Richard.

Richard : Ultimamente você está tão preocupada com a vida do Chris que você já está me dando a entender que você o ama mais a aquele que a mim .

Chris : Richard , você está interpretando tudo errado eu ...

( sn ) : está interpretando tudo errado ? Como você se sente toda vez que a Johanna se beijar com Richard ou eles estão juntos ?

Chris : Eu e a Johanna somos como irmãos .

Johanna : é isso mesmo , nos conhecemos desde os treze anos .

( sn ) : pois eu não me importo com a sua história , mas me faz duvidar a sua estranha relação .

Richard : Eu também.

Chris : vcs não fazem ideia , nunca aconteceu nada entre nós .

Richard : e se aconteceu já não me interessa , Johanna faça da sua vida o que quiser , esquece de mim .

Johanna : O quê ? Richard espera .

Chris: Richard volta aqui .     - se vira e olha pra mim -  vc e eu temos que conversar .

( sn ) : Eu não tenho nada para falar com você .

 

 

Continua ............. Maratona : ( 2/4 ) 


Notas Finais


Espero que tenham gostado .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...