História Ele e eu (Kim Taehyung) - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V)
Tags Ação, Drama, Revelaçao, Romance
Visualizações 151
Palavras 1.303
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Literatura Feminina, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 25 - Noiva?


Fanfic / Fanfiction Ele e eu (Kim Taehyung) - Capítulo 25 - Noiva?




(s/n)  estava estática no mesmo lugar, não conseguia se mover suas pernas estavam bambas, e seu coração acelerado.Não era possível a garota não estava preparada para rever Taehyung, não agora que estava seguindo em frente.

- Moça? Você está bem?

Uma mulher pergunta ao ver o estado em que (s/n) estava.

-(s/n): Ah...sim, sim estou bem.

O carro de Yoongi passa diante de seus olhos era realmente ele.

(s/n) tinha acabado de sair do banho e deitado na cama, a garota encara o teto a muito tempo, não conseguia dormir. Uma mensagem em seu celular a desperta do seu transe, a mesma pega o aparelho, era uma mensagem de Namjoon.

-Nam: Você está acordada?

-(s/n): Oi.

-Nam: Queria te avisar que não precisa vim para o trabalho.

-(s/n): Tudo bem.

-Nam: Mas você irá na festa da empresa.

-(s/n): Festa?

-Nam: Sim. Nem vem dizer que não quer ir. É uma ordem.

(s/n) ri com a mensagem e responde que iria sim e Namjoon se despediu, mandado o endereço da festa.

A garota levanta indo até o banheiro abrindo as gavetas, pega um frascos de remédios. Precisava dormir nem que fosse com ajudá de remédios, pegou três pílulas tomando-a de uma só vez, e volto para a cama, não demorou muito para dormir.

(s/n) acorda com o celular tocando mais ignora, voltando a dormir, o celular toca novamente, a garota pega o aparelho atendendo o mesmo, era Kwon.

-(s/n):  O que você quer? Eu estava dormindo! Já viu a hora?

-GD: Wow! me desculpe bela adormecida, mas eu que te pergunto.Já viu a hora?

A garota olha para a tela era 15:55 e volta a falar.

-(s/n): Tá.. o quê você quer?

-GD: Você pode me encontrar?

-(s/n): Pra?

-GD: Você tem de ter uma aliança nesse seu dedinho não?

-(s/n): Tem de ser hoje?

-GD: Hoje não, agora. Vou te espera aqui na xxxx. Tchau.

Kwon desliga o celular deixando uma (s/n) bufando.

-(s/n): Idiota!!

A garota levanta involuntariamente da cama e vai para o banheiro para fazer suas higienes e toma banho.

(....)

-Ky: Posso ir com você?

-(s/n): Não eu vou rapidinho, preciso me encontrar com alguém.

Keyko fica emburrada enquanto (s/n) caminha até a porta.

-JB: Leva a garota (s/n).

-(s/n): Eu já disse que não.

-JB: Você pode pegar um dos carros e levar ela...eu preciso de uma garota, ela sempre aparece com Soya e as garotas vão embora.

-(s/n): Tudo bem..vamos key.

Keyko se anima e segue (s/n) junto a Soya até a garagem, entrando em um dos carros. (s/n) dirigiu até onde Kwon a esperava.

-Ky: Então depois que você casar você vai embora da casa do velho?

-(s/n):....não tinha pensando nisso, mas acho que sim.

-Ky: Você vai me visitar todos os dias?

-(s/n): Sim, claro.

(s/n) estaciona o carro em frente onde Kwon a esperava na joalharia e desce.

-(s/n): Ficar no carro.

-Ky: Ok...não demora.

A garota concorda e fecha a porta caminhando até onde Kwon estáva o mais velho estava olhando para o relógio.

-GD: Porra..pensei que você não vinha.

-(s/n): Estou aqui não?

-GD: Tsc.. Sim meu bem vamos.

Os dois entram na loja olhando para a vidraça que exibia os anéis.

-GD: Qual você quer?

-(s/n): Ah...

-Posso ajudar o casal?

-GD: Eu quero ver as alianças mais linda, modelo único.

- Sim senhor.

-GD: Onde você mora? Posso busca-la?

-(s/n): Não, encontrarei você na festa.

-GD: Você quem sabe.

- Aqui estão senhor.

-GD: São diamantes?

- Sim.

-GD: Tão linda quanto você.

A garota ficar nervosa e olha para (s/n) que admirava outras alianças.

-S-senhor.

-GD: É sério.

Kwon ri pegando outra aliança.

-GD: (s/n) o que achou dessa?

-(s/n): Muito simples prefiro a primeira.

-Ky: (s/n)...

(s/n) olha para Keyko.

-GD: Você tem uma irmã?

-(s/n): É quase isso.

A garota se aproxima da menor.

-(s/n): O que foi?

-Ky: Ele é seu noivo?

Pergunta um pouco eufórica (s/n) repara no comportamento da menor e concorda.

-(s/n): Humhum.

-Ky: Nada mal...estou entediada posso anda um pouquinho?

-(s/n): Não demora.

Keyko sai e (s/n) volta para onde estava.

-GD: Você não tinha outro animal de estimação para dar a uma criança?

-(s/n): Eu não escolhi foi ela.

- Você vai ficar com esse senhor?

-GD: Sim.

Kwon fala entregando o cartão para a garota e pega a mão de (s/n) pondo a aliança.

-GD:  Perfeito!! Qual a sensação de estar noiva de Kwon Ji-yong?

-(s/n): Maravilhoso.

(s/n) fala irônica.

-GD: Eu sei que é.

- Aqui senhor.

-GD: Obrigado, te vejo por aí.

Os dois sai da loja (s/n) procura Keyko ao redor.

-GD: Te encontro na festa?

-(s/n): Claro.

Kwon da um beijo na bochecha da garota e virá as costas, sendo xingando pela mesma.

-Ky: (s/n)!

-(s/n): Você me assustou por que demorou?

Keyko sorri e levanta uma sacola.

-Ky: Presente!!

-(s/n): Presente?

-Ky: É para você.

Keyko entrega a sacola para (s/n) e as duas caminham até o carro adentrando o mesmo.

-Ky: Abre! Abre!

A garota abre, era um vestido preto, longo bem ousado.

-(s/n): Bem ousado não?

-Ky: Não gostou?

-(s/n): Amei, obrigada...agora vamos, preciso me arrumar.

(s/n) Estava andando de um lado para outro estava muito atrasada.

-Ky: Você está linda..oque está procurando?

-(s/n): Aliança...eu perdi a aliança.

-Ky: Você tirou?

-(s/n): Sim, só para tomar banho...eu acho.

Keyko começa a ajudar na procura da aliança.

-(s/n): Achei!

(s/n) tira a caixinha de dentro da sacola em que o vestido estava.

-Ky: Agora vai.

(s/n) desce as escadas e pega a chave do carro.

-(s/n): Tchau.

A garota entra as presas no carro deixando a mansão. Ao chegar no local tinha bastante pessoas a festa iria acontecer em um salão, (s/n) estáciona o carro e respira fundo saindo do mesmo.

-(s/n): Algo me diz que não era para mim vim.

A garota caminha até a entrada da festa, mais decide voltar para fora novamente.

-JM: (s/n)!

-(s/n): Oi Jimin.

-JM: Você está uma gata! Não vai entra?

-(s/n): Sim.

(s/n) fita Jimin lembrando do último encontro dos dois.

-JM: Então vamos?

Jimin estende o braço para a garota, que passa seu braço pelo do mais velho e caminha até o salão dessa vez entrando.

Os dois conversam normalmente, a alguns passos (s/n) paralisa assim como o Jimin.

-JM: Eu sempre sou o último a saber?

Jimin sussurra e olha para (s/n) a mesma não acreditava que estava vendo Kim Taehyung.

Taehyung estava conversando com  Hoseok em um lugar afastado, a garota se impressiona quando ver Taehyung caminha normalmente mas ainda precisava de muletas.

Quando a garota se dá conta já tinha soltado o braço de Jimin e caminhava com os punhos cerrados em direção a Taehyung, precisava saber por que de ter lhe abandonado.

-JM: (s/n) se acalma.

Jimin segura a garota a puxando para outro lugar do salão onde vazio.

-JM: Você precisa se acalmar.

-(s/n): Só queria saber o motivo.

(s/n) respira fundo.

-JM: Não faça nada de errado tenta esquecer que ele está aí..se diverte.

(s/n) concorda e avista Namjoon.

-(s/n): Eu vou falar com o Namjoon.

Fala voltando a caminha para o meio do salão mais para assim que seus olhos se encontra com os olhos de Taehyung.

Precisava falar, precisava tira essa história a limpo.

(s/n) vai em direção a Taehyung assim que a garota chega perto ele fecha a cara fitando profundamente (s/n).

-Tae: Você?

-(s/n): Quanto tempo Kim Taehyung.

-Tae: Por que está aqui!?

Taehyung Pergunta entre dente e (s/n) ri debochada.

-(s/n): Quem deveria está com esse ódio todo era eu Taehyung.

- Amor?

(s/n) virá para olhar a dona da voz feminina era uma americana ela tinha os cabelos pretos que batia no meio de suas costas, seus olhos eram verdes e o corpo de uma modelo.

-Tae: Oi.

- Ah! nossa amor ela é linda! Quem é ela?

-Tae: Era uma amiga.

 -Como se chama!?

(s/n) ainda estava tentando digerir tida essa história de amor...ele estava namorado?

- Eu acho que ela não entende minha língua..amor poderia traduzir?

-(s/n): Eu te compreendo...sou (s/n).

-Me chamo Victória namorada do Taehyung, prazer.

Victória estende a mão para (s/n) que ignora o contato e se curva fazendo reverência para a mesma. A garota recolhe a mão sem graça e faz a mesma coisa que (s/n).

-Vic: Hum...eu já vi seu rosto em algum lugar.

-(s/n): Você deve está me confundindo.

(s/n) olha para o Taehyung que a encarava, a garota sente uma vontade imensa de chorar.Precisava sair dali.

-Vic: Você está bem?

-(s/n): Eu...

-GD: Amor! Eu estava te procurando.

Kwon abraça (s/n) por trás a mesma virá para olha-ló.

-GD: Oi Taehyung.

(s/n) olha para Taehyung que estava com os olhos arregalados.

-Tae: Oi...Kwon.

-GD: Vejo que conhece minha noiva.

-Tae: N-noiva?

-GD: Sim vamos nos casar logo, logo não é amor?

-(s/n): Sim...




     Continua....




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...