História Ele é meu vizinho - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Justin Bieber
Visualizações 98
Palavras 3.036
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola bebês da Mih

boa leitura

Espero que gostem

Capítulo 26 - Eu Quero divórcio


Fanfic / Fanfiction Ele é meu vizinho - Capítulo 26 - Eu Quero divórcio



Ouvi meu celular tocar e era Aly.

-Oi Aly -Sussurrei

-Porque está sussurrando Melissa?

-As meninas estão dormindo.

-Meninas? Então é isso você está ai a 6 dias e ja me trocou? - sua voz era de brava. 

-Para de graça Brenda. - falei entrando na banheira pra relaxar um pouco. 

-Eu vi suas fotos no barzinho pareciam melhores amigas, e como conseguiu fazer o Bieber ir na comemoração do seu aniversário? - pausouComo conseguiu foto do Usher tão perto? Como conseguiu uma foto do Shawn?

-Usher e Shawn eu encontrei no elevador do escritório do John, e Justin ele simplesmente apareceu dizendo que me procurou por todos os barzinhos de Los Angeles, porque ele me mandou um DM e eu respondi dizendo que estava indo comemorar meu niver com uns amigos num barzinho.

-Nossa então já são seus amigos. - endagou alterando a voz. 

Porra que amiga mais ciumenta eu tenho, Jesus amado! - revirei os olhos 

-Você sabe que me enturmo fácil e as meninas são ficantes dos meus seguranças.

-Huum..

-Brenda para que ta feio.

-Feio é você me trocar assim, faz exatos dois dias que você mal me responde Melissa.

-Eu estava na correria aqui, tive que ir no escritório do John e estou ajudando a Dawn arrumar um trabalho.

-Eu sinto sua falta sabia?

-Eu também sinto sua falta, vou colocar um piercing no mamilo.

-Ta maluca Melissa.

-Não UE. Quero colocar e vou.

-Vi que fez mais tatuagens.

-Fiz sim, aquela nossa ainda esta de pé? -perguntei.

-Claro quando nos vermos faremos.

-Aly eu tenho que ir me arrumar pra faculdade.

-Claro que sim, sai mais cedo da faculdade pra vim aqui no Alex.

-Como vcs está? O namoro? Família? Amigos? Me conta.

-Todos bem, tenho um Babado pra te contar.

-Pode contar Aly.

-Eu e o Alex transamos esses dias sabe, e ele fiz fazer umas coisas estiloso 50 tons de cinza - pausou rindo - Amiga eu gostei. - deu um gritinho histérico no final 

-Era de se esperar né Brenda, você sempre assistiu o filme julgando a atriz e as mulheres que gostam e dizendo que nunca sentiria prazer levando chicotadas, pagou com a língua. - falei e ela gargalhou

- Realmente paguei, ele está querendo fazer um menage mais eu estou insegura sabe, ele pediu pra mim escolher a menina.

-Se está insegura não faz, porque na hora você vai ficar super desconfortável e não vai sentir prazer. - falei e escutei um suspiro dela.

-Tenho medo de dizer não e ele ficar chateado sabe.

-Aly você já fez de tudo por esse cara, se negar um menage e ele ficar chateado manda ele pra PUTA QUE PARIU. -gritei no final e ela riu

-Estava com saudade dos seus conselhos. - pausou -Estou falando com a Vick.

-E ai Vick - Alex falou - Como está a vida de famosa garota?

-Olha ta difícil Lex - Falei e ele sorriu -Aly te mostrou as fotos?

-Claro, man que privilégio dividir o elevador com Usher. - falou todo animado.

-Vocês dois poderia vim me visitar nas férias ai eu apresento uns famosos pra vocês. - falei vendo Brooke entrar no banheiro.

-Vou ver se consigo folga do trabalho vou ir sim Vick - falou Alex

-Meu Casal preciso ir, bjos e boa transa.

-Bye Vick

-Aly consegui transferir minha passagem de dezembro pro seu nome, vou te mandar o link pra você imprimir.

-AAAAAA EU TE AMO VOCÊ É A MELHOR

-EU SEI BYE BYE .

Desliguei saindo da banheira e Brooke entrou na ducha.


-Bom dia - falou manhosa -Não queria ir pra faculdade hoje.

-Então não vamos ue. - falei e ela deu uns pulinhos de felicidade.

-Vou voltar pra cama depois do banho. -falou rindo.

-Você pode ficar com o Steven - falei e ela concordou.

Terminamos o banho e descemos e deixamos Dawn dormindo.

Cantorolava descendo as escadas e entramos na cozinha ainda de babybool.

-Bom dia -Brooke falou sentando. -Tio John você poderia liberar o Steven hoje?

John levantou a sobrancelhas.

-Vai John deixa. -falei 

-Vocês não vão pra faculdade? - perguntou e percebi que ele estava de shorts, camiseta e chinelo.

-Não hoje vamos tiramos o dia de folga. - dei de ombros.

-Só vou deixar porque vou trabalhar em casa hoje.

-Então estamos indo meninas - Tyler falou levantando ele, Carly e Megan e me olhava com as íris dilatada.

-Claro, Tyler depois vou precisar da sua ajuda numa coisa. - falei e ele concordou sorrindo sapeca.

Lógico que não precisava de nada, iria terminar o que começamos.

Estavamos quase terminando nosso café e Dawn desceu todo descabelada e assustada.

-Meu Deus pensei que tinham ido pra faculdade sem mim. - Falou e percebi o olhar Cintia em cima dela. -Bom dia a todos. -sentou na mesa.

-Como só estamos nos adultos gostaria de esclarecer os fatos. -Cintia começou falar atraindo a atenção pra ela. -Eu vi tudo o que vocês anda fazendo e isso não me agrada, podem começar a usar roupas mais comportadas na minha casa ou proibo a entrada de vocês.

-Está esquecendo uma coisa. -falei e ela me olhou - Estou pouco me fodendo pra sua opinião as roupas são minhas e se não quiser ver feche os olhos. Minhas amigas vai continuar vindo aqui.

-Eu não quero meu marido olhando pra elas, meu filho é comprometido e fica todo constrangido com a presença delas.

-Isso é uma opinião sua, eles olham porque acha bonito. -Brooke falou.

-Cintia pode parar. -John falou.

-Parar? Desde domingo vc aparece cheio de arranhões e esta diferente, você achou mesmo que não iria reparar nisso? - perguntou e Dawn estava calada observando a situação. 

-Vão conversar num lugar reservado não tenho interesse nesses assuntos chatos, até tenho né porque você não está desvalorizando meu Daddy que é um gato e por isso procurar na fora... -dei de ombros e John sorria de canto de boca.

-Então você apoia isso? - concordei -Isso é um absurdo.

-Absurdo é você ter um homao da porra desses em casa e deixar de dar atenção, carinho, afeto, sexo e ainda querer cobrar por ele está procurando o que você não está dando em outra... - pausei- francamente porque não se separaram logo em? Você é chata insuportável ninguém te aguenta mais, e vaza da vida dele e deixa ele ser feliz. - falei e Brooke concordava.

-Tio John merece alguém melhor. -Brooke falou John sorriu pra ela negando com a cabeça. 

Ele está adorando isso. Cara de pau e ainda fica rindo pra jogar lenha ma fogueira


-John você não vai falar nada? Você não vai argumentar? -Cintia disse levantando da mesa e cruzando os braços na frente dele que negou na hora. -ISSO TUDO É CULPA SUA MELISSA, DESDE QUE VOCÊ CHEGOU NOSSAS VIDAS FICARAM BAGUNÇADAS, VOCÊ VEIO NO INTUITO DE ACABAR COM MEU CASAMENTO, COM MINHA FAMILIA, EU QUERO QUE VOCÊ VÁ EMBORA, VOLTE PRO SEU LUGARZINHO INSIGNIFICANTE NO BRASIL E NUNCA MAIS VOLTE, NOSSAS VIDAS ERA MELHOR SEM VOCÊ. - gritava tanto que estava ofegante.

-Acho que você está engana, depois que cheguei muitas coisas mudou por aqui, sua filha é mais feliz, seu "casamento" está assim, porque seu marido abriu os olhos pra tudo o que vem acontecendo, você deixou de ser esposa apartir do momento que qualquer coisa é mais importante que ele, trabalho, um dia num spar, uma saída com amigas e até mesmo sair sozinha e voltar tarde sem dar explicações. - pausei me colocando na frente dela -Se você arrumou outro, se separa! Se você não quer terminar por causa de dinheiro ou status isso é ridículo.

-Eu amo o John você não sabe nada sobre nos dois. - falou alterando a voz. 

-O pouco que eu sei é que você é uma babaca que deixou de satisfazer o marido a 3 anos e ele demorou tudo isso pra cair em si que deveria arrumar alguém pra isso. - dei de ombros. -Mas você ja deve ter percebido né? Porque esses arranhões não apareceria nele sozinho. Quer saber se resolva vocês dois são adultos e tem que conversar muito ainda....

-Eu tenho meus motivos pra ter mudado. 

-Seus motivos foi outro homem com certeza, John foi seu pau mandado por muiyo tempo e agora está na hora de dar um basta nisso. SEPARA LOGO DE UMA VEZ. 

-JA CHEGA DESSA MERDA, - John gritou atraindo nossos olhares a ele. 


Pv John Garcia


Tudo que Melissa e Cintia estava discutindo a quase uma hora na minha frente estava me deixando esgotado, minha filha ter que mostrar pra minha esposa que eu não estava contente, que eu não aguentava mas por eu não ter coragem de falar por medo da "PERDA"

-Cintia já chega. - falei puxando ela -Precisamos conversar agora. - arrastei ela que ainda gritava e se debatia -CINTIA CALA A BOCA. 

Entramos no nosso quarto e tranquei a porta.

-O que está acontecendo com você? Está deixando aquelas adolescentes irritante te influência? -Cintia falou ofegante.

-Eu quero divórcio. - falei ja massageando as pálpebras -Não estamos dando certo mais de 5 anos e você só está comigo pelo meu dinheiro e só estou com você porque te respeito e ainda gosto muito de você, não queria você longe mais não está dando mais. - pausei -Eu sei sobre você e Edgar. - ela arregalou os olhos. -Eu vi vocês juntos, eu sei a muito tempo só não queria aceitar que a mulher que eu amo estava me traindo com meu sócio e amigo. 

-John eu-eu-eu po-posso ex-expli-explicar. -guaguejou - Aconteceu eu estava fragilizada, tinhamos brigado e vc viajou pra Bahamas. - neguei não querendo escutar mentiras. 

-Eu não quero detalhes sobre seu relacionamento com ele, só quero saber se ele te faz mais feliz do que eu faço? -perguntei receioso.


" Eu ainda amo demais ela, depois de Sarah eu pensei que nunca mais amaria de novo até conhecer Cintia. 

Ela mudou totalmente minha vida!

Após 5 anos que eu tinha me separado de Sarah eu me mudado pra Los Angeles eu sai muito, novo e bem sucedido eu queria saber de pegar mais mulher possíveis, e numa dessas boates da vida eu conheci ela, na época ela estava com 18 anos e eu com 25 anos. 

Logo começamos a namorar e resolvi depois de um ano decidi que deveriamos casar, nosso relacionamento era um a base de confiança e respeito, dificilmente brigavamos e ela me acompanhava em todas viagens e quando ela engravidou de Megan ela começou ficar mais em casa...

Sempre fui aquele homem dedicado a família e de 5 anos pra cá ela começou ficar distante, não conversamos igual antes, brigamos muito e a 3 anos paramos de fazer sexo, nos tocar, beijos, Abraços ela sempre dizia que não queria,  estava indisposta.... 

Eu logo desconfiei até um dia entrar no escritório de Edgar sem avisar na Loja e os dois estavam transando não fiz barulho e sai.

 Eu tentei acreditar que me subconsciente estava me mandando imagens erradas, mais ela começou sair muito arrumada coisa que ela não fazia a anos, não se arrumava tanto igual no começo do nosso relacionamento. Um dia ela foi "viajar a negócios" com ele e voltou cheia de chupadas no corpo eu fingi não ver.

Tudo por amar ela e agora que eu trai uma vez em pleno 13 anos juntos, ela pensa que pode querer jogar na minha cara tudo de errado que estou fazer."  -Sai do meu transe ao ouvir.


-Sim ele me faz feliz e eu estou gravida. - sussurrou.

-Você o que? Quando pretendia me dizer isso Cintia? - me levantei da cama furioso. -O que iria fazer quando a barriga aparecesse? O QUE?

- EU NÃO SEI, EU NÃO QUERIA TE MAGOAR, VOCÊ SEMPRE FOI BOM COMIGO, MAS EU TINHA MINHAS SUSPEITAS QUE VOCÊ ME TRAIA TAMBÉM POR ISSO EU TRAI. - gritou e gargalhei.

-Você é tão ridícula em 13 anos juntos Cintia eu nunca te trai... até essa semana. -falei e ela arregalou os olhos - Mesmo eu sabendo da sua traição eu não tive coragem de te trair por te amar. Tentei varias vezes mas eu não conseguia. - virei de costas pra ela.

-E porque conseguiu dessa vez? - perguntou ficando em pé a minha frente

-Porque ela me fez lembrar você no começo do nosso relacionamento, porque ela me fez sorrir verdadeiramente depois de 5 Anos de tristeza, desgosto, decepções,  angústia,   ela foi comigo em algumas horas o que você não foi em 5 Anos comigo, eu senti com ela em algumas horas todos prazer, felicidade e amor que eu precisava. - Me afastei indo até a porta e fiquei de costas eu não quero encarar ela. 

-Então você realmente quer o divórcio? -Cintia ainda teve a cara de pau de perguntar.

-Óbvio que quero você ta grávida de outro cara, ele que te sustente apartir de agora.

-Ok então vou pra um Hotel e comunicamos os advogados pra preparar a papelada.

-Não quero te deixar desamparada então procura uma casa eu compro pra você - eu não queria que ela fosse embora, me virei olhando aqueles olhos azuis e ela negou - Você ja vai morar com ele?

-É melhor assim, Megan pode te visitar todos os finais de semanas. - falou e neguei.

-Não quero brigar pela guarda dela então deixe ela comigo, tera livre acesso pra vê-la sempre. Mas eu ja estou perdendo você não me faça perder minha filha também. 

-Tudo bem ela pode ficar com você acho que ela não aceitará de cara meu relacionamento com Edgar. - Cintia ja não chorava mais e agora estava com uma expressão decidida. - Vou arrumar minhas coisas e estou indo embora,  mando alguém devolver seu carro amanhã.  

Olhei ela pela última vez e peguei a chave do carro e carteira e sai eu precisava pensar.

Passei pela sala e as meninas sentadas no sofá e fui pra garagem pegar meu carro queria dirigir sem rumo, porque sempre tenho que perder as mulheres que eu amo.

Agora só me resta minhas filhas...


[...]


O sol nascia e eu ainda estava sentado naquele balcão do bar chorando e bebendo igual um idiota.

-Meu rapaz ja temos que chegar -Um senhor falou simpático. -Você quer que chame um táxi pra você?

-Não eu estou de carro - Falei tropeçando nas palavras - Aqui esta sua grana.

-Mais aqui tem muito dinheiro, você não consumiu 4 mil dólares em cervejas e coqueteis.

-Pode ficar com essa merda de dinheiro, ele não vai fazer minha Sarah volta pra mim e nem vai fazer Cintia ficar comigo.

O homem ficou calado e eu sai quase caindo de tão bêbado que eu estava.

Entrei no carro e fui pro hotel mais próximo.

Me joguei naquela cama grande e macia e logo adormeci.

Acordei assustado e minha cabeça latejou forte.

-Que porra - esbravejei levantei indo até o banheiro e tomei banho relaxante e resolvi ligar pra perdir algo pra comer.

E meu celular gritou na cabeceira da cama.

Melissa brilhava na Tela.

-Alô? - falei deitando de novo minha cabeça estava explodindo muito.

-JOHN GABRIEL GARCIA CADE VOCÊ? NÃO QUERO DESCULPINHAS EU QUERO SATISFAÇÕES AGORA. -Gritou estendendo o "agora".

-Melissa o que você quer? Não posso ter um tempo pra mim mas não?

-NÃO, VOCÊ SUMIU POR DOIS DIAS E AGORA VEM COM ESSA? TUDO POR CAUSA DAQUELA RIDICULA DA CINTIA? SÉRIO JOHN? SE AFUNDA E ESQUECER QUE TEM FILHAS QUE DEPENDE DE VOCÊ POR UMA MULHERZINHA? 

-Dois dias? - como isso? 

-VOCÊ SAIU DE CASA NA SEXTA FEIRA EM TORNO DAS 10 HORAS DA MANHÃ, HOJE É DOMINGO 17HRS. -pausou -56 HORAS DESAPARECIDO, JOHN, 56 HORAS.

-Eu estou em San Francisco. - me levantei sentando pra não dormir de novo. 

-O QUE ESTÁ FAZENDO EM SAN FRANCISCO? JOHN VOLTA PRA CASA AGORA MEGAN CHORANDO LITROS POR VOCÊ TER SUMIDO MÃE DELA TER IDO EMBORA. -suspirei -NÃO SUSPIRA, NÃO BUFA OU PORRA NENHUM, VEM EMBORA AGORA, PORQUE SE EU FOR TE BUSCAR EU VOU TE MATAR. ENTENDEU? 

-Melissa para de gritar por favor to todo dolorido e com muita dor de cabeça. - Sorri com seu desespero e sua gritaria. 

-FODA SE SUA DOR DE CABEÇA, DOR NO CORPO , VEM PRA CASA AGORA DADDY. - gritou e desligou na minha cara.

Ela esta preocupada? Ela estava me gritando ofegante e sua preocupação e braveja me lembrou muito Sarah. Ela é igualzinha a mãe dela. 


Coloquei minha roupa e fui fazer check-in do quarto.

-Boa tarde Sr John. - falou a recepcionista sorrindo simpático.

-Boa tarde pode fechar minha conta por favor? - falei fechando os olhos pela dor de cabeça.

-Prontinho, aqui está seus documentos. - sorri como agradecimento -Sinto lhe informar que tem uma leva grande de paparazzis na frente do Hotel.

-Esses fdps nunca nos deixa em paz. - rosnei

-Eu posso pedir pra colocarem seu carro no estacionamento subterrâneo próximo .... - neguei.

-Tudo bem eu espero na porta mesmo.

Sai do Hotel e o manobrista rapidamente buscou meu Fisher e entrei sem falar nada com ninguém, percurso até em casa seria de 6 horas acelerei e cheguei em 3horas.

Estacionei no jardim de qualquer jeito e Megan correu ao meu encontro chorando seus olhos, nariz, boca estava vermelho.

-Daddy por favor não me deixa também, a mamãe foi embora ela não vai mais voltar. Ela me deixou. - falou soluçando. 

-Calma meu amor a mamãe vai voltar sim, ela só não mora mais conosco ok? - falei beijando sua testa. 

-Porque? Porque ela não mora mais aqui? Porque ela me deixou? Porque ela não gosta de mim? 

-Filha eu e sua mãe nos separamos, ela conheceu outra pessoa pra amar e eu decidi deixar ela ir. - falei e Megan me olhava e seus olhos brilhava com tantas lágrimas descendo. -Você tem 8 anos você vai me entender depois, e sua mãe te ama muito, ela gosta de você e muito, ela só te deixou porque ela tem medo de você não gostar da nova casa e do namorado dela.  - ela assentiu mas com certeza sha cabeça está uma bagunça total. 

Entramos e Melissa, Dawn, Brooke, Steven e Estela estava na sala me olhando.

-Eu precisava de um tempo e bem, sozinho ainda preciso então me deixem sozinhos ok? - todos concordaram 

-Daddy quero dormir com você. - Megan falou e subimos pro meu quarto. 



Notas Finais


Bom, o capítulo não ficou tão bom pois escrevi correndo pra postar hoje.

ISSO MESMO PRODUÇÃO
JOHN E CINTIA = SE SEPAROU.
Mel se faz de difícil mais ficou preocupada e brava com o desaparecimento do Daddy.

Obs: John estava desconfiando de Cintia a um tempo, o comportamento dela, o jeito dela mudou e 5 anos eles não estava mais tendo sintonia de casal.
Por sua vez. Cintia buscou conforto com o amigo da família Edgar sócio de John, agora que John também traiu resolveram concluir o divórcio amigável.
SIM, JOHN SABIA DA TRAIÇÃO MAS POR AMAR CINTIA PREFERIU DEIXAR DE LADO E FINGIR QUE NADA ACONTECEU.

Até logo vou escrever mais capitulos produtivos e que vocês vão gostar nos próximos capítulos
Terá varias cenas Justin + Melissa e Pvs de Justin


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...