1. Spirit Fanfics >
  2. .ele é todo coração >
  3. Sem hora marcada

História .ele é todo coração - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


sei lá que horas voce vai ver isso, mas oi, roy
não tem mistério. eu só queria escrever algo por/pra você, mas acho que ficou bem confuso. é assim que é de falar de você, afinal: tanta coisa pra dizer que não dá pra encontrar ordem ou palavras suficientes pra te descrever

amo você, melhor amigo

Capítulo 1 - Sem hora marcada


e lá vai ele, chamando atenção sem perceber

 

é simples, desde que saiba ser visto direito e direto. tem pensamentos (ma)duros, feições acriançadas, toque de veludo, coisa de gente experiente, mas só quando quer

 

a acidez flutua àquele que incomoda — são coisas passageiras, como sua presença

[sem hora marcada

há um brilho contente no olhar, meiguice encoberta nos verbos afiados que formam os lábios

da ponta dos dedos, flores e harmonia. diz que é durão, mas nem por fora, nem por dentro. deve ser durão na casca, porque às vezes entra mais coisa do que sai

transborda, aperta. não importa. não pra ele

parece animal arisco. se muito perto, te circunscreve numa jaula de imprecisão: você precisa agir rápido, pensar rápido. ele é tão grandioso que você só quer saber de o encher os olhos

encher os olhos. só por boa vontade

não é isso que ele quer. parece procurar algo real, palpável, coisa que nem vai pressionar, nem vai deixar ir. se alguém tem isso? vai saber… se ele vai conseguir? tanto faz

pra ele, nada é duradouro. talvez o interesse também não seja

a fraude tá na contradição. se nada é duradouro, por que a infinidade dele realmente não tem fim?

cê vai desejar ver pelos olhos dele. ninguém conseguiu ainda, mas deve ser gratificante. 

das coisas que borbulham no peito, a necessidade de ser acolhido parece dominar, por isso às vezes parece acanhado, miúdo, quietinho, brincando falando sorrindo sozinho. é que de repente, quando aperta, dói, mas ele já aprendeu a lidar

e quando você olha assim, de longe, parece até miragem

não tem segredo. talvez seja mesmo oásis em meio a seca amarga.

quando ele passa, cantando, na dele, andando nas ruas que ele mesmo imagina, pensando se vale mesmo a pena voltar a descer ao mundo real, mal te percebendo ou respirando ou insistindo em ficar, ele é lindo, precioso. é o melhor menino do mundo

 

 

 

 

e só ele não percebe

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...