História Ele Era um Psicopata e Ela uma Suicida - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 96
Palavras 1.124
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Suspense, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


uhu

Capítulo 5 - Quase tortura


Fanfic / Fanfiction Ele Era um Psicopata e Ela uma Suicida - Capítulo 5 - Quase tortura

...

Namjoon- Então está entregue..

Yun- Eu acho que não tem ninguém em casa_ Falo ao apertar a campainha pela segunda vez e não sair ninguém.

Namjoon- _Ele sorri mas logo disfarça ficando serio_- Não posso deixar você voltar sozinha então..

Yun- ...Ok........

Namjoon- Vamos na minha casa que eu vou pegar meu celular e vamos, Tudo bem pra você?

Yun- Ta.. tudo bem..

NAMJOON(ON)

Entro em casa e Yun entra atrás de mim, sorrio de leve ao ver ela fechando a porta.
Vou para a cozinha, pego um copo no armário e um suco na geladeira e encho o copo. Guardo o suco e volto para a sala com o copo na mão.

Namjoon- Aceita um suco? -_Falo sentando ao lado dela no sofá, próximo o suficiente para sentir a ansiedade dela.

Yun- -_Ela pega o copo de suco e toma um pouco_- Valeu..-_ Ela olha em volta e logo me olha e ri fraco_- Por que você tem brinquedos em sua casa?

Namjoon- Ah RS.. a minha irmã esta ficando aqui por um dias, mas deixei ela dormir na casa de uma amiga hoje_ Até parece que eu planejei isso

Yun- Ata, quantos anos ela tem?_ Ela pergunta parecendo bem curiosa

Namjoon- Oito, mas é mimada como uma de 2 anos.

Yun- Acho que as crianças são assim geralmente..

Namjoon- Acho que sim_ Minutos de silencio

Olho para ela já irritado de estar ali sentado sem fazer nada, ou pelo menos não poder.
Levanto e vou até a porta a trancando, volta para o sofá e vejo ela me olhar com curiosidade.

Yun- Por que trancou a porta se já vamos sair?

Namjoon- Vamos demorar um pouquinho

Yun- pensei que fosse só pegar o celular

Namjoon- Hmm, é mas pensei que poderíamos conversar por uns minutos, podemos?

Yun- ...... É podemos..

 

YUN(ON)

Conversamos por uns 30 minutos e eu começo a sentir uma dor de cabeça, não comento nada e vejo que a dor de cabeça não iria melhorar assim tão cedo

Yun-  Podemos ir logo?

Namjoon- Como quiser.._ Ele levanta para irmos

 

A dor de cabeça que apareceu do nada, começou a ir embora da mesma forma, mesmo tendo dito para irmos logo eu contínuo sentada no sofá.

Namjoon- Mudou de ideia? Quer ficar?

Yun- Meu pai não irá se preocupar se eu demorar um pouco_ Sorrio sem saber o que estava acontecendo, tenho total comando sobre meus pensamentos mas estou dizendo que posso ficar até mais tarde, como assim?

Nmjoon- Parece que começou a fazer efeito o suco não é mesmo..?

Yun- Esse suco estava realmente bom, você pode me dar um pouco mais disso

Realmente parece que eu estou com outra pessoa dentro de mim, na minha cabeça sei que isso está completamente errado, mas mesmo assim faço. Minha cabeça está confusa e acho que estou dizendo sim para tudo como se fosse algo normal, teria algo naquele refresco?

Namjoon(ON)

Namjoon- Acho que não vai ser muito bom você tomar mais suco

Sorrio e pego ela pelo pulso a puxando, ela levanta e me segue até o porão

Yun- Por que estamos aqui?

Namjoon- Você já vai saber, pode tirar seu moletom e sua camiseta, querida?

Yun- Posso..
Ela obedece e fica somente de sutiã.
Não por ser um tarado ou algo assim, mas como você tortura alguém de moletom?

Namjoon- Agora tire a calça e sente naquela cadeira

Aponto para uma cadeira no meio de uma parte vazia do porão. Novamente ela me obedece, mas o efeito do que coloquei no suco só vai durar alguns minutos, afinal se ela obedecesse tudo que eu digo, não seria nada divertido.

Yun(ON)

Olho para baixo e sinto como se tivesse dormido por um tempo. Olho para mim mesmo e vejo que estou somente com roupas intimas, presa em uma daquelas cadeiras que tem alças exatamente para isso, dou um grito de desespero e susto e logo posso ver um homem alto se aproximar.
Ao se aproximar o suficiente.. era Namjoon, com um sorriso assustador no rosto, vindo em minha direção com uma mesinha cheia de utensílios.

Namjoon- Você se mutilar faz as coisas serem mais chatas, porque é exatamente o que você quer, ser torturada até a morte.

Permaneço em silêncio o escutando mas não estava com tanto medo, eles estava certo, era o que eu queria mesmo.

Namjoon- Mas mesmo assim, você tem um lindo olhar de sofrimento, eu amo esse olhar e não posso evitar de querer fazer você sangrar de várias formas diferentes

Ele pega o canivete e passa no próprio braço, o sangue escorre até pingar no chão e ele sorri com prazer como se estivesse testando.
Ele se aproxima de mim e coloca a ponta do canivete no canto da minha boca. Começa a passar o canivete sem apertá-lo, brincando e sorrindo ele passa o canivete de leve por todo o meu corpo até chegar em minha coxa e ele aperta o canivete ali, fazendo eu fazer uma careta de dor.

Namjoon- _Ele me encara serio_ Como posso me divertir se você não coopera?_ Ele me corta novamente fazendo eu gritar de dor pois o corte tininho ha sido profundo._ Agora estamos nos divertindo

Namjoon ia pegar novamente um objeto da mesinha quando alguém entra na casa gritando. Claramente era uma criança.

Yoshi- NAAAAAAMJOOOOOOON

Namjoon- .....Puta que o pariu.... -_abandona a menina e corre para o banheiro trancando a porta do porão.

Yoshi- Ei  vi você cruzar aqui! Volta aqui!

Namjoon- Sai do banheiro e vai pra perto dela_- O que quer?..

Yoshi- Quero apresentar meu amiguinho para você-_ Sorri com um olhar inocente

Namjoon- Você não tinha ido dormir na casa da sua amiga?

Yoshi- Na verdade.. era um garoto..

Namjoon- Você foi dormir na casa de um garoto?

Um garotinho de cabelo castanho e de tamanho pequeno entra correndo na sala depois de invadir a casa em desespero.

Yoshi- Que isso.......

J-Hope- Já posso entrar? Ta escuro lá fora

Namjoon observava aquela cena_ -E você quem é? _diz encarando o menino que logo ficou com medo do olhar serio dele.

Yoshi- Esse é o J-hope_ sorri_ -Ele é meu amigo! Pode dormir aqui essa noite?

J-Hope- _Abraça ela apertando forte_ Correção, eu sou o seu MELHOR amigo!

Yoshi- Isso aí, mas me deixa respirar..

J-Hope- Desculpa Yo! _Ele sorri fofo e ela retribui com um sorriso delicado.

Namjoon- Eu vou ignorar essa sua friendzone e você dorme lá no quarto com ela.

J-Hope- O que é friendzole?

Namjoon- Nada, vão logo.

J-Hope e Yoshi vão correndo para o quarto e Namjoon volta ao porão mas só tinha a grade do porão aberta e o seu canivete tinha sumido.

Namjoon- _ Da um sorriso rápido de canto_- Agora ela esta fazendo parte da diversão. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...