História Ele NÃO é meu namorado- corrompidos pelo mundo - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Adolescentes, Amor, Drama, Romance
Visualizações 5
Palavras 2.160
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oieeee gente ,td bem ?
Enfin não tenho dias definidos para postar só escrevo quando a mente pensa kkkkkkk esse capitulo era para air segunda mas eu estava meio ocupada ai não deu mas aqui esta ele ,espero ue goatem e me perdoem os erros de português ....

Capítulo 8 - Cap 5- Fofocas


Merda ,no dia seguinte quando chego as pessoas me olham e cochicham, muitas meninas me olham com desprezo de cima a baixo.
   Na sala de aula fico meio isolada ,nada fora do comum, apenas meninas me olhando mais dos que o normal, olho para onde devia estar Luka mas ele provavelmente não vai vir hoje .
    No intervalo Alice me disse que tinha uma fofoca rolando que dizia que a aluna nova no caso eu ,estava se pegando com o luka e que depois eles foram para casa dele e …
- Meu Deus essa gente não tem o que fazer não -puta que pariu nunca tive repultaçao social ,e as vezes até queria mas não essa .
 - Mas aconteceu algo para esse povo invertar isso ? - pergunta ela com salgadinho de batata na boca.
    Não sei se devo falar das coisas da vida dele para ela mas enfim por que desse filho de uma …. Eu tô mal falanda,não que eu ligue de qualquer forma mas isso é irritante ,só vou ter que aguentar 6 meses disso, e até o mês que vem ninguém nem não vai lembrar mais.Explico para ela que ele me beijou par dispistar uma menina e me levou para casa por que ele me fez perder o ônibus ,mas só.
-Deus pensei que vc achasse ele bipolar kkkkk- ela está tirando onda com a minha cara .
-E eu acho- digo com os olhos perdidos.
-Então por que você….
- Eu não to escutando nada - interrompo ela ,coloco a mão no ouvido me finjindo de surda e ela apenas sorri.
    Durante esse tempo aquele menino da festa (meu Deus por que eu fui naquela desgrama) vem e comprimentos a Alice e eu.
- O que você tá fazendo aqui essa hora ?- pergunta ela agora seria.
- Acabei me atrasando -diz ele se sentando e pegando o salgadinho de sua mão .
- Oie aluna nova ? Qual seu nome ?
- Beatriz e o seu ? - ele parece curioso.
-  Zack, eu já te vi antes né não?
- Aquela festa de domingo 
- Sabia . - ele diz e olha com um sorriso para Alice,esses dois estão falando com o olhar bem na minha frente.
    Nossa conversa flui e descubro que ele é amigo/ colega de classe da Alice e que os dois conversam bastante .
     No final do dia encontro meu primo que me olha com cara de quem quer me matar , como se quiser se dizer algo mas ele fica em silêncio.
      Quarta feira começa e termina ,sem nada empolgante a não ser que fofocar seja algo legal , Luka vai para aula e chega atrasado .Não deixo de pensar que eu ir para uma aquela festa foi uma terrível ideia ,prefiria continuar sendo a que não gosta de "SOCIALIZAR " ( a que as pessoas normalmente nem reparam).
     Na manhã de quinta acordo animada ,ou pelo meu eu interior ser trouxa ou porque o dia amanheceu lindo ,com uma leve garoa e o sol reinando .
    No ônibus meu primo estava mais quieto que o normal ,na verdade nesses dois últimos dias ele não tem falado muito comigo .Bem assim que chego no Colégio aviso Daniel que não vou voltar com ele já que teria que fazer um trabalho ele me olha intrigado mas não diz nada,assim que me separo de Daniel sou abordada por dois meninos que nunca tinha visto na vida.Um estava vestido com um moletom azul marinho o outro com um moletom cinza.
- Daew princesa? Tudo bem ?- o de moletom azul  fala.Eles eram bem bonitos , mas como dizer nem de longe faziam "meu tipo"(se é que eu tenho um "tipo").
- Sabe um amigo nosso queria seu número , ele te achou mô gata.- diz o outro,ai soccorro como que se fala não mesmo .
-eh…..- não consigo esconder o desagrado dos meus olhos ,atrás deles Luka passa nos olhando,e um milagre ele não estar atrasado. Ele nos olha faz uma careta e para se apoiando em uma árvore próxima ainda observando.
-Vamos lá gata -inciste o de moletom cinza.
-Acho melhor não - digo olhando pra Luka.
- A qual é ? E só um número…- diz o de moletom azul se aproximando mais de mim.
- Passa ai vai!- diz o de moletom cinza com uma voz mais grossa ,se eles não aceitam um não como resposta vou ter que mentir .
-E **********- digo um número qualquer,ele anota em seu celular , droga tomara que ele não me ligue para conferir.
-Vou te ligar para ver se está certo.- sorrio mas é de dessespero .O sinal de entrada toca , graças a Deus.
- Eu vou ter que ir ,tchau- digo deixando os dois mas o que me cumprimentou segura o meu puso.
- Calma bebê ,e se nós fossemos até o shopping hoje.- isso não sou como uma pergunta.
    Balanço a cabeça,ele aperta mais o meu pulso ,então por sorte ou não Luka se aproxima .
- Em preciso falar com você- diz ele para mim ,lançando um olhar ameaçador para quem me segura ,então me sinto livre.
   Ando com ele escuto os meninos resgungarem ,vamos para dentro do colégio , sem perseper solto um suspiro.Eu sou só a menina na minha que não está nem um pouco acostumada a levar cantadas ou sei lá.
- Você devia aprender a ignorar melhor os outros - diz ele de forma dura.
- Devia ter algumas aulas com você não é mesmo ?- debocho.
- Deveria mesmo - ele começa a andar me deixando para trás .Apreso meu passo para alcançá-lo.
- Por sua culpa eu to sendo motivo de fofoca sabia ? 
-Aé,de nada … Assim vai ter um monte de gente querendo conversar com você .
- Como se eu quisesse isso- Ele revira os olhos ,ai como eu odeio isso ,e sai indo até a sala .Se sentando como sempre no fundo.
   No intervalo eu e Alice ficamos conversando ,não vi o amigo dela ,por algum motivo os dois ficam muito todos juntos .
   No final da aula assim que quase todo mundo sai vou até a mesa de Luka , Ele esta com o fone menchendo no celular como de costume .
- Ei - chamo ele e ele retira o fone.
- Que foi ?
- O trabalho de Química, vamos fazer ele na biblioteca, né?- digo e ele me olha com o cenho cruzado.
- Vish eu tinha esquecido - não é de me suspreender- vou ter que fazer uma coisa antes .
- A é você quer que eu espere aqui ?- pergunto sarcasticamente.
- Ou vc prefere ir comigo ?- ele diz agora digitando no algo no celular.
- Vai sabe….- sou interrompido
-Esqueci vc e certinha demais para sair com um desconhecido - ele tá me desafiando isso me irrita.
- Aí fica quieto .
- Mechi com seu ego?- sorri em quanto fala se levantando pronto pra sair.
- Onde você vai ? Vai demorar quanto tempo ?- pode ser idiotice ir com um menino que eu conheci a tão pouco tempo até um lugar em uma cidade desconhecida , mas bem ele não tem cara de alguém ruim então…
- E aqui perto , não vai demorar muito .
- Ok, então eu vou com você e se demorar vou ficar te apertando.
- Ai eu te deixo lá e volto.
- Atá que você faria isso.
- Quer apostar ?- diz ele serio parando e me olhando e eu sei que ele não faria isso ou espero.
  Saimos do colégio indo até seu carro,entro nele e ele liga o motor , um silêncio constrangedor começa a se espalhar e eu tento buscar alguma conversa.
- Você sempre chega na segunda aula ?- meu Deus eu devia começar a treinar conversas.
- Hoje eu não cheguei ,não é?
- Sim mas nós outros dia sim.
- Eu não gosto de acordar cedo só isso.- a imagem de um Luka desligando o despertador irritado com o cabelo bagunçado passa pela minha mente e sem perceber sorrio.
- O que foi ?- ele pergunta .
- Nada - acabo lembrando de hoje mais cedo e eu não agradeçi ele ,mesmo que por parte tudo seja culpa dele.- em obrigado por me ajudar mais cedo!
- Não foi nada, não que eu me importe, mas você está gostando do colegio?
- Sincero em… mas honestamente e só uma versão mais complicada do meu antigo colégio
- Por que mais complicada?- ele me olha e depois olha para a rua novamente ,acho que ele é aquele tipo de pessoa que conversa olhando nos olhos.
- Eu mal entrei e já sou motivo de fofoca , mas eu nem ligo vou ficar aqui só por seis meses mesmo.Só preferia não ter chamado atenção- quando percebo estou me abrindo com ele , que isso eu não sou de contar o que sinto .
- Só seis meses? Sabe e um bom tempo , e foi mal se sujei sua reputação, essas pessoas adoram uma fofoca e você não deve nada para eles ,mas assim quem sabe você conhece pessoas diferentes.- diz ele e eu fico suspresa ,jurava que ele ia falar que o que eu disse é algo bobo e que não deveria me preocupar .E o "foi mal" eu vou levar como desculpas.
- E quem sabe ….
  Quando percebo o carro para.Olho ao redor e estamos em uma rodovia porém não tem nem um caro passando ,mas existe três ao lado do outro .E vários estacionados.
- O que é isso? - meu coração acelera mas .
- Racha 
- É o que ?
- Corrida ilegal ,competição de velocidade ,apostas nunca ouviu falar ? - ele diz com tanta maturidade que me assusta.
-Você e louco ,já pensou se morre fazendo isso? E muito perigoso e você esta infringindo a lei…- digo sem perceber com a voz fina ,ele me olha surpreso e depois relaxa.
- Olha e algo que eu gosto e se for para morrer eu vou morrer independente do lugar ,e a lei ,e só mais uma .
- Ta bom , mas para vc isso não é quase a mesma coisa que suicídio ?
- Não, e bem tanquilo se você souber dirigir ,eu vou te deixar com o cara que cuida das aposta ta bom ? Ou vc prefere ir comigo ?- ele dá aquele sorriso de deboche .
- Não obrigada ,prefiro viver , aonde eu fico?
- Calma eu vou com você até ele - diz ele dando risada.Que risada fofa.
   Saímos do carro e andamos até um rapaz de  aparentemente uns 25/29 anos .
- Então você veio grande Luka- diz o moço ele tem uma estatura mediana olhos bem castanhos cabelos da mesma cor com ondas e é levemente malhado, sua camisa aperta no braço assim que os dois se comprimentam com um aperto de mão.Luka parece perceber o meu analise discreto e da uma leve balançava de cabeça,como se quisesse rir de mim de novo.
- Tem como você dar uma olhada nela enquanto eu participo da competição.
- Quem diria que você traria uma menina aqui - ele da uma troca de olhar com ele ,mas não entendo .
- Nada ver- ele fica carancudo.
- Ta bom.- meu Deus eu tô muito perdida nessa conversa .- eu fico de olho nela para você.
-Valeu - ele começa a se afastar de nós
-Em…-  digo e ele me olha- se cuida - ele da um sorriso sem graça e ficamos olho no olho por alguns segundo e então ele se vai .Engulo em seco ,que espero que nada de ruim aconteça.
- Mas e aí qual o seu nome ? E idade ?- diz o menino chamando minha atenção, posso jurar que vi Luka dar uma leve parada mas voltou a caminhar normal .
- Meu nome é Beatriz ,tenho 17 por que ?- me faço de ingênua.
- Droga ,quando você faz 18 ?
- Logo…
- Uhm entendi…,não precisa se preocupar com ele , ele já ta acostumado, faz isso a mais de um ano  - não falo nada só balanço a cabeça .- vocês se conhecem a tempo ? Por que tipo eu nunca vi ele trazer uma menina aqui ,ou vc está se fazendo de difícil e ele quer te impressionar,se bem que esse não é o tipo de coisa que ELE faria - por um estante parecia que ele não estava falando comigo e sim pensando em voz alto , sinto uma pontada no peito mas não sei explicar o motivo.Finalmente o respondo .
- A primeira vez que vi ele foi no Domingo …- ele me olha surpreso .
- Nossa serio ? Vocês parecem tão sei lá… íntimos 
- Não nada ver- e o que faço mas não o que penso.

 


Notas Finais


Então o que acharam ?
O que ele tem que a atraí tanto?isso e bom ou ruim ?
Enfim ...logo vamos saber
Espero que tenham gostado
Beijinho no dedão e até...
Obs:Até sexta eu posto a apresentação de mais um personagem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...