História Ele (Não) me odeia - Capítulo 61


Escrita por: e JungHoseoka093

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Hope, Hoseok, Tae, Taehyung
Visualizações 100
Palavras 983
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente
Tem alguém que saiba fazer capa e queira me ajudar? Please!

Capítulo 61 - 61


Fanfic / Fanfiction Ele (Não) me odeia - Capítulo 61 - 61

S/n On



Já havia estacionado o carro frente a casa de meu pai. Com todo cuidado, peguei o Tae-joo no colo acionei o alarme do carro e entrei para dentro. Deixei pra pegar a mala no outro dia

Não foi preciso tocar a campainha, quando ia fazer isso, meu pai resolve abrir a porta logo em seguida dando passagem para eu entrar

Para a minha surpresa, Lisa estava sentada no sofá da sala, até pareciam estar me esperando, me sentei e esperei os dois dizerem algo

Lisa: Está tudo bem com vocês dois?

S/n: Estamos bem

Choi: Que marcas são essas em seu pescoço?

O local que Taehyung apertou, ja não doía, e por conta disso acabei me esquecendo do incidente com meu pescoço

S/n: Taehyung... ele fez isso

Choi: Ele te agrediu? -afirmei- ele ligou agora a pouco dizendo estar muito preocupado com você

S/n: Ah, ele ligou é?!

Choi: Sim, estava chorando. Implorou que eu ligasse para dar notícias de vocês dois

Lisa: Acho que é hora de você nos contar oque houve com vocês dois

Dei um longo suspiro antes de responder

S/n: Meu ex-marido, vem me traindo à algum tempo com a secretária Min

Choi: Oque?!

S/n: Eu sempre soube, ela me mandava fotos sempre que eles se encontravam

Lisa: Porque não me contou nada?

S/n: Tanto você como meu pai, têm suas próprias vidas. Não seria justo eu vir incomoda-los com meus problemas

Choi: Se você tem um problema, então todos nós temos um problema

Lisa: Eu não entendi uma coisa...

S/n: Oque?

Lisa: Qual foi o motivo dele ter te agredido?

S/n: Eu também traí ele - abaixei a cabeça

Choi: Você oque?

Lisa: Eu não acredito nisso... Traiu com quem?

S/n: Não sri se devo contar

Choi: A esta altura do campeonato você não tem nada a perder, então conte logo

Lisa: Com quem você o traiu?

S/n: Jung Hoseok!

Os dois abriram a boca em sincronia fazendo um perfeito "O"

Choi: Ficou maluca?

Lisa: Ele sabe que é com o irmão dele?

S/n: Eu não quis contar

Choi: Você tem que dizer toda a verdade a ele

S/n: Ele terá que descobrir isso sozinho

Lisa: E você acha isso justo?

S/n: Justo certamente não é, mas não quero contato com ele, seria pior para nós dois

Choi: Você percebe o tamanho da confusão que está criando?

S/n: Sim

Choi beijou meu rosto

Choi: Espero que nada de mau aconteça a você, te amo!

S/n: Eu também, pai

Lalisa se levantou e me abraçou

Lisa: Estou aqui para oque precisar

Me levantei do sofá e subi com Tae-joo no colo até meu antigo quarto.

Lá, o deitei na cama e fiquei o olhando

Hoseok On

02h da madrugada e acordo com Taehyung me ligando

Oque será que ele quer agora?

Chamada On

T: Preciso de você - disse meio mole

H: Você está bêbado?

T: Só um pouquinho

H: Onde você está?

T: Naquele barzinho que sempre vinhamos juntos

H: Ok

Chamada Off

Me levantei as pressas troquei de roupas peguei a chave do carro e saí

O bar ficava no centro da cidade, provavelmente eu demoraria uns 20min até chegar lá

*

H: Olhe só pra você, que cara é essa?

T: Me leva pra minha casa

H: Onde está seu carro?

T: Vim à pé

Estranhei, Taehyung raramente andava à pé. Mesmo desconfiado, apoiei um de seus braços em meu ombro e fomos andando até chegar ao meu carro

Eu diriji o caminho todo sem dizer uma única palavra, mas Taehyung chorava igual criança, não sei o porque de tanta manha

*

H: Chegamos!

T: Obrigado, irmão

H: Porque a casa está tão quieta?

T: A s/n... ela...

H: Oque tem ela? Porque você está chorando?

T: Me deixou e voltou para a casa de seu pai

H: Como assim te deixou?

T: Ela quis se separar

Arregalei os olhos, estava espantado com tal atitude da mais nova. Mesmo traindo meu irmão com sua esposa, nunca imaginei que um dia eles pudessem chegar a isso

H: Vocês se separaram?

T: Nao, eu não. Ela se separou de mim, estava me traindo com um cara

Meu coração foi a mil. Ele sabe que o tal cara sou eu e está apenas fazendo um jogo, ou realmente não sabe de nada? Devo admitir?

T: Porque está com essa cara?

H: É que...

T: Oque? Não me diga que conhece o cara?!

H: Eu conheço...

T: E quem é? - se levantou me fazendo engolir em seco - me diga, quero ir atrás dele e dar-lhe uma bela surra -cerrou o punho

H: Sou eu

Com aquele olhar confuso, ele me encara me deixando apreensivo

T: Isso é brincadeira, não é?

H: Não

T: Você, meu irmão, me traiu com minha própria esposa?

H: Sim

T: Eu pedi para que você ficasse de olho neles dois para que nada de mau acontecesse a eles, e você faz isso comigo, Hoseok?

H: Desculpa, mas aconteceu

T: Aconteceu?! Hahaha, não acredito que estou ouvindo isso

Tae se virou de frente para mim, pegou na gola da minha camisa e me levantou um pouco do chão

H: Oque vai fazer?

Me jogou no chão, me deu vários socos e chutes. A cada novos golpes acertados, uma nova lágrima escorria por seu rosto

*

A uma hora dessas eu certamente estaria com o rosto todo inchado e roxo de tanto apanhar. Em nenhum momento pensei em revidar, já quem estava errado aqui sou eu

Taehyung se sentou no sofá e ficou me olhando caído ao chão

T: Acho que tem algo que você precisa saber... eu traí s/n antes mesmo dela me trair - riu sem humor - cheguei em casa e vi as marcas que você deixou nela, me descontrolei e acabei agredindo-a

Porque que quando se trata da pessoa amada ouvir coisas como esta te dá um aperto no coração?

T: Espero não ver vocês dois juntos

H: Como assim? - disse com certa dificuldade

T: Ela é minha, e não vou perder minha esposa e meu filho para ninguém. Vá embora e nunca mais volte- subiu as escadas me deixando sozinho na sala

*


Notas Finais


-beijos da Omma 😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...