História Ele (Não) me odeia - Capítulo 62


Escrita por: e Hoseoka093

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Hope, Hoseok, Tae, Taehyung
Visualizações 66
Palavras 1.329
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Para agradecer pelos 120 favoritos, resolvi fazer esse cap. de presente para vocês

Capítulo 62 - 62


Fanfic / Fanfiction Ele (Não) me odeia - Capítulo 62 - 62

S/n On

Estamos separados a um mês e as coisas não tem sido nada fáceis, nem para mim nem para o Tae-joo.

Dia sim dia não ele vem ver o filho, mas quando ele vai embora, Tae-joo derrama muitas lágrimas

Eu não estou muito diferente do meu filho, na verdade, choro todos os dias com saudades de vê-lo e de estar junto a ele, mas mesmo ele pedindo para nós voltarmos, não tenho coragem para dizer um simples "sim"

Estou dentro do carro dirigindo para ir a empresa. Hoje volto a trabalhar, parece que vou ter que conviver com a situação difícil de ver Taehyung todos os dias, e ainda por cima na mesma sala já que ele fica na minha sala, e a sua sala nova ainda não está pronta

Mas talvez eu esteja errada, talvez o pior não seja conviver com Tae, e sim, ter que conviver com as provocações da secretária Min.

Ela faz questão de me provocar todos os dias dizendo o quão feliz Tae está ao seu lado. O mais engraçado é ele sempre dizer que me ama e que sente minha falta, não é mesmo?!

*

Ao chegar em minha sala me deparo com Taehyung e Min-taera aos beijos e abraços

Se não fosse eu ter que pigarrear os dois não teriam percebido minha presença ali

Min: Ela tinha que nos atrapalhar logo agora?

Tae arrumou sua gravata e me olhou meio sem graça

S/n: Aqui não é lugar para você, Min Taera. Faça-me o favor de voltar para suas devidas obrigações

Min: Até depois, "Amor" - deu um selinho no Tae, passou por mim e me fusilou com os olhos

Minha mesa era em frente à do Tae, mas cinco metros nos distanciavam um do outro . Me sentei e começei a trabalhar.

*

Vez ou outra podia sentir seus olhos queimarem sobre minha pele. Não estava precisando da ajuda dele para nada, porém ele me chamou umas vinte vezes e eu tive que ajudar, fazer oque, né?

A hora do almoço havia chegado e a insuportável abriu a porta bruscamente me assustando e tirando a minha concentração

Min: Amor, vamos almoçar?

Tae: Não estou com fome...

Min: Mas eu sim, por favor vam...

S/n: Escuta querida, a próxima vez que você entrar na minha sala dessa forma, eu mesma irei te mandar embora. Entendeu bem?

Min: Quem você pensa que é pra falar comigo dessa forma?

S/n: Se você não se lembra, sou a filha do dono, e logo daqui a um mês serei a dona. Então faça o favor de me respeitar ou irá perder seu trabalho

Tae: Acho melhor nós irmos, Tae-ra - saíram

Tentei voltar minha concentração aos documentos, mas foi em vão.

Estava me dando fome, nem café da manhã eu havia tomado. Precisava almoçar logo, mas não queria ir sozinha então liguei para o Hoseok. Nesse primeiro mês que estive separada do Tae, só vi Jung apenas duas vezes

Chamada On

H:Alô?

S/n: Onde você está?

H: Na loja, porque?

S/n: Não vai almoçar?

H: Eu ia te chamar pra almoçar

S/n: Onde?

H: Pode ser em frente ao restaurante da sua empresa

S/n: Ok, te encontro lá daqui 20min

H: Beijos

Chamada Off

Acabei voltando minha atenção ao trabalho e me esqueci do almoço, só percebi quando a recepcionista do 1° andar ligou para avisar

Peguei minha bolsa, e fui as pressas para pegar o elevador. Quando as portas se abriram para eu sair, de longe pude ver Hoseok me esperando perto da porta de entrada/saída

Parecia entediado, então apertei o passo e cheguei até ele o abraçando por trás

H: Você me assustou - virou-se de frente para mim

S/n: Desculpa...

H: Vamos? -assenti encaxei meu braço ao seu. Atravessamos a rua e logo estávamos dentro do restaurante, e pro nosso azar, lá estavam Min e Tae.

A princípio ela não nos viu, somente Taehyung nos viu e ficou encarando, mas quando ela percebeu que algo estava prendendo a atenção de Tae resolveu olhar e só aí percebeu que Hoseok e eu estávamos ali

H: Porque eles não param de encarar?

S/n: Finja que eles não existam

O garçom chegou com os cardápios, pedimos e ficamos aguardando

H: Você está cada dia mais linda - beijou minha mão

S/n: Obrigada

Jung e eu não tínhamos nada a mais que uma amizade. Transamos somente uma vez e foi o suficiente pra eu me dar conta do tamanho da burrada que fiz e perceber que não o amo

H: Desculpe eu não estar tendo tempo para você

S/n: Tudo bem

H: Oque acha de um sorvete depois do expediente?

S/n: De chocolate? - fiz uma carinha fofa

H: Do sabor que você quiser -apertou minha bochecha - Como está meu sobrinho?

S/n: Está com saudades sua, mas está bem, todos os dias ele brinca com minha irmãzinha. Acredita que os dois não se desgrudam?

H: Tão cedo e já estão assim?

S/n: Pois é

Nossos pedidos chegaram

H: Essa batata frita está ótima, quer provar?-assenti e ele colocou uma em minha boca

S/n: Está muito boa mesmo

Terminamos de comer e ficamos nos olhando

S/n: Porque tanto me olha?

H: -sorriu de canto- estou te admirando

Por incrível que pareça eu corei, sim eu corri e muito

H: Está com vergonha de mim? -neguei

Olhei no relógio da parede do restaurante e já estava quase na hora de entrar pra empresa, duas horas de almoço passam rápido

H: Está quase na minha hora

S/n: Na minha também

H: Vou pagar e já volto aqui

Enquanto ele foi pagar, fiquei lá sentada o olhando e quando olhei pro lado Min e Tae passaram do meu lado. Ele sério como sempre e ela pendurada em seu pescoço

H: Acho melhor irmos

Saímos, nos despedimos ele foi pra loja e eu voltei para a empresa

*

Entrei na sala e Taehyung não estava lá, dei graças a Deus por isso. Me sentei e começei a trabalhar

*

Minutos depois a porta Se abre e Taehyung passa por ela

Mesmo não olhando para ele, sei que ele se sentou em sua mesa e ficou me fitando

*

Olhei para o relógio e já está quase na hora de ir embora

T: S/n?

S/n: Diga

T: Posso ir buscar o Tae-joo para passar o fim de semana comigo?

S/n: Ainda é cedo para ele dormir longe de mim

T: Entendo... eu só queria passar um final de semana inteiro com ele, semana que vem vou ter que ir para Busan

E oque irá fazer lá? Essa seria a minha pergunta se minha boca se abrisse, mas não dá pra eu me pronunciar

T: Está me ouvindo? -assenti- eu gostaria que vocês dois ficassem ao meu lado neste fim de semana

É oque?

Taehyung se levantou e em passos lentos foi até a minha mesa e ficou me olhando

S/n: Tenho um compromisso

T: Com quem? Jung Hoseok?

S/n: Sim...

T: Que pena... você iria gostar da nova decoração que fiz na NOSSA CASA

T: Vocês dois estão juntos?

S/n: Não

T: Então - deu a volta ficando ao lado de minha cadeira - Oque te impede de voltar para nossa casa e termos a nossa antiga casa, hum?

Me levantei, estava sentindo um certo desconforto com ele tão próximo a mim

T: Preciso fazer uma coisa para ter certeza de algo

S/n: Oque?

Me prensou na parede e me beijou. Um beijo super quente e cheio de desejo. A cada segundo puxava mais o meu corpo para si mesmo. E pra falar a verdade eu estava adorando aquilo, não poderia fazer nada a não ser corresponder aos seus beijos


Tae me pegou no colo e me pôs sentada em cima da mesa, logo se encaixando no meio de minhas pernas

T: Eu precisava ter certeza disso 

S/n: De que? 

T: Que você ainda me ama tanto como eu te amo

Iríamos voltar para oque estávamos fazendo, mas aí a porta foi aberta. Tae e eu nos afastamos um do outro e vimos Jung Hoseok e Min Tae-ra nos olhando. Ele com cara de decepcão, já ela estava pronta pra me atacar 


*


Notas Finais


-beijos da Omma


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...