História Elementale - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Undertale
Visualizações 1
Palavras 799
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Magia, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Monte Eigered



"A muito tempo atras dois povos reinavam na superfície"
 humanos e elementaris
um dia essas raças estraram em guerra
e os humanos acabaram ganhando a guerra
com isso os humanos aprisionaram os elementaris no subsolo  com uma barreira magica
   MONT EIGERED 20**
-Você acorda em um lugar escuro, ao olha para cima e vê uma luz bem distante lá no topo, você não se lembra muito bem das coisas mas
se lembra de estar escalando o Monte Eigered, que seus pais sempre falavam para manter distância
você sente algo fofo embaixo, ao se levantar e apalpar percebe que flores douradas  amorteceram sua queda, ainda sem entender nada
levanta e começa a andar rodeando aquele lugar com os olhos, um material roxo, cobrindo todas paredes, um tipo diferente de pedras, mas todas elas moldadas em formas de colunas, uma porta gigantesca atrai atenção, ao entrar por ela um pequeno campinho verdejante reluz sobre sua frente, me aproximo um pouco e uma flor começa a emergir sobre a terra-
(????)howdy!!
dou um passo para traz com medo
(????)hey amigo não precisa sentir medo
(????)aqui, eu me chamo FLOWEY, Flowey a flor
aceno gentilmente para aquela estranha flor
(Flowey)bem amigo, você é o primeiro a cair aqui a muito tempo
( flowey)tenho que te ensinar como as coisas funcionam aqui,
tudo em sua volta fica preto,  e um coração vermelho aparece em sua frente
(Flowey)vê isso? Isso e sua alma, ela e a combinação do seu ser
alma?
(Flowey)vejo sua alma esta fraca no começo, para fortalecer sua alma,  você tem que conseguir lv
(Flowey)oque e lv? Love e claro
(Flowey)você quer love não quer?
(Flowey)n se preocupe eu divido um pouco com você.
(Flowey)aqui em embaixo o love e compartilhado por pequenas e brancas "balinhas da amizade" -algumas balinhas brancas aparecem-
(Flowey)aqui, pegue quantas conseguir
-as balinhas vêem ate você, você pega todas elas e.. olha suas mão e seu corpo estão todos machucados, uma dor imensa é sentida-
(Flowey)IDIOTA
(Flowey)AQUI EMBAIXO É MATAR OU MORRER
(Flowey)MORRA
-um circulo de balinhas se forma em volta e vai aos poucos diminuindo, cada vez mais, apertado,-
- uma luz surgindo ao seu redor, a medida que as "balinhas se aproximam", seus machucados vão aos poucos se fechando, assustado, você olha ao redor, e começa a sentir um intenso calor se aproximando, você olha novamente para flowey que não estava mais com seu sorriso, uma rajada de fogo é atirado na direção dele o jogando para longe-
(Flowey)aaaah
(????) que monstro horrível, machucando uma criatura tão inocente a estranha figura estende a mão para você , aqui criança, eu te ajudo
(????) onde estão meus modos?, eu sou toriel, a guardiã dessas ruínas diz ela com um grande e sincero sorriso
-Ainda assustado com tudo que acabou de acontecer, não consigo dirigir uma palavra para aquele " monstro"
a figura gentilmente me levanta e estende a mão-

(toriel) aqui, vou te guiar pelas ruínas, ela tem algumas armadilhas e não quero que você se machuque
-quando ela segura minha mão sinto um calor, mas não um calor intenso, algo bem morno e reconfortante, você sente que poderia até mesmo dormir com aquele calorzinho, isso te enche de determinação,
ela te leva pelas ruinas e ao chegar em uma escada vejo uma estrela branca no meio das 2 escadas,
toriel solta sua mão por um instante e sobe as escadas te esperando no topo-
-me aproximo da estrela e a toco-
-um flash de luz intenso inunda toda sala, mas ela volta ao normal, você continuar não entendo mas se sente bem melhor-
(toriel) minha criança ta tudo bem? você escuta docemente ela te chamar, você sobe as escadas e a encontra em frente a um "puzzle?"
toriel passa por cima de algumas placas, em uma sequencia que pra você não faz sentido, a porta se abre
após passar por mais alguns puzzles, muitos que até te deixaram bem apavorados, mas aquela estranha figura passava a você uma sensação de segurança, vocês andam por mais um tempo e veem uma sala com um boneco de treino no canto
(toriel) aqui em baixo, você pode encontrar alguns monstros pelo caminho, use esse boneco para praticar, se você fizer algo bom com certeza pode sair de uma luta sem ninguém se machucar

 -chego perto  do boneco e tudo fica preto novamente-
Você fala um oi para o boneco
(Boneco).......
toriel parece feliz com você
-tudo volta ao normal novamente-
(toriel) tenho que ir tudo bem? espere aqui -ela remexe os bolsos, um celular? ela o estende para você- aqui, qualquer coisa você pode me ligar que eu venho na mesma hora
você vê ao longe toriel se afastando aos poucos, mas sempre olhando para trás, você olha em volta toda a ruína e decide explorar um pouco


Notas Finais


Escrito em parceria com @nalyti


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...