1. Spirit Fanfics >
  2. Elementar - Eternos >
  3. Sinopse

História Elementar - Eternos - Capítulo 1


Escrita por: Piikenaanonima

Capítulo 1 - Sinopse


         Amazônia


    Os dias estavam tempestuosos na floresta, haviam noites que a chuva era capaz de levar as casas dos indígenas que eram feitas de barros e folhas.
   Uma criança corria ao lado de sua mãe tentando ao máximo não se afastar e acabar se perdendo; a tribo caminhava pela floresta densa com a chuva se tornando cada vez mais forte deixando o chão escorragadio a cada passo que eles davam. O precipício qual eles desciam não era um dos melhores para se estar na chuva era capaz de algum deles escorregaram dali e não estarem mais vivo quando o sol aparecesse novamente, eles pareciam desapontados pois parecia que seu sacrifício aos deuses não tivesse dado certo pois para que essa chuva forte descesse haviam feito algo errado.


- Mamã... Estou com medo. A criança murmurou com medo puxando um pouco as vestes de sua mãe.


- Não se preocupe criança, já estaremos um local seguro.


- Mas e se não chegarmos logo? Perguntou com os olhos sobressaltados aumentando um pouco a voz chamando a atenção de outros que passavam olhando torto, sua voz diminuiu. - E se não existir um lugar seguro?


     Sua mãe olhava para sua filha com carinho ela parou no meio daquele chuva forte fixando seu olhar amoroso para com sua filha.


- Vai existir um lugar seguro, logo o sol irá aparecer e agredeceremos aos deuses não precisaremos nos preocupar mais...


  Após as palavras de conforto de sua mãe as duas continuaram a seguir a tribo pelo caminho ocioso e escorregadio, além da chuva forte nada mais de horrível poderia acontecer a não ser um enorme raio bater em determinada parte do precipício aonde eles estavam, a terra tremeu causando uma grande rachadura, eles começaram a correr para não cairem ao grande rio que estava lá embaixo. A criança corria ao lado de sua mãe que segurava com força o braço da criança mas suas mãos estavam escorregadias demais e por um determinado tempo a criança tropeçou, todos da tribo haviam atravessado a grande rachadura já estando do lado seguro, a mãe olhou para trás notando que sua criança já não estava mais com ela ao olhar para trás viu que ela já estava se levantando pronta para correr para os braços de sua mãe só não esperava que a terra tremesse novamente, a rachadura se partisse e a terra em que ela estava em cima descesse para o abismo de águas.
   A garotinha esticou sua mão em direção à sua mãe que ao estender a sua para a criança a terra desabou, o grito de sua mãe foi ouvido por toda a ilha e um trovão cortou o céu.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...