História Eles não sabem - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), BtoB, Red Velvet
Personagens Changsub, Eunkwang, Hyunsik, Ilhoon, Irene, Jeon Jeongguk (Jungkook), Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Minhyuk, Park Jimin (Jimin), Peniel, Seulgi, Sungjae, Wendy, Yeri
Tags Comedia, Jungri, Romance, Seulmin, Sungjoy, Vrene, Wenga
Visualizações 101
Palavras 1.434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Festa, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá bombons <3

Capítulo 4 - Onde está Yerim?


Fanfic / Fanfiction Eles não sabem - Capítulo 4 - Onde está Yerim?


No capítulo anterior..


-Noona, posso te chamar de noona?

-Pode, pode.

-Então o Jin hyung está dormindo agora, mas se quiser eu posso ir até ai.

-Diz pro Jimin vir também! 

Gritou Seulgi e Tae quase riu, quase.

-Vou levar o Jimin hyung e o Yoongi.

-Yoongi não! 

Essa foi Wendy.

 

 

 


Taehyung desligou o celular e ficou algum tempo encarando a tela. Talvez não fosse o momento para ficar feliz afinal uma pessoa havia sido sequestrada, mas ele não resistiu e comemorou por finalmente ter sido notado por Irene com sua belíssima dancinha da vitória. 

-O que é isso aqui? 

Jimin apareceu na porta do quarto de Tae que imediatamente parou de dançar. 

-Cara você não vai acreditar..

 

 

Após contar tudo para Jimin os dois decidiram irem encontrar com Red velvet. Jimin conhecia bem o caminho para aquele dormitório apesar de nunca antes ter posto seus pés lá. 

-Onde pensam que vão? 

Yoongi surgiu no final do corredor por onde silenciosamente Jimin e Tae passaram há alguns segundos. 

-Ao dormitório do Red velvet. 

Disse Jimin sorridente. 

-Sem mim?

O Min cruzou os braços e se aproximou deles.

-Wendy disse pra não te levar então só fica aqui por favor. 

Pediu Tae, ou melhor implorou.

-Agora que eu vou mesmo. Espera ai. 

Yoongi voltou ao seu quarto trocou de roupa e voltou a sala onde os dois garotos o esperavam.

-Meu carro tá na garagem, vamos pelos fundos.

Disse ele saindo na frente. 

-Seu carro? As pessoas conhecem o seu carro.

Lembrou Jimin indo atrás dele. Taehyung fez o mesmo. 

-E daí? 

-Hyung você não entende o caos que está causando? 

Esse foi Tae e Yoongi apenas revirou os olhos em resposta.

-Esse cara..

Jimin resmungou após entrarem na garagem onde haviam apenas três carro.
O de Yoongi, o que o manager geralmente deixa guardado lá e o de Jin.

-Cadê o carro do Hoseok? 

Perguntou Tae estranhando. Ele havia visto Hope dormindo há pouco tempo.

-Sei lá cara, hoje é sexta-feira ele saiu pra beber.

Desconversou Yoongi destravando seu carro.

-Mas ele estava..

Tae foi interrompido por Jimin que atravessou sua frente para sentar no banco da frente do carro.

-Anda logo Tae!

 

 

 

 

 

 

 

 

 


A campainha tocou e Seulgi correu o mais rápido que pode para abrir a porta.

-Oii!

Jimin praticamente pulou pra dentro do apartamento.

-Oi Jimin como vai?

Perguntou ela tentando parecer casual, mas sua vontade mesmo era de pular em cima dele. 

-Bem.

Taehyung passou pelo casalzinho e foi direto na direção de Irene que continuava sentada naquele sofá.

-Noona!

-Vocês demoraram.

Reclamou ela.

Wendy paralisou quando viu aquele ser extremamente branco parado com um sorriso presunçoso em frente sua porta.

-Eu te disse pra não para não trazer esse maldito!

Disse ela a Tae.

-Desculpa é que ele é único que tem um carro entre nós. 

Não deixava de ser verdade.

-Então qual é mesmo o problema? 

Perguntou Yoongi entrando na sala também. 

Wendy mostrou as mensagens dos sequestradores para eles. 

-Não pediram um resgate? Nada?

-Você é analfabeto Min Yoongi, não tá vendo que a única coisa que eles disseram foi isso pra ficarmos longe de você seu imbecil.

Wendy não tinha muita paciência para lidar com aquele garoto.

-Hum...

Yoongi pensou um pouco.

-Hey Tae você consegue rastrear o número? 

Perguntou quase afirmando. Lembrava de como Taehyung tinha facilidade em invadir contas dos veteranos nos jogos de rpg e até mesmo conseguiu hackear a conta do kakao de Namjoon na época que ele tinha uma namorada.
Os garotos eram curiosos sobre como seu líder era com sua namorada então..


-Não tem o número, é privado.

Avisou Irene olhando para Tae que sorriu calorosamente para ela.

-Tudo bem noona, eu acho que consigo.

 

 

Enquanto Tae fazia os procedimentos para localizar de onde a mensagem havia sido enviada, Irene estava ao seu lado observando tudo com atenção. 
Aquele garoto parecia um hacker profissional mexendo em configurações que ela nem sonhava existir em um aparelho de celular.

Por outro lado Wendy havia saído da sala alegando que não era obrigada a olhar para cara de limão azedo de Yoongi e foi para a cozinha.
Yoongi não queria deixá-la em paz e foi atrás. 

-Você não deveria está aqui.

Diz Wendy bebendo um gole de sua água.

-Fiquei com vontade de beber alguma coisa, tem café? 

Perguntou o descarado Yoongi.
Mesmo bufando de raiva Wendy o serviu uma xícara de café sem açúcar pra ele não pedir mais. 

-Está ótimo! 

Diz ele de forma sarcástica e bebe tudo. 

-Eu odeio você. 

Yoongi a encara.

-Minha amiga sumiu e você vem aqui me infernizar. 

-Ajudar, eu vim ajudar.

-Mas ajudaria se não atrapalhasse.

 

 

 

 

 


-Nossa, seu quarto é bonito.

Jimin sorrir por finalmente ter conseguido realizar seu sonho. Está dentro do quarto de Kang Seulgi.

-Obrigada. 

Seulgi trancou a porta e sentou ao lado de Jimin na cama. 

-Jimin-ssi eu preciso te contar uma coisa.

-S-sim? 

Seulgi estava mais corada que o normal
Seu coração batia a mil por hora, suas mãos soavam e ela sentiu um embrulho no estômago. 

-E-eu gosto de você Park Jimin!

Jimin não teve tempo para responder pois Seulgi caiu desmaiada na cama.
Ótimo ela morreu após se confessar.

-Meu Deus. Seulgi-ssi! Eu também gosto de você, não morra agora.. Seulgi! SOCORRO ELA MORREU! 

 

 

 

 

 


Irene fez um chá de camomila para Seulgi que ficou sob os cuidados de Jimin no seu quarto. 
Irene não gostou da idéia de deixá-los sozinhos lá, se fosse em outra circunstância isso nunca aconteceria, mas situações drásticas pedem medidas drásticas. 

-O endereço é..


A cara de Tae não foi nada boa.


-Aonde? 

Wendy e Yoongi perguntaram juntos e sem olharam fazendo careta.

-O apartamento do irmão do Jungkook. 

Disse Tae incrédulo. 
Quem sequestrou Yerim estava no apartamento do irmão de Jungkook? 

-Onde fica isso? Vamos até lá..

Pediu Irene já indo até a porta.
Ela olhou para trás e viu Taehyung paralisado. 

-anda precisamos salvar a Yeri!

Yoongi puxou Tae até a porta e Wendy foi logo atrás dos dois.

O prédio ficava há duas ruas do dormitório das garotas e na mesma rua da escola que Yerim estuda. 

-Esse é o percurso que geralmente Yeri tem que fazer para voltar para casa.

Disse Wendy vendo as ruas que passavam.

-Eu ainda não entendo como..


Taehyung lembrou do carro de Hoseok que não estava na garagem e que Hoseok estava dormindo em seu quarto. 
Quando Irene ligou perguntou por Jin e não demorou muito para entender o que estava acontecendo ali.

 

 

 

 

 

 

Não muito longe dali, no apartamento do irmão de Jungkook..


-Eu deveria mandar outra mensagem? 

Perguntou Jungkook já digitando algo no celular. 

-Não. Taehyung oppa é metido a hacker né? Não vai demorar muito para rastrear a ligação. 

Garantiu a menina que devorava uma pizza inteira. 
Tão pequena e tão gulosa.
Pensou Jungkook. 

-E quando eles chegarem? 

Perguntou novamente. Jungkook estava nervoso, pois apesar de ter arquitetado todo aquele plano não sabia se daria certo ou não. 

Yerim levantou da mesa jogando seus belos cabelos loiros para o lado.

-Para todos os efeitos você salvou a minha vida.

Ela piscou e o garoto corou. 

-E-e se não acreditarem?

Começou a andar de um lado para o outro e ela suspirou. 
Tinha que ser tão preocupado assim? 

-Você quer juntar Taehyung com a Irene unnie não quer? Não há outro jeito se não fazê-la acreditar que você salvou a minha vida. Irene será eternamente grata por isso.

-M-mas..

Jungkook parou e ficou olhando para a menina a sua frente. Kim Yerim era realmente mais bonita de perto.

-Eu ainda não acredito que você ia me sequestrar de verdade. O que ia pedir como resgate?

Brincou ela.

-I-Isso seria apenas no caso de você não aceitar. 

-Mas eu aceitei. Não sei, mas algo me diz que Taehyung oppa fará minha unnie feliz. 

-Você chama pessoas que nem conhece de oppa?

Yeri revirou os olhos.

-Claro que o conheço. Conversamos no kakao desde antes de eu debutar.

Ela diz e sai da cozinha. 

-Que? E porque eu não sabia disso? 

Jungkook vai atrás dela.

-Talvez porque não tenha nada a ver com você? 

Disse em tom de brincadeira. 
Yeri se jogou no sofá e Jungkook cruzou os braços. 

-Estão demorando..

Resmungou e Yeri o olhou. 

-Vai dá tudo certo, irei dizer as unnies que você me salvou e elas acreditaram em mim.

Ela sorriu. 
Por um segundo Jungkook pensou está diante de um anjo, mas um anjo não mentiria e falaria as coisas que Kim Yerim tinha lhe dito durante aquelas 8 horas de convívio que tiveram juntos. 
Yerim estava mais para demonia do que anjo.


Notas Finais


Vocês acham que esse plano do Jk feat. Yeri vai dá certo?
Comentem aí o que acharam..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...