História Eles Só Pensam Em Foder - Capítulo 3


Escrita por:

Visualizações 189
Palavras 1.156
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ois!
Desculpem a demora, mas em fim de semana é provável que nunca tenha cap novo.

Espero que gostem <3

Capítulo 3 - Eu quero você e você ele


Fanfic / Fanfiction Eles Só Pensam Em Foder - Capítulo 3 - Eu quero você e você ele

Um fato era que Yoongi sempre odiou fazer coisas relacionadas a casa, por isso sempre procurou ajudar de outras formas, como pagar contas, incluindo a mensalidade da faculdade de todos os meninos com quem mora. Nunca teve que se preocupar com dinheiro, pois sendo o único filho dos maiores empresários conhecidos da Coréia, Yoongi recebia tudo que precisava sem pensar em reclamar.

— Coloca esse aqui mesmo, ele nem vai notar a diferença.

— Você tá maluco, Yoongi? Primeiro foi a quantidade de lámen do Jin e agora o toddynho errado do Jungkook. Você tá querendo ver a minha bunda nas mãos desses dois?

— O que eu não quero é o pau do Taehyung entrando na minha, Namjoon! — Yoongi responde, tirando uma risada do Kim.

— Sabe, eu até acharia uma loucura se não viesse daqueles dois.

— E como é que não acha? Você tá ligado que o Taehyung e o Hoseok querem comer o meu–

Caixa 17, por favor, compareça a central de atendimento...

— Olha Yoongi, eu sei que pode parecer loucura pra você, talvez por sermos todos amigos e rolar essa coisa de pegação, mas você sempre diz que é do tipo totalmente sem compromisso com essas coisas e qual é, você até já chupou o meu–

Caixa 17, por favor, compareça a central de atendimento agora!

— Não é por essa de compromisso, até por que eu transo mesmo com quem eu quiser.

— Então é porque você não quer transar com eles?

— Não, não é isso.

— Não? Então o que é? É por serem amigos?

— Eu tô pouco me fodendo pra isso. Pra falar a verdade se fosse por mim eu já tinha transado com todos vocês.

— Coroi!

— O motivo é que–

Caixa 17, compareça a central de atendimento agora ou será despedido!

— Puta merda! Será que esse caixa 17 arrombado do caralho é surdo? —Namjoon acaba gritando, o que atrai a atenção de algumas pessoas que ali estavam. — Miane! Miane!

— Porra Namjoon, não me faz passar vergonha caralho!

— Miane!

— Vamos sair logo desse lugar, antes que eu cave  buraco e me jogue dentro.

— Você sabe que vai voltar pra mesma casa que o Hoseok e o Taehyung não é?

— Namjoon, vai tomar no–

Caixa 17...

 

~•~•~>~•~<~•~•~

 

Ah, Jungkook! Isso... não para!

— Porra, Taehyung! Como conseguiu ficar tão apertado depois de tudo aquilo?

— Cala a boca e continua!

— Tá bom, mas fala baixo! Assim vão nos ouvir!

— Mas eu tenho que gritar, eles tem que saber que estamos aqui pra verem tudo de camarote!

— Ah merda, eu estou muito perto!

— Vai, Jungkook! Isso! Vai! Vai!

— Mas que porra tá acontecendo aqui? — Jimin invade o quarto, assustando os dois garotos em cima da cama.

— Nãoooooooooooooooooooo! – Taehyng e Jungkook gritam ao menos tempo.

— Gente... e-eu pensei que...

— Porra Jimin, eu não acredito que você fez a gente perder! — Jungkook grita furioso, jogando seu controle longe.

— Jiminie! Por que entrou assim?  Nunca aprendeu que se deve bater antes de entrar? — Taehyung tira seus fones decepcionado.

— Oh, miane! Mas eu pensei que vocês estivessem–

— Nós não avisamos que íamos jogar? — Jungkook fuzila Jimin com os olhos.

— E eu não falei que ia–

— Sim! É verdade, miane! Oh, merda... — Jimin sai correndo do quarto.

Não demora muito e Taehyung logo chega até onde Jimin havia parado.

— Jimin?

— Ah Tae, eu...

— Ei relaxa.

— Não! Eu pedi uma coisa e você vai e transa com ele?

— Quê? Mas eu não–

— Ai é mesmo! Miane!

— Porra não fica assim, eu quero transar é com você e não com ele, Jiminie. — Taehyung se aproxima, dando um beijo em Jimin que arregala os olhos com o ato.

— Taehyung! — ele se afasta.

— Desculpa, Jiminie.

— Você entendeu errado.

— Não, eu só queria te beijar mesmo. — e novamente Taehyung junta seus lábios ao do Park, dessa vez invadindo sua boca com a língua e conseguindo arrancar um gemido surpreso de Jimin, que o retribui por instinto.

— Taehyung, você é maluco.

— Jimin, vamos lá no meu quarto, acho que dá pra fazer uma rapidinho, ai eu volto pra terminar o que a gente combinou.

— O quê? — só houve tempo de Jimin dizer isso antes de Taehyung o beijar novamente.

 

~•~•~>ALGUMAS HORAS ATRÁS<~•~•~

 

WPP ON:

Jimin: Taehyung? Vc pode vim no meu quarto?

Tae BFF<3: Quer q eu leve lubrificante? Sabe, eu posso aguentar sem se vc preferir.

Jimin: Q O.o

Tae BFF <3: Tenho camisinha de morango também, a do sabor q vc gosta acabou por causa do Hoseok ;-; Mas morango é bem gostoso.

Jimin: Tae, para de falar bobagem e vem aqui logo!

Tae BFF <3: Ta bom, vou levar os dois  :9

WPP OFF

 

Perdido em pensamentos enquanto esperava por Taehyung, Jimin nem havia notado que o mesmo já estava no quarto e o mais curioso, estava de pé, ao lado da sua cama começando a tirar suas roupas.

— Tae, o que você está fazendo? — Jimin perguntou assustado.

— Você ja viu alguém transar de roupa?

— Ninguém vai transar aqui, então para com isso.

— Aish, você é muito sem graça. — Taehyung resmungou, vestindo novamente suas roupas.

Quando vestido, subiu na cama, ou melhor, encima de Jimin, que novamente se assustou com o ato do amigo.

— Nem pede pra mim sair que eu não vou.

— Tá, só fica quietinho ai então.

— Não prometo nada Jimin.

— Aish, mas enfim, eu chamei você aqui porque quero sua ajuda de novo.

— Você sabe que ajuda só funciona comigo se eu receber algo em troca.

— Você ainda não sabe o que significa a palavra ajuda né? — Taehyung fica pensativo. — Deixa pra lá, tudo bem, você vai ter o que quer, mas vai precisar me ajudar mesmo.

— E quando foi que eu não ajudei, Park Jimin? Fale o que quer.

— Eu quero transar com o Jungkook.

— Por que?

— Preciso responder?

— Aishi, não consigo ver nada assim.

— Mas eu vejo e muito, e como você também é melhor amigo dele, vai ser mais fácil.

— Pensei que as suas investidas, óbvias, já tinham dado certo.

— Eu também não sei porque ele ainda não me quis.

— Mas eu te quero, então vamos transar!

— Taehyung!

— Ta bom. Eu vou ajudar você, Jiminie.

— Obrigado!

— Mas você não acha uma merda morar com ele por anos e nunca ter ao menos chupado o–

— Meninos, o almoço está pronto... Mas que porra é essa? — Jin entra no quarto, vendo Taehyung em cima de Jimin.

— Estamos conversando. — Taehyung responde naturalmente.

— Isso está parecendo... Deixa pra lá, desçam logo, antes que esfrie. — Jin se retira.

— Bom, obrigado por me ajudar Tae, sei que vai dar certo com você.

— Sou foda.

— Tá, agora vamos comer... — Jimin tenta se levantar, sendo impedido por Taehyung.

— Opa, pera ai, pera ai!

— O que foi?

— Esqueceu que eu quero algo em troca?

— Aigoo, o que você quer Tae?

— Transar!

— Transar não.

— Mas por que?

— Hoseok ia gostar disso sem ele?

— Aish! Por que tocou no nome ele?

— Arma secreta?

— Pois eu também tenho uma e nisso eu não me importo em fazer sem ele. — Taehyung abre um sorriso malicioso.


Notas Finais


O que acharam?

Bjss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...