1. Spirit Fanfics >
  2. Elite - Twice >
  3. Najatozaki Sana em ação

História Elite - Twice - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Postei a fanfic no wattpad também: XsaladaX

Capítulo 1 - Najatozaki Sana em ação


Fanfic / Fanfiction Elite - Twice - Capítulo 1 - Najatozaki Sana em ação

-Sejam bem vindas ao internato Raimon, desejo-lhes um ótimo ano! - Dahyun, filha da diretora Irene e presidente do conselho estudantil, repetia pela milésima vez na entrada do internato com um enorme sorriso falso no rosto enquanto as estudantes entravam.

-Dahyun você fica tão engraçada agindo como um robô. - Sua namorada Sana disse ao parar em sua frente tocando seu nariz. Elas namoram desde o ano passado.

-Eu queria te dar um beijinho, mas se eu fizer isso corro risco de perder as novatas de vista. - Dahyun aguardava as novas bolsistas com uma foto de cada uma em mãos para reconhecê-las quando chegassem.

-Você podia me dar um pouco de atenção na palestra e deixar as novatas se virarem, fora do internato elas não ficam, pode ficar tranquila. - Um fato sobre Sana: ela gosta de receber atenção, e esse é um dos motivos que a fez ficar com Dahyun, mas com seu novo cargo de presidente do conselho estudantil quase não estava dando a atenção que Sana tanto gostava, e isso estava incomodando a japonesa.

-Eu adoraria. - Sana deu palmas de alegria. - Mas eu não quero. - o sorriso que havia se formado em seu rosto se desfez no mesmo momento. - Estou brincando minha deusa, eu vou aguentar a bronca da senhora diretora por você. - Segurou a mão de sua namorada e deu um beijo demorado com suas mãos unidas, Dahyun ama o cheiro de morango que transborda de Sana, principalmente de seu creme de mãos.

Antes que pudessem dar seu primeiro passo rumo ao auditório, onde estava ocorrendo a palestra, Dahyun avistou uma das bolsistas.

-Hey você de franjinha. - Gritou e uma garota alta virou em sua direção no meio da multidão que adentrava os portões, ela parecia completamente perdida e tinha uma expressão assustada em seu rosto.

-Vai se fuder. - Sana sussurrou brava com a chegada da novata e saiu irritada deixando uma Dahyun sem entender para trás. Mimada. Pensou.

-Você é a Tzuyu? - Perguntou gentilmente estendendo sua mão para cumprimenta-la.

-Sim. - Tzuyu apertou sua mão e em seguida encarou o chão, parece ser uma pessoa de poucas palavras e introvertida. Então Dahyun não se conteve e teve que puxar assunto para tentar fazer a garota falar mais.

-Sou Dahyun e irei lhe apresentar o internato, onde está sua amiga?

-Ela teve um problema com o uniforme quando  fomos descer do ônibus. Acabou rasgando e agora ela está com medo de que as outras garotas riam dela.

-Se isso acontecer eu prometo pra sua amiga fazer anotação de cada uma que der risada dela. - Dahyun levantou o dedinho em forma de promessa.

Tzuyu olhou para um canto específico do portão e fez um aceno com a cabeça para que sua amiga se aproximasse. Uma menina loira de cabelo curto apareceu na frente das duas, estava sem graça pelo uniforme. Dahyun de cara achou o rasgo na roupa da garota, era bem perceptível na barra de sua saia, mas decidiu fingir que não viu.

-Seja bem vinda...Jihyo, acertei? - fez uma cara pensativa. - Eu sou a Dahyun, presidente do conselho estudantil. - sorriu orgulhosa de si.

-Acertou, muito obrigada e me desculpe, você não sabe o quanto estou envergonhada de aparecer desse jeito logo no primeiro dia. - Disse tudo rapidamente, ficando sem fôlego e suspirando no final, estava nervosa, essa bolsa era uma grande oportunidade em sua vida, nada poderia dar errado e já estava dando, começando por sua roupa.

-Tenho certeza que vamos arrumar outro uniforme pra você rapidinho, e você está linda de qualquer forma Jihyo. - Dahyun estendeu o braço para que a menina envergonhada segurasse. - Acredito que a palestra já acabou, mas irei apresentar o internato pra vocês. Aliás, sejam bem vindas! - Disse enquanto andava na frente com Jihyo e Tzuyu as acompanhou calada atrás.

_____________________

No pátio 

-Quando você vai parar de chifrar a Dahyun, Sana? - Sua melhor amiga, Momo, pergunta irritada, desde o ano passado ela acobertava os encontros escondidos de Sana com Eunha e se sentia culpada por estar ajudando a enganar Dahyun, mesmo que indiretamente, achava a menina tão legal e gentil com todos, e é perceptível para qualquer um o amor que Dahyun sente por Sana.

-Momo eu não posso simplesmente abrir mão dos privilégios de namorar a filha da diretora, e Dahyun é bastante útil quando brigo com Eunha, ela me dá atenção e carinho.

-Se Eunha não te da isso por que continua com ela?

-Por que ela fode bem. - Sana sorriu maliciosa e Momo deixou escapar um riso de lado sabendo que é mais do que isso.

-Você ainda vai ficar sem as duas e eu vou ser a primeira a consolar a Dahyun. - Momo tem um queda, ou penhasco mesmo, por Dahyun, e Sana não se incomodava pois só estava com a garota por interesse. Apesar de sentir carinho por ela, amava Eunha, ou achava que amava.

-Meninas a Chaeyoung me deu oi. - Mina chegou super sorridente com os olhos brilhando e sentou ao lado das amigas nos banquinhos que haviam ali.

-Mina, ela cumprimenta todo mundo que passa por ela. - Sana disse desanimando a morena.

-Não acredite na Sana, Chaeyoung tá muito na sua. - Momo incentivou. Mina tem um amor platônico por Chaeyoung, segundo ela, faria de tudo para cheirar seu cabelo todos os dias quando acorda e vai dormir. E elas nunca passaram do oi.

-Cadê a Dahyun ou a Eunha pra tirar essa chata daqui? - Sim, todas as amigas de Sana sabem que Dahyun é chifruda. De repente Momo arregala seus olhos parecendo que viu um fantasma, e de fato...

-Por que a Eunha levaria minha namorada? - Dahyun estava parada atrás de Sana com um semblante confuso, Tzuyu e Jihyo estavam ao seu lado, ela estava mostrando o pátio para as meninas e decidiu ir apresentá-las para outras pessoas. Jihyo já havia trocado seu uniforme rasgado, graças a Dahyun.

-Elas ficam me zoando porque sabem que odeio essa garota. - Sana mente tão bem que já não sabe mais quando diz a verdade.

-Por favor não manda mais minha namorada ir em ninguém, amor eu não suportaria ver você com outra pessoa. - Disse sentando no colo da namorada com um bico no lábios, Sana não perdeu tempo e mordeu levemente o biquinho da coreana. - Quase ia me esquecendo, essas são Tzuyu e Jihyo, são novas. E essas são Sana, Momo e Mina, minhas amigas. - Dahyun é bastante interativa e se diz amiga de todos que conversam com ela. Mas sua melhor amiga é Jeongyeon.

-Tzuyu, Jihyo, venham com a gente, vamos mostrar o ginásio onde as líderes de torcida treinam. - Momo disse animada, ela é a líder do grupo de torcida do internato e Mina fazia parte também, as duas amam dançar.

-Nossa, eu sempre achei muito legal isso de torcida, mas não tenho o corpo adequado. - As meninas puderam perceber que Jihyo é muito insegura, apesar de ser perfeita aos seus olhos.

-Jihyo você é gostosa isso sim. - Tzuyu deixou escapar, e quando percebeu colocou a mão na boca surpresa consigo mesma. Jihyo deu risada, Tzuyu não é a menina tímida que todos pensam, mas precisam enturmar primeiro para ela se soltar, as duas eram amigas desde a infância e compartilhavam esse sonho de estudar em um lugar renomado para ajudar em seus futuros.

As meninas saíram dali, deixando Dahyun e Sana a sós. 

-Você vem? Eu quero ver a Momo dançando, ela com certeza não vai perder a oportunidade de mostrar o talento pras novatas e levar Mina junto. - Dahyun estava animada, ama ver os ensaios.

-Eu preciso usar o banheiro. - Sana estava impaciente, o motivo? Viu Eunha indo em direção ao mesmo. - Pode indo na frente, eu sei que você gosta de ver os ensaios. - Deu um selinho na namorada e saiu apressada. 

____________________

No banheiro 

-Tranca a porta Eunha. - Sana pediu assim que entrou no banheiro, estava desesperada com saudades da garota.

-Tá doida? Menos por favor, não da uma de apaixonada, inclusive se tiver ja avisa que terminamos isso agora. - Eunha sempre deixou claro que era só pegação.

-EITA PORRA DAHYUN É CHIFRUDA. - Nayeon berrou após sair de uma das cabines do banheiro. - VIM DAR UMA CAGADA E DESCUBRO QUE SANA TRAI A RAINHA DAHYUN EM BANHEIROS, SOCORRO! - Nayeon continuou seu escândalo. Ela só tem Mina de amiga, pois as pessoas não costumam gostar de suas piadas maldosas e do fato dela ser tão mandona, mas Mina é a pessoa mais calma possível e sabe lidar com Nayeon como ninguém.

-Nayeon por favor fala baixo, e eu posso explicar, tá bom? - Sana disse desesperada que alguém ouvisse. E tinha alguém realmente ouvindo, Chaeyoung, irmã adotiva de Dahyun, que neste momento se encontra encostada na porta.

-Sana você é uma vadia! - Chae exclamou incrédula com o que acabara de ouvir, como assim estava traindo sua irmã? Ela sempre foi super protetora com Dahyun, não deixaria ninguém fazer ela de palhaça.

-Eu posso explicar, mas por favor não atraia mais pessoas, falem baixo. - Sana vermelha de vergonha.

-Você não tava com vergonha agora pouco Najatozaki.- Nayeon não perderia uma oportunidade dessas. E então uma Dahyun afobada entra no banheiro.

-Sana, eu vim ver se tá tudo bem, você estava estranha agora pouco, fiquei preocupada que estivesse passando m... - Dahyun parou de falar assim que viu aquelas quatro meninas paradas com cara de quem viu algum fantasma.

-Dahyun a Sana tava transando com a Eunha, te botando chifre bem debaixo do seu nariz, pronto soltei a bomba agora vou me retirar. - Nayeon soltou tudo e Dahyun estava confusa. Como assim Sana estava com outra? Ainda estava assimilando tudo.

-Chae? - Olhou para a irmã, ainda não havia desconfiado de Eunha, pois Sana mais cedo disse que não suportava a menina.

-Tá louca Dah, seu cu. Ela tá com a Eunha, eu nunca ficaria com a Sana. - Chae fez uma cara de nojo.

-Eu não fiz nada. - Eunha falou indo em direção à porta do banheiro e saindo, tirando o seu da reta.

-Espero que termine com ela, beijos irmãzinha. - Chae beijou a bochecha de Dahyun e saiu também.

-Sana, me diz por favor, que tipo de brincadeira é essa? Eu bem que achei esquisito você sair daquele jeito do pátio, mas não gosto desse tipo de brincadeira, fico triste meu amor. - Dahyun abraçou a garota que tanto ama, tão inocente, pensou Sana. Depois ela pensaria em como deixar Dahyun contra Chae e Nayeon, e se passar por inocente quando o assunto viesse à tona novamente.

-Me desculpe pela brincadeira dubu, não vai se repetir. - Apertou a bochecha da menor e retribuiu seu abraço apertando sua cintura.


Notas Finais


Jeogyeon vai aparecer no próximo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...