1. Spirit Fanfics >
  2. Elle est à moi >
  3. Partida

História Elle est à moi - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Então, essa é minha primeira fanfic nessa categoria e eu espero que vocês gostem ^^

Capítulo 1 - Partida



E mais uma vez a morena se encontrava chorando pelo seu amor não correspondendo por um certo loiro, que acabara de confirmar o namoro com kagami.

-Por que? Eu só queria o porquê disso está acontecendo comigo- se perguntou chorando mais ainda por lembrar das palavras do loiro.- por que ela? 



Flashback


Todos estavam reunidos na sala de aula, ninguém sabia o motivo de adrien ter chamado todos ali, a única coisa que sabiam era que algo de extrema importância.


-ai alya o que será que ele quer conversar?- perguntou para a morena ao lado que estava concentrada em seu celular.


-ai amiga, aposto que não é nada importante assim - falou dando uns tapinhas no ombro da azulada - e também..- fora interrompida pelo barulho da porta se abrindo.


Todos olharam para a mesma direção, o loiro entrava na sala esbanjando um sorriso largo, e logo atrás de si estava kagami, uma menina que veio fazer intercâmbio e também era a pareceria de esgrima de adrien.


-Então Brow, qual era a notícia de total importância- falou nino, o melhor amigo do loiro.

 


Derepente, marinette começou a sentir um frio na barriga, suas mãos começaram a suar frio, estava ficando mas pálida do que já era, e estava com uma grande vontade de chorar pelo aberto em seu coração.


Mais por que estava sentindo aquilo tudo? Até que foi dado aquele grande balde d'agua.


-eu e kagami estávamos namorando- falou o loiro sendo abraçado pela asiática que sorria para o mesmo.


Flashback off


Com lágrimas nos olhos, se levantou da cama e foi em direção ao seu quarda roupa, pegou todas as roupas que contia nele jogando em sua cama.


Estava decidida que iria embora de Paris, iria morar com seus tios e prima na china. Arrumou todas roupas em sua mala, mandou uma mensagem para sua prima tikki avisando que iria morar com ela e seus pais.


com as malas já prontas, desceu as escadas para dar a noticia à seus pais que estavam trabalhando na padaria da família.


-Mãe , pai - falou cabisbaixa.


-O que foi minha filha?- perguntou sua mãe propiciada pelo estado de sua filha.


-Eu..- respirou fundo antes de dar a notícia à seus pais- eu quero ir morar com os tio Henrique e tia lucy


-Como assim? Por você quer ir morar com eles minha filha, você não está feliz aqui? E seus amigos?- bombardeou a filha com varias perguntas, mas a morena não estava bem para responder- las, seu coração ainda estava machucado.


-Por favor - com os olhos cheio de lágrimas encarou os dois.


-Ah- suspirou derrotado, abraçou a filha junto da esposa- está bem, já avisou os seus tios?

-sim.

-Irá quando?- perguntou a mãe da azulada que se segurava para não chorar também.


-amanhã, irei pegar o primeiro primeiro voou - falou enquanto enxugava as lágrimas de seu rosto.


-Você falou isso com a alya?


-ainda não, estava indo agora falar com ela .


-Está bem minha filha, vamos resolver as coisas da sua escola e comprar a passagem- disse o pai da azulada que retirava o avental sujo de farinha.


-Obrigada mamãe e papai- abraçou fortemente os dois adultos e saiu da loja indo para a casa de sua melhor amiga dar a notícia.



Andando pelas ruas calmas de Paris, marinette começou a gravar em sua mente a última visão que ia ter de sua tão amada França, admitia que iria sentir muitas saudades de seu lar, de seus amigos, de sua família, e principalmente dele.


De frente a casa de sua amiga, começou a bater na porta, poderia ter sido mais fácil ter tocado a companhia se a mesma não estivesse quebrada. Bateu de novo na porta que fora aberta pela morena.


-Marinette amiga, o que faz aqui?- perguntou alya que estava usando um pijama fofo de pandas.


-Alya, eu estou indo morar na china com meus tios- soltou a bomba de vez.


-Como assim você vai embora? Por que marinette, é por causa do adrien?- perguntou alya que já estava com lágrimas se formando em seus olhos.


-não,sim, não..aaah alya eu não consigo suportar de ver o meu grande amor nos braços de outra, eu não ia conseguir suportar essa dor em meu peito, eu desci ir partir de Paris para acabar com esse sentimento que me machuca tanto - se desmanchando em lágrimas, marinette abraço alya que também estava chorando.


-Entendo minha amiga, saiba que eu vou te apaiar nessa sua decisão, mais me prometa que um dia vai voltar e que vai sempre manter contato comigo.


-sim, eu prometo!



Depois de se despedir de sua amiga marinette voltou para casa, assim que chegou foi direto para o seu quarto, agora só faltava uma última coisa para se fazer.


Que era se livrar de todas aquelas fotos dele.


Uma por uma, marinette pegou, amassou, rasgou e jogou todas no lixeiro que tinha em seu quarto, pegou o lixeiro e o levou para sala jogando todas aquelas fotos na lareira. Após de passado álcool nelas, marinette acendeu o fósforo jogando na pilha de fotos vendo elas pegar fogo instantaneamente.


Agora sim estava se sentimento mais leve.



*no outro dia*



Marinette se despedia de sua mãe, seu pai e de sua amiga alya, a mesma havia perdido para a morena não contar para ninguém sobre a sua partida, não queria dar explicações para seus amigos.


-nem invente de arranjar uma outra melhor amiga se não eu te mato marinette- ameaçou azulada, que riu da cara da amiga a dando um abraço forte que foi retribuído pela mesma.


-você sempre vai ser minha melhor amiga alya.


-eu sei sua bobinha desastrada.


-se cuida minha filha, ligue sempre para nós e se comporte lá viu?- falou tom abraçando sua filha.


-Va com Deus meu amor, mamãe vai ficar com saudades - agora foi vez de se despedir de sua mãe.


-Também vou, irei ficar de todos vocês - admitiu.



Voo para china sairá daqui a 10 minutos.


Anunciou a moça no auto falante, se despediu uma última vez de seus pais e sua amiga e seguiu rumo ao seu voou.



Olhou para a janela onde se podia ver a imagem perfeita da torre Eiffel e com um belo sorriso estampando em seus lábios caminhou rumo ao seu novo destino.


-Um dia eu voltei .


Continua...





Notas Finais


Obrigada por ter lido até aqui
Espero que tenham gostado
Bjs até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...