1. Spirit Fanfics >
  2. Elysium >
  3. Três

História Elysium - Capítulo 3


Escrita por: Malia_Wei

Capítulo 3 - Três


Fanfic / Fanfiction Elysium - Capítulo 3 - Três


~Capítulo 3~


Acordei sentindo quatro patinhas sambando no meu rosto, " Ardie! Para! " dei um tapa na salamandra pra afastá-la e me virei, cobrindo meu rosto com o lençol. " Salamandra maldita.. "

Não se passou nem meio segundo, e essa parceria já estava de volta em cima da minha cabeça, mas dessa vez eu pude sentir que ela está ficando mais quente, não o suficiente pra me queimar, mas o suficiente pra me fazer suar. " Tá legal! Você ganhou! Já acordei, tá feliz agora?! " virei pra cima e ela começou a rodar na minha barriga. " Eu devia te espetar com um graveto e te assar, o que deu em você hoje? " peguei meu celular e liguei a tela, só faltam dois minutos pro despertador tocar, " Olha quanto tempo de sono precioso você vai me fazer perder! "

Me levantei da cama e peguei minha bolsa com meu itens de banho, " Não saia daqui " olhei pro Ardie, que apenas balançou a cauda em cima do meu travesseiro, depois deu algumas voltinhas e se deitou, deixando bem claro que irá dormir enquanto estou fora. " Maldito.. " sai do meu quarto e fui pro banheiro no fim do corredor.

Quando entrei, encontrei com Yeosang terminando de secar o cabelo, '' Bom dia hyung '' falei um pouco mais alto, por causa do barulho do secador. De nós quatro ele é o único que levanta cedo, bem, não necessariamente de levantar, já que ele não dorme.

'' Que milagre você acordado a essa hora, geralmente nós temos que te puxar da cama '' riu, desligando o aparelho, '' O que rolou? ''

'' Ardie '' revirou os olhos, '' Aquela lagartixa ficou estranha a noite toda ''

'' Ela é uma salamandra espiritual, deve ter um motivo pra isso, ou então ela tá no cio '' riu.

'' Ela não tem cio seu idiota! '' joguei minha toalha nele.

'' Eu tô brincando, mas olha pelo lado bom, pelo menos não vai se atrasar hoje '' juntou suas coisas e pôs na bolsa de banho dele, '' Eu vou pro meu quarto me trocar, depois vou chamar os meninos, vê se não demora aí por que daqui a pouco o resto do mundo vai levantar '' deu um tapa na minha nuca e saiu.

Pendurei minhas roupas e entrei em uma das cabines. Depois de limpar e escovar os dentes, desliguei o chuveiro e sai, enrolei a toalha na cintura e voltei pro quarto.

'' Eu não acredito que você me acordou cedo só pra dormir depois '' reclamei. '' Inacreditável! ''

Ardie deu um pulo do travesseiro e escalou a cabeceira da cama, depois pulou no criado mudo e subiu no batente da janela. '' Agora é sério, o que deu em você hoje? '' me aproximei e fiz um carinho na sua cabeça.

Uma hora depois nós encontramos os meninos no refeitório.

'' Cara você não vai acreditar no que os alunos estão falando por aí '' Mingi começou, assim que me sentei com eles.

'' Fofoca, aposto '' peguei um sanduíche e uma taça de suco.

'' Sempre é '' ele riu. '' Mas dessa vez é uma interessante ''

'' Então fala logo '' Seonghwa revirou os olhos, com seu jeito fofo de sempre de ser.

'' Andam dizendo por aí que o novato e bolsista '' dei um pedacinho de pão pro Ardie.

'' Bolsista? Isso deve ser só fofoca '' o Park de ombros.

'' Se é eu não sei mas ao que parece ele é um desconhecido total, ninguém sabe de onde ele vem ou de que família ele é ''

'' Nós parecemos um grupinho de garotas fofocando, saber quem ele é ou não, não faz diferença pra nós '' dei de ombros. '' Pra onde foi no Kang? ''

'' Enfermaria '' Seonghwa respondeu.

Agora eu me dei conta de já fazia dois dias que ele não comia, ele deveria estar subindo as paredes de fome.

'' Olha quem chegou ''

Olhei pra porta e o garoto estranho estava entrando, ao seu lado estava o Presidente e seus dois amigos. Eu não tive a chance de vê-lo outra vez depois que ele saiu praticamente correndo ontem. Aquela sensação estranha de calor subiu pelas minhas costas assim que seus olhos foram direcionados a mim, mas não durou nada, por que assim que me viu ele abaixou a cabeça e foi pro outro lado, e se sentou de um jeito que eu só conseguia ver uma parte das suas costas.

''.. Terra chamando Wooyoung? Ooie? '' as mãos de Mingi dançaram na frente dos meus olhos, chamando minha atenção.

'' O que você quer? '' olhei feio pra ele.

'' Acho que seu animal de estimação tá com defeito '' apontou pro meu ombro.

Olhei pro Ardie e vi que ele estava agitado, suas chamas ficaram mais fortes e mais vibrantes, e seus olhos ficaram tão alaranjados que pareciam acesso. Toquei a parte de cima da sua cabeça mas ele me mordeu. '' Aí! Ardie!! Que droga! ''

Ele pareceu se assustar e suas chamas se apagaram, isso só acontece quando ele fica deprimido, e então ele pulou da mesa e saiu.

'' Não vai atrás dele? '' Seonghwa perguntou.

'' Não, ele está envergonhado, quer ficar sozinho '' dei de ombros, me sentindo mal por ter gritado com ele. '' Ele vai voltar quando quiser ''

Os dois concordaram.

'' Eai seus panacas!! '' Yeosang gritou, quando chegou perto de nós, eu nem o vi entrar.

Seu grito pareceu chamar a atenção de algumas pessoas, e eu consegui escutar um grupo de garotas rindo baixinho.

'' Menos Yeosang, menos.. '' Seonghwa pôs a mão na cabeça, de nós três ele é o mais reservado, e o único que ainda tenta parecer normal. '' Não deveria estar na enfermaria? ''

'' Já fui, já voltei '' riu '' Estava mais vazia hoje, então não demorou muito '' se sentou do meu lado. '' Onde está Ardie? '' dei de ombros. '' Vocês dois brigaram? Não acha que pode acontecer alguma coisa com ele longe? ''

'' Ele sabe se cuidar ''

'' Não tô me referindo a ele, aquele bixo odeia todo mundo na face da terra, o meu medo é que ele mate alguém '''

'' Exagerado '' O sinal bateu. '' Vamos pra aula '' me levantei.

'' O que vocês vão ter agora? '' Mingi perguntou, '' Eu vou ter geografia ''

'' Eu também '' falei.

'' História '' Seonghwa respondeu.

'' Droga! Eu sou o único que vai ter matemática?! '' Yeo lamentou.

'' Se ferrou '' debochei.

°°°

Durante o período das aulas da manhã, eu pude perceber algumas coisas sobre o novato. A primeira delas é que ele se chama Choi San, a segunda é que nós dois temos várias aulas em comum, a terceira é que ele está me evitando, e a quarta é que eu percebi que isso está me irritando.

Não que eu seja um narcisista carente por atenção, mas toda vez que ele desvia o olhar ou passa por mim como se eu não estivesse do lado dele me faz sentir muito estranho, e isso me deixa muito bravo.

Quando finalmente as aulas acabaram, eu voltei pro meu quarto, não estava com tanta fome, além disso queria encontrar logo o Ardie, e me desculpar com ele.

Cheguei no dormitório e subi pro meu quarto, mas não o encontrei em lugar nenhum quando entrei. '' Ele ainda deve estar com raiva '' suspirei.

Eu sei que ele está bem, ele é meu familiar, afinal, consigo sentir quando ele está em perigo. Mas esse não é o problema, odeio quando a gente briga.


《♡》《♡》《♡》





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...