História Em Busca da Felicidade - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Agents of S.H.I.E.L.D., Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Bobbi Morse, Jemma Simmons, Lance Hunter, Leo Fitz, Maria Hill, Melinda May, Nick Fury, Personagens Originais, Phillip Coulson, Skye
Tags Melinda May, Phil Coulson, Philinda, Romance
Visualizações 23
Palavras 948
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ééé... eu acho que eu devo desculpas pela a demora, então, desculpa gente. Mas como uma forma de realmente me desculpar, aqui está um capítulo super fofinho.

Os acontecimentos do capítulo se passa logo em seguida dos acontecimentos do capítulo anterior ;)

Boa leitura!!

Capítulo 21 - Família


Phil chega em casa e Jemma pula em seus braços.

- Papai você e a tia Mel estão namorando? E a Daisy e eu somos irmãzinhas agora? - Jemma começa a perguntar rapidamente e Phil ri com a animação da filha.

Ele não pergunta para a filha o por quê, que ela acha isso, porque ele sabe que Maria já lhe contou e talvez mostrou até mesmo a foto que Natasha tirou.

- Sim minha pequena eu e a tia Mel estamos namorando!! E sim, você e a Daisy são irmãzinhas agora!!

- Finalmente hein Coulson, já estava passando da hora. Agora eu só digo uma coisa... não a machuque!!

- Nossa, eu pensava que os irmãos cuidavam um do outro.

- As mulheres tem que se unirem, e não importa se o idiota que a machucou seja irmão da amiga dela. E também o Nick ia fazer picadinho de você juntos com os rapazes!

- Maria, você me conhece muito bem que eu não vou fazer nenhum mal a ela, e que eu vou encher ela de amor. – Coulson fala e aperta Jemma que ainda está em seu braços. – E eu pensava que a senhorita já estava dormindo.

- Eu não sei se você fica mais insuportável apaixonado ou ranzinza, mas com certeza eu prefiro você apaixonado!

- A tia Maria gosta do tio Nick! – Jemma fala e esconde o rosto no ombro do pai.

- Ele é o nosso amigo, é claro que eu gosto dele! – Maria fala rapidamente.

- Tá certo Maria, Melinda e eu éramos a mesma coisa! – Coulson vai em direção a Maria com Jemma ainda em seus braços e beija a cabeça da irmã desejando boa noite e sobe para o quarto da filha.

Depois que ele colocou Jemma para dormi, ele foi para o quarto dele se preparar para também ir dormir. Quando ele se deitou na cama ele ficou pensado nos acontecimentos que resultou até essa noite, onde ele e Melinda May estão namorando.

Depois de alguns minutos sorrindo que nem um bobo apaixonado olhando para o teto, ele fica com uma necessidade enorme de saber como ela está, e fica se perguntando se estaria pressionando-a se mandasse mensagem perguntando como ela está. Depois de mais alguns minutos se perguntado se mandaria ou não mensagem, ele resolve mandar.

Mensagem ON

Phil: Como você está?

Melinda: Bem e você?

Phil: Feliz!

Melinda: Eu também estou feliz.

Phil: Eu te vejo amanhã de manhã na escola das meninas?

Melinda: Sim.

Phil: Ótimo, te vejo lá então.

Phil: Durma bem Mel!

Melinda: Durma bem Phil, até amanhã.

Mensagem OFF


***


Dia seguinte.

Escola.

Quando Coulson sai do carro com Jemma, eles avistam Melinda e Daisy parada na calçada em frente a escola olhando para eles.

Jemma e Daisy correm e se abraçam enquanto os dois adultos se aproximam aonde as duas crianças estão.

Quando os adultos iam se cumprimentar, Daisy correu para Coulson e Jemma para Melinda, e os dois apenas trocaram olhares.

- Tio Phil! – Daisy abraça Coulson.

- Oi Daisy! – Coulson se abaixa e pega Daisy nos braços.

- Tia Mel! – Jemma abraça May.

- Oi Jemma! – May faz a mesma coisa que Coulson.

- Entããããoo... somos uma família completa agora? – Daisy pergunta com uma carinha sapeca.

- Daisy! – Melinda a adverte.

- Eu e a Jemma achamos que somos sim, só falta a Mel admitir que também acha. – Coulson diz arqueando uma sobrancelha e com sorriso de lado.

- Tá eu também acho. – Melinda dá um pequeno sorriso.

- Então todo mundo se abraçando. – Jemma fala.

- Gostei da ideia. – Coulson e Daisy chegam mais pertos das duas.

- Então tá, todo mundo se abraçando. – Melinda fala e ri quando os quatro se abraçam mas logo se afastam porque o sinal da escola toca informando que os alunos devem entrar nas salas. – As mocinhas tem que estudarem agora!

- A gente não pode ficar mais tempo assim não? – Daisy pergunta um pouco chateada.

- Pode, mas não agora, é hora de estudar e descobrir coisas novas. – Coulson fala e coloca Daisy no chão.

- Agora vamos deixar as duas na sala como uma família? – Melinda pergunta e as duas meninas dizem que sim muito animadas.

Depois que deixaram as meninas na sala eles foram até onde o carro da Melinda estava.

- Então... vamos nos ver hoje de novo? – Coulson pergunta quando eles chegam ao carro.

- Hoje eu saio cedo do hospital... tava pensando em preparar um jantar talvez. – Melinda dá de ombros.

- Você cozinhando? Tem certeza? – Coulson pergunta.

- Sim. Espere, você tá com medo que eu faça algo de errado? – Melinda pergunta com falsa indignação e Coulson diz que sim com a cabeça.

- Vamos fazer assim, se você me convidar pra esse “jantar”, eu posso chegar cedo e te ajudar a preparar, seria menos perigoso.

- Ok então, você convidado e você vai ter que fazer algo bem gostoso! – Melinda chega mais perto de Coulson e da um sorriso malicioso.

- Você vai ver, vou fazer algo tão bom, que você sempre vai querer eu por perto.

- Assim eu espero. – Melinda chega mais perto e fecha o espaço entre os seus lábios e os dele, o beijo é rápido, talvez porque eles estejam em frente a uma escola onde suas filhas estudam e também ainda tem muitos pais saindo e alguns chegando.

- Te vejo logo! – Coulson rouba um beijo e Melinda sorri entrando no carro.

- Até logo Phil! – Melinda sorri liga o carro e sai.

Coulson vai caminhando para o seu carro com as mãos no bolso pensando em como ele é sortudo, e no que ele ia preparar para o jantar.


Notas Finais


Então como viram tem erros de gramática... só lembrando que essa fic não foi revisada.

Vou tentar att ela com mais frequência, então até logo, e obrigada por não ter desistido de mim 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...