História Em busca da felicidade - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Liberdade, Paz, Um Grande Sonho
Visualizações 8
Palavras 499
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá meus guaranázinhos como vcs estão? Espero q bem. Faz um bom tempo q não faço uma história nova, peço desculpas por isso, eu estava sem inspiração, mas graças aos deuses da criatividade eu resolvi fazer essa história, espero q gostem.
Boa leitura ;)

Capítulo 1 - Minha aflição


Fanfic / Fanfiction Em busca da felicidade - Capítulo 1 - Minha aflição

Ligonier, Pennsylvania

Eram 6:30 da manhã quando meu dia começou, ainda muito sonolenta me levantei e fui tomar banho, deveria estar na Cafeteria as 7:00, eu só tinha poucos minutos para me arrumar.

Tomei meu banho e me sequei, vesti meu uniforme e fui direto para o Caffé. O Caffé era no andar de baixo da minha casa, meu pai era o chefe, e por causa disso eu era obrigada a ajudar como garçonete, nunca aparecia muita gente, as únicas pessoas que vinham eram as senhoras do clube de tricô (era aqui no Caffé que elas se encontravam), e alguns alunos que  vinham aqui para tomar um chocolate quente.

Quando deu 9:50 o Caffé estava vazio, eu era a única lá, para me distrair eu comecei a cantar com os olhos fechados, sem perceber um cliente entra no Caffé, ele se senta sem fazer nenhum barulho e fica apenas me observando apreciando a música que eu estava a cantar.

Ao acabar de cantar eu abro meus olhos e o vejo sentado apenas a poucos metros de mim.

- Parabéns, você tem uma bela voz- Ele bate palmas para mim e como se em um sinal de vergonha ele para rapidamente ao ver minha reação de espanto- Eu sinto muito, não queria te assustar, as vezes eu sou inconveniente, como agora- Ele da uma pequena risada e olha para mim- Desculpa mas... Qual seu nome? O meu nome é Evan, Evan Morris(o nome dele se pronúncia Eván), muito prazer

Ele estende a mão para mim- O meu nome é Maya Sanders, o prazer é meu- Um belo sorriso se forma em seus lábios, eu sorriu de volta, um sorriso triste porém um pouco feliz

- Aconteceu alguma coisa Maya? Você está bem?

- Sim, eu estou bem, só um pouco cansada, mas nada de mais. Deseja fazer algum pedido Evan? 

- Sim, Hummmm- Ele coloca a mão no queixo em sinal de pensamento, isso foi engraçado, e sem querer soltei uma pequena risada- Eu vou querer um Capuccino

- Ok- alguns segundos depois eu volto com o pedido- Está aqui, mais alguma coisa?

- Não, só isso mesmo, muito obrigado 

Eu me viro e limpo algumas estantes e organizo algumas xícaras 

- Me diz uma coisa...- Me viro com um olhar neutro- Você já pensou em ser uma cantora? Sua voz é ótima 

- Cantora? Na verdade eu nunca pensei nisso, nunca passou pela minha cabeça 

Um sorriso de animação se forma nos lábios de Evan- E o que você acha de entrar na minha banda? 

Eu penso um pouco mas o Evan estava me deixando um tanto quanto nervosa, meu rosto começa a corar e meu coração acelera. 

- Maya, está na hora do intervalo- Ao ouvir a voz de meu pai eu começo a tremer, ele se aproxima e coloca a mão no meu ombro, ele aproxima seu rosto para perto do meu oúvido e em sussurros ele fala as piores palavras de todas- Está na hora de você me dar prazer... Lembra?


  


Notas Finais


Espero que tenham gostado do primeiro capítulo, esperem para os próximos. Obrigado por lerem e pela atenção :)
Até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...