1. Spirit Fanfics >
  2. Em busca da salvação! (SasuSaku - SasuKarin) >
  3. Entrega.

História Em busca da salvação! (SasuSaku - SasuKarin) - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


** Caso saiba quem é o autor da imagem avise-me para colocar o crédio.

Capítulo 7 - Entrega.


Fanfic / Fanfiction Em busca da salvação! (SasuSaku - SasuKarin) - Capítulo 7 - Entrega.

O dia começava a amanhecer, Sakura continuava a concentrar seu chakra no peito de Naruto que estava ficando com o corpo rígido e se contraia aos poucos, ela sabia que aquilo causava dor a Naruto, mas era a única forma de expelir todo aquele veneno do corpo dele. Sakura percebia que já não havia quase nada, agora seria coisa de mais alguns minutos até que pudessem seguir viagem até a Vila do Som e Naruto poderia descansar e se recuperar.

Sasuke se aproxima dos dois e senta ao lado de Naruto apenas o observando, ele não gostava de ver seu amigo naquela situação. No mesmo instante Sasuke serra seu punho, ele sentia raiva pelo que aquela mulher desconhecida tentou fazer a eles, estava uma fera e queria mais que tudo encontra-la. Sem dúvidas faria ela pagar por toda dor que ela teria causado a eles, isso não sairia de graça.

Sakura por fim termina o tratamento em Naruto e percebe a reação de Sasuke e sem pensar duas vezes ela pega em sua mão e a acaricia devagar, aquilo fez Sasuke olhar um pouco assustado para Sakura, seu toque era delicado e calmo.

- Ele ficará bem Sasuke-kun. – Ela deixa um sorriso discreto surgir ao canto de seus lábios. – Nós ficaremos bem! – Finaliza ela piscando com seu olho direito para o mesmo, fazendo com que Sasuke piscasse várias vezes como se estivesse paralisado com alguma coisa. Sakura vendo a reação dele retira sua mão da de Sasuke e acaricia de leve e rapidamente o seu rosto e levanta-se. Ela agora começava a se espreguiçar, fazendo algum tipo de alongamento para esticar a coluna. Sakura estava cansada e seu corpo estava exausto, e então nota que Sasuke continua a olha-la.

- O que foi? – Pergunta Sakura enquanto encarava delicadamente Sasuke.

- Huh? – Sasuke levanta uma de suas sobrancelhas ao perceber que estava tempo demais observando-a. – Mas também, como ela ousa me tocar daquela forma? – Retruca ele em seus pensamentos.

Sasuke se levanta e pega Naruto colocando-o deitado sobre suas costas e segura em uma de suas pernas vendo que seus braços ficam em volta do seu pescoço.

- Vamos, Sakura? – Fala Sasuke ignorando totalmente aquela situação, na sua opinião era melhor nem tentar responder Sakura, ter que explicar ou inventar algo poderia deixa-lo em uma saia justa.

Sakura apenas observa Sasuke junto de Naruto e suspira começando a caminhar ao lado deles, observando cada detalhe do caminho em que estavam traçando. Ela estava com medo de no meio do caminho encontrasse mais alguém, eles não teriam condições de lutar novamente, pelo menos não por enquanto.

- Fique tranquila, temos apenas alguns quilômetros de caminhada e ninguém aparecerá no nosso caminho. – Sasuke diz percebendo a tensão dela. – Até a hora do almoço estaremos na Vila do Som. – Finaliza ele o assunto, ficando quieto e concentrado no caminho que estavam fazendo. Naruto estava bem pesado, mais que o de costume, esse percurso todo seria muito cansativo.

 

***

 

- Ufa. – Suspira Sakura avistando os portões da Vila do Som.

Eles estavam chegando após 2 horas de caminhada, Sakura estava tão cansada que tudo que mais desejava era um bom banho e uma cama para descansar e dormir um pouco.

Após cruzarem a entrada da Vila, Sasuke observava esperançoso cada canto em que passavam, ele parecia conhecer bem aquele local e procurava por algo.

- O que tanto procura? – Sakura pergunta curiosa.

- Tem uma pousada que fiquei por um tempo em uma de minhas viagens a um bom tempo atrás, quero ver se ainda existe. Poderíamos ficar nela. – Sasuke sussurra com uma voz cansada.

- Certo! – Sakura apenas concorda não puxando assunto com Sasuke, ele já não tinha muito folego, apenas torcia para que pudesse largar o Naruto em algum canto.

- Ali! – Sasuke diz faz um gesto com a cabeça apontando a direção em que deveriam seguir.

Ao entrar na pequena pousada, uma das atendentes veio até a porta preocupada com a situação de Naruto chamando outros funcionários para ajudar a tira-lo das costas de Sasuke.

- Ei, senhor Korasky, rápido! – Grita ela para chamar a atenção do dono da pousada.

Sasuke faz sinal com a cabeça e estica sua mão rapidamente para a moça a fim de dizer que estava tudo bem, mas logo voltando no mesmo momento a mão para que Naruto não escorregasse de suas costas.

- Está tudo bem, eu apenas preciso de um quarto para descansarmos. – Sasuke diz a moça com calma em um tom sereno e aquilo chama a atenção de Sakura, aquela calmaria toda era estranha até para ela.

- Certo, senhor. Temos realmente apenas um quarto para essa noite. Algum problema? – Perguntou a moça um tanto preocupada imaginando que seria necessário 2 quartos já que achava que Sasuke e Sakura eram um casal.

- Está ótimo! – Sakura responde ao olhar para Sasuke e ver que o mesmo assente com a cabeça.

Sem demorar, Sakura pega a chave do quarto e Sasuke segue-a. Assim que ela abre a porta Sasuke entra e deita Naruto em uma das camas do quarto e senta logo em seguida na ponta da cama.

- Não tenho mais condições de carregar o Naruto durante essa viagem toda. – Diz ele abrindo um sorriso de canto após suspirar. Sakura apenas analisa a reação de Sasuke e solta uma gargalhada. Sasuke agora deixa seu corpo cair sobre a cama ficando observando o teto branco do quarto, ficando com a sua mão sobre sua barriga. – Pode ir tomar um banho primeiro, Sakura. – Diz ele virando o seu rosto para olhar Sakura que cora levemente ao sentir seu olhar cruzar com os de Sasuke.

- Ah! – Suspira ela um pouco aliviada. – Obrigada, Sasuke-kun! – Sakura agradece por ele ter dado preferencia a ela, banho era tudo o que ela mais precisava e sem mais delongas pega suas roupas e se dirige ao banheiro.

Sasuke permanecia ali na cama, ele estava com o olhar fissurado no teto do quarto, seus pensamentos estavam perdidos, Sasuke pensava em inúmeras coisas ao mesmo tempo. Queria entender quem era aquela mulher que cruzou o caminho deles e por que ela fez o que fez, pois foi algo sem mais nem menos ou pelo menos ele não entendia o motivo ainda. Tinha também o beijo com Sakura, aquilo sim havia o desestruturado fazendo-o fechar os olhos com força.

- Não! Pense em outra coisa! – Diz Sasuke sussurrando pra si mesmo, tentando se convencer que não seria algo bom para se pensar no momento, na verdade, era tudo que ele não precisava... “sentimentos”!

No mesmo instante pode-se ouvir o barulho da porta do banheiro se abrindo e Sasuke se senta na cama, ele observava Sakura sair do banheiro. Ela estava com uma blusa branca curta e um shorts vermelho com listras brancas na lateral, seus cabelos estavam molhados e dava para ver gotas caindo por suas costas, escorrendo pela mesma. Sasuke passa a mão em seu rosto se levantando na mesma hora, Sakura apenas olha para ele que passa rápido a seu lado e entra no banheiro.

Aquela cena da Sakura parecia tão inocente, mas ao mesmo tempo despertava certas sensações que Sasuke preferiu correr para o banho. E o que era para ser um banho quente e relaxante, agora seria um banho gelado e demorado. Ele estava tenso e excitado, se controlou para não chegar a Sakura e agarra-la para sentir seu cheiro e seu calor junto a ele. Aquela missão estava ficando cada vez mais difícil e tudo que queria naquele instante era matar Kakashi por estar fazendo ele passar por isso.

- E agora? Droga! – Sasuke resmunga pra si mesmo vendo a situação em que se encontra, tudo parecia mais difícil, afinal, também já fazia tempo em que ele não se relacionava com alguma garota e tudo isso dificultava ainda mais, pois agora era uma mistura de sentimentos com uma certa necessidade.

Sasuke então abre o chuveiro e se encolhe ao sentir a água gelada passando pelo seu corpo em atrito com a temperatura quente. Em mistura de tantos sentimentos ele joga a sua cabeça para trás sentindo a água pelo seu rosto. Aquele banho demoraria um bom tempo e Sasuke realmente não tinha pressa de sair dali, ainda mais se fosse para encontrar Sakura, ele precisava de um tempo!

 

***

 

Sakura reparou a demora de Sasuke para sair do banho, mas não deu muita importância, se levantou e colocou uma toalha molhada sobre a testa de Naruto, que estava cada vez melhor e talvez amanhã pela tarde já conseguisse acordar... agora ele apenas precisava dormir e descansar. Na verdade, era tudo que ela também precisava e faria agora mesmo, assim Sakura ajeita Naruto de uma forma em que ele ficasse confortável e deita-se ao seu lado sem demorar para cair no sono.

Um bom tempo depois, Sasuke sai do banho e observa Sakura havia dormido ao lado de Naruto, ele então passava a toalha pelos seus cabelos negros e se dirigia para a outra cama. Não conseguiu dormir profundamente, mas de cochilo em cochilo o dia já começava a amanhecer e então Sasuke pode ouvir passos pelo quarto fazendo-o se sentar na cama.

- Huh? Bom dia, Sasuke-kun! – Sakura abria um sorriso para Sasuke ao ve-lo levantar observando seu rosto que ainda estava nítido de que precisava dormir mais.

- Bom dia, Sakura! – Sasuke respondia olhando com calma cada detalhe dela e achava impressionante como ela ainda ficava linda mesmo com os olhos inchados e cabelos bagunçados. – O que? – Sasuke sussurra pra si mesmo, sendo pego de surpresa com aqueles pensamentos e levanta-se indo em direção a Sakura. – Acho que devemos continuar a missão, mesmo sem o Naruto. – Diz ele enquanto fica parado em frente a Sakura que agora coçava um de seus olhos, ele queria terminar aquela missão o quanto antes.

- Ok, Sasuke! Vou apenas me trocar e saímos em alguns minutos. – Sakura fala indo em direção ao banheiro, não demorando muito para voltar próximo a Sasuke.

- Podemos ir a duas cavernas que observei quando estávamos chegando, acho que será menos perigoso e já conseguiremos alguma informação. – Sasuke diz enquanto ve Sakura saindo do banheiro que apenas acena com a cabeça e se vira em direção a Naruto.

Sakura se preparava para sair, mas antes trocava a toalhinha do rosto de Naruto e escrevia em um papel em quais momentos a moça da pequena pousada precisava ir até o quarto para ajudar com o tratamento de dele.

Sem muita demora, Sasuke e Sakura caminhavam em direção a uma das cavernas, ela era bem próxima a aldeia e era aparentemente pequena o que deixou Sakura na duvida se algo seria encontrado ali. E como esperado, eles saiam daquela caverna sem nenhuma informação. O que se repetiu por pelo menos mais 2 cavernas que estavam próximas.

- Mas que droga! – Sasuke sussurrou inconformado.

- Calma Sasuke-Kun! E se fossemos um pouco mais longe? Talvez não sejam essas da ponta da estrada. – Concluiu Sakura, o que fez Sasuke ficar pensativo, afinal fazia sentido.

Eles caminharam  floresta adentro, não havia praticamente mais nada naquele lugar, apenas Sasuke e Sakura, aquilo causava estranheza aos dois que estavam um pouco incomodados dentre um silencio ensurdecedor, até que Sakura sente alguns pingos cair sobre seus ombros e olha para o céu.

- Chuva? Uhm! – Sakura suspira, afinal chuva não iria os ajudar em nada.

- Vamos ter que procurar essa próxima caverna mais rápido. – Conclui Sasuke já percebendo a chuva aumentando sua intensidade.

Não demorou muito até que a chuva ficasse bem forte, Sasuke e Sakura começaram a correr dentre as arvores, mas a chuva estava acompanhada de ventania o que complicava ainda mais a situação dos dois, estava cada vez mais frio e aquilo fazia o corpo deles enrijecer e isso não era nada bom.

- S-Sasuke! – Sakura o chama entre os dentes, seu maxilar tremia e seus lábios estavam roxos e ela para por um instante, fazendo Sasuke desacelerar e parar ao seu lado.

- Vamos, Sakura! Você precisa aguentar mais um pouco. – Sasuke fica preocupado ao ver o rosto de sakura, ela estava totalmente pálida e com os lábios da cor de uma ameixa.

Sakura suspira apontando em direção as costas de Sasuke que se vira avistando algo que parecia outra caverna, isso o fez suspirar aliviado. Sakura precisava urgentemente se aquecer.

Sasuke pega no pulso de Sakura a puxando devagar em direção a caverna, mas ela parecia não corresponder tão bem aos movimentos do seu corpo. O vento ficava cada vez mais forte, e Sasuke sentia o gelo subir pela sua espinha, estava quase que paralisando-o, eles precisavam se proteger.

- Sakura, coloque seus braços pelo meu pescoço e se segure em mim. – Sasuke fala sério olhando para Sakura que estava cada vez mais pálida.

- O-o que-e? – Sakura conseguiu corar com o pouco de calor que ainda restava pelo seu corpo, pensar na ideia de ficar tão próxima a Sasuke a deixava nervosa e com borboletas no estomago.

- Vamos, eu só tenho um braço não vou conseguir te carregar como eu gostaria. – Sasuke enfatiza já reprovando-a por ainda não ter feito o que havia pedido.

Sakura vendo que não teria outro jeito, afinal Sasuke também estava com muito frio e por isso não conseguiria carrega-la da mesma forma que fez com Naruto na manhã passada, ela não hesita e passa seus braços pelo pescoço dele sentindo seu corpo colar ao dele que também estava ensopado. Sasuke passa sua capa em volta da Sakura que mesmo molhada pelo menos ajudaria como mais uma camada antes que chegasse o a chuva até ela, logo ele se abaixa e puxa as pernas de Sakura deixando-as em volta da sua cintura e sem demorar ele corre em direção a caverna.

Sakura estava fria feito gelo e aquilo assustou Sasuke, não era um bom sinal, ele precisava se aquecer, mas antes precisava aquece-la.

- O que posso fazer? – Ele sussurra.

- Precisamos de fogo. – Sakura fala por entre os dentes. – Ou... – ela começa a dizer mas para.

- Ou? – Sasuke pergunta curioso pela próxima opção, afinal, como conseguiria acender uma fogueira? Não tinha nada que pudesse manter o fogo naquele instante.

- Esquece! – Suspira Sakura, evitando falar enquanto sente seu corpo paralisar um pouco mais, o vento era forte e mesmo dentro da caverna ainda havia resíduos da chuva, era uma tempestade daquelas.

- Fale logo, não temos tempo para brincadeiras. – Sasuke fala um pouco grosso, mas ele estava nervoso.

- T-teremos que fi-ficar com o mí-minimo de roupas e esperar o ca-calor do co-corpo ajudar. – Sakura fala enquanto encara o chão, vendo que seus olhos pareciam querer se fechar.

Sasuke apenas ergue uma das sobrancelhas. – Ótimo, quando eu penso que não pode ficar pior a minha situação. – Pensa ele imaginando como seria essa cena toda. Mas ao notar que Sakura já esta perdendo os sentidos ele tira sua capa e a coloca no chão, deitando-a. Sabia que aquilo não ajudaria tanto, porém era o que tinha naquele momento.

Sasuke senta ao lado de Sakura e começa a passar suas mãos rapidamente pelo seus braços esperando que aquilo aquecesse um pouco sua pele, mas parecia em vão pois sentia que suas mãos estavam até mais geladas que as dela, seu corpo estava todo arrepiado e ele tremia tanto que parecia não ter controle, estava começando a perder um pouco dos sentidos.

- Só piora! – Sussurra Sasuke fechando seus olhos por uns instantes, ele estava ficando intacto.  – Não vai ter jeito – Ele então passa a mão pela blusa de Sakura e a tira devagar deixando-a apenas de sutiã e shorts. Sasuke da um leve suspiro mas logo desvia o olhar do corpo de Sakura e tira sua camisa em seguida deitando-se ao lado de Sakura para abraça-la.

Sakura estava consciente da situação mas não conseguia ajudar muito, estava com um frio absurdo e tudo aquilo a preocupava. Ao sentir o braço de Sasuke por seu corpo ela tremeu ainda mais, agora era uma mistura de frio com calafrios em sua pele, nem ela mesma podia explicar aquela situação. Sasuke a aperta contra seu corpo, sua boca estava encostada na testa de Sakura e ele podia sentir um cheiro doce vindo do seu cabelo, ela cheirava tão bem que invadia suas narinas, era prazeroso sentir seu cheiro e então ele apenas fechava seus olhos, deixando o tempo passar na esperança de a temperatura de seus corpos subir.

Apesar do frio, Sakura estava tão confortável naquela posição que mal notava em como Sasuke estava naquele instante, mas se perdia pelo seu toque em suas costas. A mão dele descia pelas costas até a cintura dela em um movimento de sobe e desce. Sakura agora se perdia em qual tipo de arrepio que estava sentindo e assim começa a recuperar os seus movimentos aos poucos ela ergue seu rosto para que pudesse ver se Sasuke esta bem e se depara com seus lábios bem próximos, afinal ele estava com eles em sua testa. Sakura congelava novamente, mas agora de nervoso pela situação, Sasuke estava de olhos fechados, mas  parecia sentir o olhar de Sakura e com muito cuidado, ele desceu seus lábios em busca dos lábios de Sakura. O encaixe ainda era perfeito como da última vez, fazendo-o começar a movimentar os seus lábios lentamente, Sakura tinha gosto de maçã e era tão prazeroso o seu toque que fez Sasuke passar sua língua por entre os lábios dela, era como se pedisse permissão para explorar a sua boca e Sakura permitiu, envolvendo a sua língua junto a dele que agora estava subindo a mão até a nuca de Sakura deixando seus dedos se entrelaçarem nos fios rosados ainda molhados. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...