História Em busca de um amor - Lá tua cantante - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Tags Superação
Visualizações 21
Palavras 337
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Saga, Sobrenatural, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Em busca de um amor - Lá tua cantante - Capítulo 1 - Capítulo 1

POV Thayná

Quando se é criança, imaginamos que tudo que recebemos dos pais é por puro e completa dedicação, engraçado, não fui uma criança muito comum, acreditava que meus pais era só pessoas que trabalhavam e quando lembravam que tinha uma filha, pedia para um empregado comprar um presente e me entregar, acordava com a minha baba, Cida , e dormia com ela. Lembro de quando tinha 7 anos , elae levar numa faculdade ao de a filha dela estudava para lhe entregar um dinheiro da mensalidade, lembro de ver um projeto de design lindo sobre a mesa da estudante e perguntar o que era aquela linda maquete, a filha de Vida, Maria , me explicou que aquilo era um trabalho de sua faculdade que explicava como uma casa poderia ficar internamente. Desde aquele dia, pedia para Cida me mostrar os trabalhos de sua filha, sabendo do meu gosto, sua filha sempre mandava algumas fotos para que minha amada babá me mostrasse. Foi aí que comecei a desenhar os interiores de casa, com 13 anos. Decidi ocupar o escritório em casa dos meus pais, que era raramente usado, para criar meus desenhos , certa vez, esqueci desenho la. E Meu pai acabou descobrindo sobre essa minha paixão, ele poderia não ser um bom pai, mas era ótimo investidor e sabia reconhecer um talento. Naquele mesmo dia, ele decidiu me perguntar onde tinha começado essa minha paixão por design, conte-lhe toda a história. Meu pai perguntou a Cida se sua filha , que no momento, estava desempregada, não aceitaria a dar aulas particulares a mim , me passando tudo que havia aprendido na faculdade, precisando de dinheiro. Maria passou a me dar aulas todas as tardes , depois do colégio. Quando terminei o colegial aos 17 anos, me inscrevi em um intercâmbio na Itália sobre design de internos , depois do curso pretendia seguir meu lado acadêmico na faculdade federal. Espera que lá podesse me encontrar profissionalmente , e preenche-se o vazio da nula presença de meus pais.


Notas Finais


Boa noite


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...